Legendi Mundi: Resenhas de livros

Livros lidos até o momento no Legendi Mundi: 25 países do mundo, 2 estados do Brasil

Agora lendo – Quênia: O Sol mais brilhante


Pelo menos um livro por país, sempre escrito por uma mulher. Um desafio e tanto, sem prazo pra acabar. 

O Legendi Mundi nasceu para mergulhar numa volta ao mundo da representatividade feminina na literatura. Para incentivar cada vez mais a proposta #LeiaMulheres!

Leia mais sobre como funciona o projeto Legendi Mundi e embarque nessa aventura com a gente!

Lista de livros – Legendi Mundi:

América do Sul:

Argentina: As coisas que perdemos no fogo, de Mariana Enriquez

Bolívia: Tardes de chuva e chocolate, de Amalia Decker

Chile: O Caderno de Maya, de Isabel Allende

Colômbia: Delírio, de Laura Restrepo

Equador: A morte assobia um blues, de Gabriela Alemán

Peru: Krakatoa, de Malena Aguilar

Guiana:

Guiana Francesa: French Guiana: the bizarre and the beautiful, de Donna Mulvenna

Paraguai: Historias ocultas de mujeres paraguaias, de Galia Gimenez

Suriname: The Cost of Sugar, de Cynthia McLeod

Venezuela: Solitaria Solidaria, de Laura Antillano

Uruguai: A árvore das estrelas vermelhas, de Tessa Bridal

América do Norte:

Canadá:

Estados Unidos: A boa filha, de Karin Slaughter

México: A história dos meus dentes, de Valeria Luiselli

América Central:

Cuba: Cachorro Velho, de Teresa Cárdenas

África:

África do Sul: Stalker, de Tarryn Fisher

Angola: Esse Cabelo, de Djaimilia Pereira de Almeida

Camarões: Aqui estão os sonhadores, de Imbolo Mbue

MoçambiqueCaderno de Memórias Coloniais, de Isabela Figueiredo | Niketche: uma história da poligamia, de Paulina Chiiane. 

Nigéria: Fique comigo, de Ayòbámi Adébáyò | Hibisco Roxo, de Chimamanda Nzogi

Ruanda: Nossa Senhora do Nilo, de Scholastique Mukasonga

Europa:

Alemanha: O pescoço da girafa, de Judith Schalansky| O dia em que Selma sonhou com um Ocapi, de Mariana Leky

Áustria: Depois de Auschwitz, de Eva Schloss

Dinamarca: Julieta, de Anne Fortier

França: O menino múltiplo, de Andrée Chedid

Itália: Um amor incômodo, de Elena Ferrante | A retornada, de Donatella di Pietrantonio

Irlanda do Norte: Existo, existo, existo, de Maggie O’Farrell

Ucrânia: A guerra não tem rosto de mulher, de Svetlana Aleksiévitch

Polônia: Sobre os ossos dos mortos, de Olga Tokarczuk

Portugal: Desamparo, Inês Pedrosa | Memórias de Plantação, Grada Kilomba

Ásia:

Índia: Todas as cores do céu, de Amita Trasi

Coréia do Sul: Herdeiras do Mar, de Mary Lynn Bracht | Sukiyaki de domingo, de Bae Su-ah

Japão: Construindo Pontes, de Imperatriz Michiko do Japão


Lista de livros – Legendi Brasil:

Região Nordeste:

Ceará: Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis, de Jarid Arraes

Região Sudeste:

Minas Gerais: Insubmissas lágrimas de mulheres, de Conceição Evaristo

Rio de Janeiro: Ó, o Globo, de Ana Beatriz Manier

Região Centro-Oeste + Brasília

Goiás: Altas histórias do Paraíso, de Geraldina Lombardi