Fui Ser Viajante

Food Park Carioca: o point da gastronomia de rua na Tijuca | Rio de Janeiro

Compartilhar

A gente já falou um pouquinho do Food Park Carioca quando contamos a história do Pavê pra Casar aqui no blog, faz um tempinho. A questão é que o Food Park Carioca cresceu tanto de uns tempos pra cá, e foram tantas mudanças legais, que resolvemos divulgar a história dessa iniciativa tão bacana aqui no blog.

A ideia de montar o Food Park Carioca nasceu em 2014, e o parque surgiu como o primeiro espaço permanente para food trucks na cidade do Rio de Janeiro. A Tijuca já tinha vocação de pólo gastronômico na cidade, com os tradicionais restaurantes e barzinhos próximos à Praça Vanhargem. Mas o Food Park Carioca nasceu bem diferente do que a gente estava acostumado por aqui. Primeiro, era na verdade uma grande praça de alimentação a céu aberto. Mesas coletivas com um espaço coberto, e cerca de 30 opções de trucks, bikes, motos, todo tipo de expositor de comidas, cervejas, sobremesas. O ambiente era tão legal que a gente não ia ali só pra comer. Ia pra conversar, passar o tempo, levar os amigos e ficar umas horas por lá.

Cervejas artesanais no Food Park Carioca

Dani e Léo, os novinhos do Pavê pra Casar. Pavês. Itinerante.

 

A ideia do parque fixo também resolveu outro problema associado à comida itinerante. Antes do Food Park, era bem difícil encontrar os nossos food trucks favoritos rodando pela cidade. O Rio é bem grande e nem sempre dá pra atravessar a cidade pelo nosso hambúrguer do coração. O Food Park trouxe excelentes opções de gastronomia de rua para um lugar só. Um lugar central, perto do metrô, perto do Maracanã, no coração da Tijuca.

Quem já foi na Tijuca, sabe da alma desse bairro carioca. O tijucano tem orgulho demais de morar ali. E dá muito valor a tudo que é da Tijuca. O Food Park era tijucano desde o nascimento. O Food Park Carioca nascer exatamente ali foi uma ideia, no mínimo, genial. Além da excelente localização, o Food Park Carioca trouxe qualidade, diversidade, aquela concorrência saudável que faz bem aos preços, tudo no mesmo lugar. E de quebra ainda revitalizou o estacionamento do Supermercado Extra da Tijuca.

Bento, o catioro mais simpático do Food Park Carioca. 🙂 Instagram do Bento: @cao_bento

Cerveja artesanal tirada na hora no stand da Mistura Clássica 🙂

 

Uma outra ideia muito bacana dos organizadores: o horário de funcionamento. No Rio de Janeiro, qualquer dia é um ótimo dia para encontrar os amigos, tomar uma cerveja e ficar papeando num lugar legal. O Food Park entrou de cara nessa e resolveu funcionar todos os dias. Isso mesmo, todos os dias. De segunda a quinta, o funcionamento vai das 12h às 22h, nas sextas e sábados das 12h às 23h e aos domingos das 9h às 21h. Não tem dia nem tempo ruim pra o pessoal do Food Park Carioca.

Golden Brownies. Itinerante.

Ma France. Macarons e café. Itinerante.

Tempo ruim até tinha, no começo. Começamos a frequentar desde a inauguração e era meio desesperador quando chovia. Eram poucas tendas e ficava todo mundo espremido ali embaixo – expositores e público – pra fugir da chuva. Eram poucas mesas e poucos banheiros também. Tava tudo ainda começando.

Mas o público foi crescendo, a adesão só aumentava a cada semana. E o mais legal foi ver que a organização acompanhou esse crescimento, e foi investindo muito em estrutura com o passar dos meses. Como clientes fiéis, vimos o Food Park Carioca crescer:

Espaço de mesas coletivas, com lixeiras de coleta seletiva.

 

A área coberta foi ampliada, e agora a chuva quase nem atrapalha. A quantidade de mesas coletivas também aumentou. São mesas amplas com bancos, que cabem para uma família inteira ou servem pra gente dividir com quem estiver por lá. E os banheiros melhoraram muito. Ainda não são muitos, mas atendem bem nos dias de média de público.

Falo em dias de média, porque tem dias que o Food Park lota mesmo! Especialmente em finais de semana com sol, é certo que vai ter um excelente público. Um grande diferencial foi a instalação de um palco fixo no Food Park Carioca. Praticamente todos os dias, tem um show rolando ao vivo e de graça no local.

A maioria das bandas ou cantores são locais, o que é ainda melhor pra valorizar as pratas da casa. Mas tem gente famosa aportando por lá também. Na última vez que visitamos, teve o show do Marcus Menna, o ex-vocalista do LS Jack, que cantou os grandes sucessos da época da banda (e que eu lembrava um por um, e cantei muuuuito). A agenda de shows é anunciada semanalmente no Facebook do Food Park Carioca, e os shows começam quase sempre às 20h. Ambiente família, tem um pequeno espaço kids, pet-friendly. Dá pra levar a família toda.

Passagem de som antes do show do Marcus Menna

Um avanço muito bacana foi que, no começo, a maioria dos expositores eram itinerantes, e mudavam toda semana. Era muito triste chegar esperando encontrar aquele hambúrguer da semana passada ou nossa cerveja artesanal favorita, e eles não estarem por lá. Agora, dá um orgulho danado em ver a quantidade de gente que começou com uma pick-up, uma barraquinha, e hoje tem um estande fixo.

Tem muita gente que decidiu morar pra sempre ali no Food Park, e investiu em uma estrutura permanente para atender aos clientes, e até resolveu aproveitar o “terraço” de dois contêineres e construiu uma varanda com mesinhas. Foi preservada a diversidade de opções, mas agora temos excelentes empresas que sabemos que vamos encontrar sempre por lá. Ao mesmo tempo, ainda tem muita opção de trucks, bikes e motos itinerantes, o que garante a diversidade de opções.

Mistura Clássica. Cerveja artesanal. Residente.

Dom Expettto. Espeto Goumet. Itinerante.

Hot dog Gourmet. Residente.

Food Truck Black Angus. Hamburgueria. Itinerante.

Biergaten, cervejas artesanais. Residente.

Snack Time. Batata Rústica, anéis de cebola, outros lanches. Residente.

Drunk Truck. Cerveja artesanal. Residente.

Los Brutus Burguer. Hamburgueria artesanal. Residente.

Lanchamos no Los Brutus Burguer da última vez. Rafa comeu o Estúpido, eu comi o Brutal. Os dois estavam gostosos, mas o do Rafa tava mais gostoso haha Ele jura que é culpa do bacon!

Preparando os hambúrgueres no Los Brutus Burguer

Mistura Clássica e Wusrt 89. Cerveja artesanal e Hot Dog. Residentes. Detalhe da varanda sobre os contêineres.

Cardápio do Wurst 89.

Lojinha da Mistura Clássica

 

Patifaria. Hamburgueria. Residente.

Cardápio do Patifaria

Batata Mix na Estrada. Batata frita. Residente.

O Food Park Carioca veio mesmo para criar uma experiência única na região. Os clientes são fiéis e sempre tem gente nova: novos clientes e novos empresários. Em todas as vezes que fomos, encontramos além dos clássicos que já são da casa, novas opções de bebidas, comidinhas e sobremesas.

Sem contar que é fantástico pensar em quantos pequenos negócios estão sendo incentivados, crescendo como crias do Food Park Carioca. Indo lá, temos a chance de incentivar pequenos empresários e comprar do pequeno negócio, aquele produto diferenciado feito com carinho e cuidado de uma produção artesanal. É sempre ótimo.

Resumindo: Música boa e de graça, boa comida, cerveja artesanal, diversidade de opções e preços. Tem coisinhas a melhorar ainda, mas hoje com certeza já podemos dizer que é um point no Rio de Janeiro. Somos clientes fiéis do Food Park Carioca… Incentivamos e torcemos demais para que o local seja cada vez mais conhecido e visitado.

Food Park Carioca

Site: www.foodparkcarioca.com
Endereço: Estacionamento do Hipermercado Extra – Rua Mariz e Barros, 1037 – Maracanã | Rio de Janeiro
                    A estação de metrô mais próxima é a São Francisco Xavier, Linha 1.
Funcionamento: Segunda a quinta-feira, de 12h às 22h; sexta e sábado de 12h às 23h; domingo de 9h às 21h
Telefone: (21) 96464-5561
e-mail: contato@foodparkcarioca.com

Sair da versão mobile