Cook in Rio: quem diria que eu ia aprender a cozinhar?

Quem chega na cozinha, já é de casa, não é mesmo? Falando de viagem, e de conhecer mais de perto os lugares que estamos visitando, já pensou em participar de uma aula de culinária durante uma viagem?

Eu acho que não existe jeito melhor de entender a cultura e a tradição de um destino que conhecendo mais da culinária local. E aqui no Rio de Janeiro, descobri uma oportunidade incrível: Cook in Rio, uma aula de culinária temperada com os sabores e temperos do Brasil.

Leia também: Culinária Afetiva: experiências gastronômicas pelo mundo

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Pensando nisso, o que você acha de aprender a cozinhar os pratos típicos do Rio de Janeiro e do Brasil, na cozinha de uma chef? Essa é a ideia do Cook in Rio, uma experiência gastronômica pensada para estrangeiros, mas que veio bem a calhar para essa brasileirinha aqui!

Não é que eu não saiba cozinhar. Eu arrisco uma coisinha aqui, outra ali. Nada fenomenal, quase nunca vou além do básico. Aquele terrível medo de errar, sabe?

Pois bem, aprender com uma chef parecia ser uma oportunidade perfeita para enfim sair da zona de conforto. Então nem pensei duas vezes ao aceitar o convite para participar de um Cook in Rio, aprendendo na prática com a Chef Simone.

Reserve seu hotel no Rio de Janeiro! Aproveite as ofertas

Cook in Rio: o dia que eu flambei linguiça com cachaça

A Chef Simone me recebeu na porta. Simpática e um pouco louquinha, naquela medida certa para me deixar empolgada, acreditando que essa seria uma experiência bem divertida.

Quebrou o gelo, me apresentou aos demais participantes da aula e logo todo mundo estava batendo um papo animado. Estrangeiros, na maioria, motivo pelo qual a aula do Cook in Rio é feita toda em inglês.

A cozinha é na medida certa para receber os 10 alunos. Quando perguntei se a turma era sempre desse tamanho, Chef Simone confessou porque não recebe grupos maiores no Cook in Rio. “A ideia é todo mundo participar e cozinhar um pouquinho. Se for muita gente, não dá”.

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

A ideia de ir para a cozinha num país diferente do meu, junto com um chef local, para aprender mais sobre a cozinha e a cultural local, me atrai muito. Dava pra notar como os estrangeiros estavam empolgados para descobrir os sabores do Brasil.

Mas confesso: eu mesma estava bem empolgada para começar a cozinhar!

Cardápio do Cook in Rio

Limão, maracujá, açúcar e cachaça. Mas é claro que o pontapé inicial do Cooking in Rio ia ser com caipirinha, o mais brasileiro de todos os drinks!

Cada um faz um pouquinho, enquanto a Chef Simone vai falando um pouco sobre a história do drink, da cachaça e mais alguns causos que falam tanto da nossa cultura quando da nossa cozinha. Drinks prontos, é hora de brindar e beber!

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Enquanto a gente beberica a caipirinha e conversa com os gringos, a mesa é rapidamente organizada. Saem os limões, chegam as goiabas. Hora de fazer um Romeu e Julieta.

Mas não qualquer um. A chef aqui coloca a sua assinatura, numa releitura deliciosa, fácil de fazer e que me deixou cheia de vontade de tentar em casa: queijo coalho grelhado, e molho de goiabada cascão, pimenta e suco de limão.

Juro que na hora não acreditei que fosse combinar, mas ficou DI-VI-NO. E o melhor é que é fácil e rápido de fazer, o melhor tipo de receita pra mim.

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Vapt, vupt, a mesa muda novamente. Eu fui convidada a picar a linguiça. Os outros amigos estavam picando e macerando pimenta malagueta, pimentões, suco de limão e coentro para o molho.

De repente, lá estava a Chef Simone segurando minha mão na frigideira, me ensinando o movimento, colocando cachaça na panela e tharannnn: lá estava eu, flambando a linguiça com cachaça. Quem diria, hein? Não pus fogo na cozinha nem nada.

Combinamos a calabresa flambada com o molho levemente apimentado. Conseguimos mais uma vez, mais um prato rápido e delicioso. Só não sei se tenho coragem de repetir esse em casa, flambando qualquer coisa sem a supervisão de alguém, haha!

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Mais uma rodada de caipirinha para todos, afinal, aqui no Brasil não colocamos limites na cachaça.

E depois algumas horas de papo e comidas deliciosas, chegou a vez do prato principal: a moqueca de peixe (bem baiana), com arroz e farofa de banana.

Leia também: Frases de viagem: arrase na legenda das fotos

Mais uma vez, cada um prepara um pedacinho da receita. Como fazer o arroz ficar perfeito – isso é mais importante que a moqueca, diz Simone.

Vamos preparado tudo com a supervisão da chef, que garante que essa panela com tantos donos, no fim, vai dar certo.

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Esse foi o prato que mais demorou pra ficar pronto. Mesmo assim, entre cozinhar, conversar e beber caipirinha, em poucos minutos estávamos montando uma apresentação impecável – com direito a limpar a borda do prato e tudo.

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Na mesa, mais um espaço para papo, para partilhar histórias, ouvir algumas das aventuras da Chef Simone pelo Brasil (porque além de cozinhar, essa mulher também viaja e sabe muitas particularidades da nossa cultura!).

E, modéstia a parte, como ficou boa essa moqueca, gente!

Cook in Rio: aula de culinaria da chef Simone

Pra terminar a noite, uma paçoca de rolha para adoçar ainda mais a experiência. E uma pequena lembrancinha, um saquinho de cominho com pimenta, com um cartão e o telefone da chef.

“Mandem mensagem, peçam as receitas, peçam dicas do Rio. É pra mandar mensagem mesmo!”

Quem pode participar do Cook in Rio?

O Cook in Rio foi pensado para estrangeiros. Por isso, a aula é em inglês, por padrão.

Mas claro que brasileiros podem participar, inclusive como parte dos grupos de estrangeiros. A única solicitação é que tenham algum conhecimento para conversar em inglês, para entender e se enturmar.

A boa notícia é que brasileiros que não falam inglês também podem se organizar para participar de uma aula assim.

Nesse caso, o mais indicado comprar em grupo, para tentar fechar um horário com a sua turma e a Chef Simone (limitado a 10 pessoas).

É uma boa ideia para empresas, ou amigos interessados em viver uma experiência culinária bem bacana.

Eu gostei muito e recomendo o Cook in Rio: para estrangeiros, outros brasileiros e até mesmo cariocas interessados numa cozinha com as cores e sabores do Rio.

Para saber mais, visite o site Cook in Rio ou leia a experiência da Regina, do blog Turista Fulltime, que também participou de uma aula do Cook in Rio.

* Nós participamos do Cook in Rio no Rio de Janeiro a convite da empresa. Todas as opiniões descritas relatam a nossa experiência real na atração. Para mais informações, consulte as políticas do blog.

Lila Cassemiro
Pernambucana, contadora de histórias e bem curiosa. Geminiana apaixonada por artes e culturas, sempre com a mala pronta pra viajar de novo. Eu gosto de gente.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Regina Oki disse:

Gosto muito quando participo de uma experiência e, depois, leio o relato de quem estava comigo. Incrível como percebemos e descrevemos as mesmas coisas com um toque sempre muito pessoal e diferente. Adoro suas narrativas: são sempre surpreendentes, intensas e muito bem escritas. Parabéns pelas fotos e pelo post delicioso de ler. Grande beijo!

Klécia disse:

Muito bacana isso né, Regina? Também amo essa troca e aprendo muito lendo seus textos <3