Visita guiada ao Estádio do Boca Juniors – La Bombonera

Quando pus os pés na Argentina, eu tinha certeza de pelo menos um ponto turístico que não podia faltar no meu roteiro: o Estádio Alberto J. Armando, ou La Bombonera, o estádio do Boca Juniors. 

Futebol na Argentina é religião e o Club Atletico Boca Juniors talvez seja a principal igreja dos hermanos.

Os torcedores fanáticos do clube têm orgulho de contar as histórias dos 6 títulos da Copa Libertadores da América e dos 3 campeonatos mundiais do time azul e amarelo. E é pra ficar muito orgulhoso mesmo.

Além disso, a velha discussão Maradona x Pelé aqui não tem vez para brasileiro. Diego Maradona é torcedor fanático do Boca. Tão fanático que é proprietário vitalício de um dos melhores camarotes do estádio. Somente.

Leia também: Conhecendo o Estádio Monumental de Nuñez

O estádio fica no bairro La Boca, em Buenos Aires (daí o nome do time, saca?). La Bombonera tem capacidade para 49.000 torcedores e o apelido do estádio vem do seu formato.

Como a área para construir o estádio era pequena, o projeto foi feito para que o estádio crescesse pra cima, com arquibancadas bem altas e íngremes, que circundam o campo formando um D.

Parecendo com o formato de uma caixa de bombons. Com esse formato, a torcida fica tão perto do campo que praticamente conta como mais um jogador, enlouquecendo o time adversário.

No estádio também funciona um dos maiores orgulhos do time hermano: o Museo de La Pasión Boquense. Isso mesmo: um museu só pra contar os feitos do Club Atlético Boca Juniors.

Uma boa dica é combinar no mesmo dia o passeio ao Caminito (aquele bairro todo colorido) e La Bombonera.

As duas atrações ficam bem perto e vale a pena ir no Caminito bem cedo pra evitar a enxurrada de turistas no meio do dia. A visita no estádio começa às 10h.

Para conhecer o estádio La Bombonera

Chegamos um pouco antes das 10h no estádio e entramos na loja do time, que já estava aberta. Fiquei vendo os produtos e as fotos espalhadas pela loja e Rafa foi pegar os ingressos. Existem quatro opções de passeio (Valores atualizados em Setembro de 2019):

  1. Visita ao Museo de La Pasión Boquense – Não tem informação de valor na internet.
  2. Visita ao Museo de La Pasión Boquense + Visita Express ao estádio – 460 pesos argentinos
  3. Visita ao Museo de La Pasión Boquense + Estádio Tour – 570 pesos argentinos
  4. Visita ao Museo de La Pasíon Boquense + Vestiario VIP – 850 pesos argentinos (Não havia essa opção quando visitamos)

Na opção 1, você visita só o museu mesmo. Na opção 2, você tem acesso também a uma das arquibancadas do estádio e pode tirar fotos do campo. Há uns anos, Rafa visitou o estádio e escolheu essa opção.

Com um pagamento extra, ele pode tirar fotos no gramado com uma réplica das taças do Boca e com a bandeira do Fluminense. Mas isso não tá incluído no ingresso, tem que pagar ao pessoal que fica oferecendo na arquibancada.

Dessa vez, escolhemos o Estádio Tour. Depois de pagar e passar pela catraca, podemos ficar passeando pelo Museo de La Pasión Boquense até a hora do início do passeio guiado, quando todo mundo se reunia num ponto de encontro. 

Museo de La Pasión Boquense

O museu é muito bacana, uma mistura de passado e futuro, contando a história do clube com bastante tecnologia.

Logo na entrada, fica um enorme mural com estrelas amarelas, onde cada uma tem o nome de um dos sócios fundadores do clube. Um jeito legal de agradecer e eternizar pessoas importantes para a história do time.

No espaço do museu, estão expostos recortes de jornal, as camisas do time, as taças e medalhas, maquetes do estádio e do bairro La Boca, camisas, chuteiras e muita, muita paixão por futebol.

Ficamos cerca de 20 minutos ali, e a guia nos chamou. Não deu tempo de ver tudo, mas não precisa desesperar! A visita guiada acaba de volta no museu e podemos ficar quanto tempo quisermos a partir daí.

Visita ao Estádio Tour – La Bombonera

A visita guiada foi muito divertida. A nossa guia era super simpática e sabia muito sobre as histórias do time.

Contava piadas o tempo todo, sempre exaltando o Boca e sacaneando o grande rival na cidade, o River Plate.

O tour é em espanhol, mas foi fácil de entender e a guia ajudava, falando devagar.

Primeiro, fomos levados até as arquibancadas preferenciais, que ficam de frente para as cabines de rádio e TV. Lá, nossa guia contou um pouco da história do time e da construção de La Bombonera.

E prepare para subir escadas, porque o estádio tem muitos degraus nessas arquibancadas!

Isso inclusive é um problema de acessibilidade. Tinhamos uma criança cadeirante no grupo e por várias vezes teve que ser carregado no colo :/

A guia contou várias histórias. Inclusive, foi aqui que descobri o porquê das cores azul e amarelo.

Os fundadores escolheram as cores totalmente ao acaso, sentando no porto e dizendo que as cores do time seriam as da bandeira do próximo navio a desembarcar em Buenos Aires.

Como o navio foi da Suécia, o time virou azul e amarelo. E como não podia faltar a piadinha contra o River Plate, a guia soltou ‘Ainda bem que foi um navio sueco. Imagina se fosse um país com a bandeira vermelha e branca, igual a de um time pequeno de Buenos Aires?’

La Bombonera

Em seguida, descemos para visitar o gramado. A gente não pode pisar no campo em si para não prejudicar a grama, mas chegamos na lateral, bem próximos mesmo.

Visitamos ainda as arquibancadas populares, que ficam atrás de um dos gols. Lá ficam a ‘geral’ e a famosa La 12, uma das mais temidas torcidas organizadas do mundo. Aqui foi bem legal porque a guia nos sugeriu dois exercícios.

O primeiro foi corrermos todos em direção ao alambrado, como fazem os xeneizes quando o Boca marca um gol. Essa parte do estádio não tem cadeiras exatamente para permitir o movimento dos torcedores.

Depois, começamos a pular sem sair do lugar e gritar gol, pra testar a acústica do estádio – que é assustadoramente boa.

No final, ela explicou: ‘Vocês viram como o barulho dos gritos e dos pés de vocês foi amplificado? Sabem quem fica aqui embaixo ouvindo tudo? O time adversário!’

Sério, gente! Que genial! Colocar a torcida mais barulhenta e mais frenética pra cantar e pular na cabeça do time adversário antes dele entrar em campo. Isso que é estratégia!

Da geral, também vimos a área destinada à torcida adversária. No lado oposto, na parte mais alta do estádio. Isso também foi planejado cuidadosamente: chegar lá em cima é mais difícil, lá em cima é mais frio e fica muito longe do campo!

Como o time adversário escuta qualquer coisa da sua torcida, que fica praticamente exilada na pior parte do estádio? Esses argentinos são malvados, gente. Sério.

Terminando o tour nas arquibancadas em frente aos camarotes, onde a guia nos mostrou o camarote do ídolo Maradona e contou um pouco da sua história no clube.

Com o fim do tour no gramado, visitamos ainda o vestiário do Boca (que é lindo, por sinal, todo azul e amarelo e com pequenas mordomias) e o do time adversário, bem mais simples.

O tour segue para o bar/restaurante temático, onde podemos parar pra lanchar e que é ligado ao museu, para onde voltamos para terminar de ver as peças que contam sobre os mais de 100 anos do Boca Juniors.

Visitando La Bombonera – Visão geral

Eu adorei o passeio. Visitar o estádio já era um sonho e superou em muito as expectativas.

A guia foi super animada, contou muitas histórias interessantes, fez bastante piada, deixou todo mundo empolgado.

Tinha gente de todo lugar no tour, mostrando que a visita a La Bombonera é um ‘must do’ pra amantes do futebol no mundo inteiro.

E deixa eu arriscar dizer que, mesmo que você não curta tanto assim o esporte, vale pela história, pela cultura e por ser uma ótima chance de ver de perto uma das maiores paixões dos argentinos.

Museo de la Pasión Boquense
Endereço: Brandsen 805, Boca
Horário: Todos os dias, das 10 às 18 horas
Site: http://www.museoboquense.com/index.php

Lila Cassemiro
Pernambucana, contadora de histórias e bem curiosa. Geminiana apaixonada por artes e culturas, sempre com a mala pronta pra viajar de novo. Eu gosto de gente.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Marco Ayo disse:

Ola Boa Noite, vocês indicam o pacote normal ou o vip ? é normal ir com a camisa de time do brasil? Obrigado e parabéns pelo texto

Rafael Cassemiro disse:

Oi Marco, Nós fizemos o pacote estadio tour, pois o vip não existia quando fomos lá, a diferença é que o VIP tem a visita ao vestiário do Boca Juniors e 1 foto incluída. No que fizemos, visitamos o vestiário do visitante.
Para fazer o tour, é super comum ver torcedores de diversos times do Brasil e de outros países usando suas camisas!
Grande Abraço e boa viagem!

João Henrique disse:

Que legal, vou pra Buenos Aires dia 29 e quero muito fazer esse Tour e poder bater foto no gramado. É uma boa fazer o Tour do estádio do Boca e do River no mesmo dia ? Ah e mais uma dúvida, posso entrar com uma camisa de time que não seja a do Boca ? Como a do meu Fluminense haha ? Abraços e parabéns pelo ótimo conteúdo

Rafael Cassemiro disse:

Oi João, os estádios são bem afastados um do outro, mas dá pra fazer os dois no mesmo dia sim, só fica um pouco corrido o deslocamento, escolha um pra fazer pela manhã e chegue para o primeiro horário, assim você tem tempo para se deslocar com calma e fazer o segundo no período da tarde. A entrada com camisas de outros times é liberada sem problemas.
Grande Abraço e Saudações Tricolores! 🙂

felipe disse:

Primeiramente parabéns pelo post.

Gostaria de tirar uma dúvida: os valores mencionados no post são pagos diretamente no estádio?

Em novembro farei minha primeira viagem para buenos aires e não poderia deixar de ir a esse ícone do esporte haha.

Abraços

Rafael Cassemiro disse:

Oi Felipe, Os valores são pagos diretamente na bilheteria que existe dentro da loja oficial (que fica no estádio e dá acesso para o museu e estadio tour). Grande abraço e boa viagem!

Alexander disse:

Bom dia! Estarei indo para buenos aires dia 14 de agosto
FIcarei em Palermo.. poderiam me ajudar qual linha de ônibus eu pego para chegar lá?

Do monumental eu anotei tudo que vocês postaram.. muito obrigado

Rafael Cassemiro disse:

Oi Alexander, as linhas 39 e 64 passam pelo bairro de Palermo e te deixam próximo da Bombonera, nós utilizamos o aplicativo Moovit para calcular as rotas de transporte publico nas nossas viagens e em Buenos Aires funciona super bem! Vale instalar em seu telefone e conferir se aparece alguma outra opção melhor dependendo do seu endereço de hospedagem!
Obrigado pelo comentário e boa viagem

luiz fernando disse:

Olá klécia , parabenz o estadio la bombonera é fantastico,
sabe me informar quanto vale o seso argentino

Rafael Cassemiro disse:

Oi Luiz Fernando, A Bombonera é realmente um lugar que todo amante de futebol deveria visitar..
1 Peso hoje está cotado em 11 centavos de Real aproximadamente
Obrigado pela visita e boas viagens

Diego Arena disse:

Muito legal essa visita, quando fui à Buenos Aires só passei na frente e não entrei. Quem sabe em uma próxima.

Klécia disse:

Tem que ir pra subir as arquibancadas e sentir o clima lá de dentro! É irado!

Erick Watanabe disse:

Vocês compraram o ingresso na hora ou de forma antecipada? Se compraram antecipado, onde compraram?

Klécia disse:

Oi Erick, tudo bem? Compramos na hora, sem problemas. Conseguimos ingresso para o próximo grupo disponível!

Laís disse:

Olá! Bom dia! Gostaria de saber se o tour express também é feito com guia ou você pode ir sozinho?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Laís, A visita express não conta com o Guia. Você percorre a área do museu e tem acesso à arquibancada atrás de um dos gols. Ali na arquibancada, tem um acesso ao gramado, onde se pode tirar fotos (pagas à parte) com algumas taças e bandeiras (eles possuem várias de times brasileiros, mas é bom levar a sua :))
Obrigado pela visita e boa viagem.

Marcus disse:

Boa tarde. Uma dúvida, esses tours pelos estádios do B Boca e do River podem ser pagos com cartão de credito ou so dinheiro em espécie?

Klécia disse:

Oi Marcos,
Nós pagamos tudo com dinheiro, por isso não sei te dizer com certeza. No entanto, o Museo do Boca tem o site (que citei mais acima nos comentários) que você pode comprar online, com cartão. E as vendas de ingressos são realizadas nas lojas oficiais dos clubes, que aceitam cartão. Essas duas informações me fazem pensar que no local também aceitam cartão pra ingresso. Só não consigo te garantir isso 🙁

Alan Pescuma disse:

Boa tarde. Muito legal a visita no La Bombonera. Estarei com minha esposa em Buenos Aires para o Reveillon agora, e queria saber se compraram com antecedência os ingressos, ou se lá na hora é tranquilo. Tb aproveitando, tem alguma dica da cidade para nós? Abraços e boa viagem!

Klécia disse:

Compramos na hora, Alan. Foi muito tranquilo, conseguimos para o grupo seguinte sem problemas. Buenos Aires é uma cidade incrível! Se gosta de futebol, tem o Monumental de Nunez pra visitar também! Eu adorei a visita guiada na Casa Rosada, e os parques de palermo são imperdíveis! Eu juntei a maior parte das dicas de BsAs nesse post: https://www.fuiserviajante.com/destinos-no-mundo/argentina/buenos-aires/o-que-fazer-em-buenos-aires-3-5-e-7-dias/

Mas pelo blog existem diversos outros posts sobre o que ver e fazer na cidade! Confere aqui: https://www.fuiserviajante.com/destinos-no-mundo/argentina/buenos-aires/

Boas viagens!

Maycon disse:

Não compra os bilhetes antes? Compra na hora e entra para o tour?

Klécia disse:

Maycon, você pode comprar antes (coloquei o link de venda em uns comentários mais acima). Mas também dá pra comprar lá na hora. Tanto o Monumental quando a Bombonera comprei na hora e deu tudo certo! 🙂

Maycon disse:

Vou a Argentina em março/2018, espero que esteja 205 pesos, acho barato para conhecer esse estádio, quero ir no monumental também.

Klécia disse:

Os dois valem a pena! Fizemos o estádio tour tanto no Monumental (tem outro post aqui no blog!) quando no La Bombonera, e é difícil escolher um favorito! Cada um tem seu charme 🙂

Valmir Souza disse:

Lécia, você lembra qual o tempo de duração do Museu com o Estádio Tour?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Valmir,

O tempo total de visita do museu + Estadio tour é de cerca de 2 horas.

Abraços e boa viagem

Maria disse:

Gostaria de saber se tem como comprar os ingressos pro Estadio Tour com antecedência e pela internet?

Klécia disse:

Oi Maria! Dá pra comprar online sim, com esse link: http://shop.bocajuniors.com.ar/producto/133535/entrada-general-visita-estadio-tour-mas-museo
Mas não tivemos problema para comprar na hora, o atendimento foi rápido e pegamos o tour seguinte. Enquanto não começou, a gente pode passear na loja oficial e no Museo de La Pasión Boquense. Boas viagens!

Maria disse:

Klécia, super obrigada!

Edu disse:

Olá Klécia,
muito legal seu site e tb os comentários.
Por favor me ajude nestas dúvidas :
Então pelo que entendi vc indica que o ESTADIO TOUR + MUSEO , o mais completo. Quanto tempo devo separar para este passeio?
E vc indica a visita ao estadio do River tb? Vale a apena?
Abraços

Klécia disse:

Oi Edu! Sim, o tour mais completo é a visita guiada ao estádio mais museu. Você vai levar cercar de 1:30h a 2h por lá, depende de quanto tempo tiver que esperar até o próximo grupo de tour guiado se formar, e quanto tempo você levar no museu. Eu visitei o monumental de Nunez também ( tem post sobre ele aqui no blog!). No quesito visita guiada, o da Bombonera é muito mais emocionante e atrativo. Mas o museu do river é bem mais tecnológico, super rico de informação sobre o clube, a cidade E faz paralelos com a história do mundo. Se você tem tempo, visita os dois 🙂 Eu gostei bastante. Se tiver que escolher um, La Bombonera com certeza!

Ana Carolina Miranda disse:

Nossa, parece que essa visita foi top, hein?! Eu não sou muito fã de futebol, mas meu marido iria amar este estádio!

Klécia disse:

Ah, ele iria adorar com certeza!

Sou um grande adepto de futebol e sempre ouvi falar do Boca Juniors como um grande clube. Gostei muito de ver as fotos do estádio!

Klécia disse:

A visita ao estádio vale muito a pena, Pedro! Dá pra sentir a paixão da torcida em cada cantinho!

Josiane Bravo disse:

Que tour incrível, mas acredita que eu só tirei uma foto na frente deste estágio. Como não sou muito fã de futebol, achei que não faria muito sentido conhecê-lo por dentro, assim como o meuseu. Mas para os amantes de futebol, é um programa que não pode faltar quando estiver em Buenos Aires (cidade que amooo).
Beijos

Klécia disse:

Pra quem não é fã, de fato pode não ser interessante Josi! Mas como eu adoro, era parada certa! Tão certa que conheci os dois, o do Boca e o do River hahaha Beijinhos!

Anne Schuler disse:

Simplesmente amei teu post falando do tour.
Sou dessas que visita estádios também, haha
E principalmente amei a bandeira do Fluminense na foto <3

Klécia disse:

Owww, mais uma tricolor na blogosfera! O tour foi super bacana mesmo! A gente super recomenda 🙂

Um programa obrigatório para amantes do futebol. Adorei seu relato, me senti como se estivesse turistando com vocês. Parabéns pelo post!

=*
Keul
http://www.turistandonomundo.com.br

Klécia disse:

Obrigada, Ana! Foi um dos passeios que mais amei fazer em Buenos Aires, e recomendo muito! 🙂

Gê Azevedo disse:

Este tivemos que pular, pois nosso tempo foi curto. Mas, lendo seu relato, deu vontade de conhecer, viu?

Klécia disse:

Gê, numa próxima passa lá! A energia do lugar é incrível!

Paula disse:

O post é maravilhoso e o tour é muito interessante, mas sou torcedora do River Plate! hahaha

Klécia disse:

hahahaha O estádio do River é incrível também! – e gostei muito do museu de lá, bem tecnológico! Em outro post conto um pouco disso!

Uma pena que eu não tenha feito a visita guiada como vocês. Adorei a experiência. Quem sabe em uma próxima oportunidade.

Klécia disse:

Vale muito a pena, Eloah! A diferença em pesos não é muito, e o passeio é super interessante e interativo!

Ótimo passeio para quem adoro futebol e ótimo post, adorei! Parabéns também pelo blog. Grande abraço.

Klécia disse:

Muito legal mesmo! Obrigada Michela:)

Aí é muita tradição, hein?!?! Visitar La Bombonera é mesmo um programa certo pros amantes de futebol! Adorei o relato.

Klécia disse:

É muito amor por futebol dos hermanos 🙂 Obrigada pela visita Alessandra!

Thais disse:

Ola Klécia, tudo bem?
Que bacana. Eu fui conhecer o concorrente: River PLate.
Essas visitas são bem legais né.
Adorei seu post.
Bjos
Thais

Klécia disse:

Fui no do River também! E adorei muito! O museu deles é inclusive mais legal que esse do Boca, na minha opinião 🙂 Depois conto o relato aqui no blog!