O deserto lá do alto: voo de balão no Atacama

Eu estava sentada como tinham me ensinado para garantir uma decolagem em segurança. Segurava firme nas cordas, com aquela adrenalina única de quem está fazendo alguma coisa realmente empolgante pela primeira vez na vida. Ali sentada, não dava pra ver nada lá de fora. Naquela madrugada, nosso grupo de 12 pessoas era pura expectativa. O único que parecia bem tranquilo era nosso piloto, que ora ou outra puxava o mecanismo para levantar a chama. O fogo ardia e cortava o silêncio que a gente fazia dentro daquela cesta. Mais uma, duas vezes a chama subia e o ar quente inflava nosso bonito balão cor de fogo. Mais um pouco e a gente pode soltar as cordas, ficar de pé e dar uma olhada. Vocês não vão acreditar como é lindo ver o nascer do sol em um voo de balão no Atacama!

Tudo parecia estar se movendo em câmera lenta. O chão ficando mais e mais longe… Como se fosse possível, a imensidão do Atacama estava ficando ainda maior. Os primeiros raios do sol batiam na cordilheira, que brincava de mudar de cor. Os imensos vulcões do deserto começavam a desenhar suas sombras na paisagem sem fim. Lá de cima, a gente descobriu que tudo que é lindo, pode ter um ângulo ainda mais espetacular.

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Como é voar de balão no Deserto do Atacama?

Eu não sabia, mas o deserto mais árido do mundo oferece condições climáticas incríveis para um voo de balão. A pressão da atmosfera, a pouca quantidade de vento em certas horas do dia, tudo dá o tom ideal para um voo seguro. Pra ficar ainda melhor, a paisagem no Atacama é o maior diferencial. O balão te oferece um outro ângulo para um dos cenários mais espetaculares da terra. Tem combinação melhor?

Timing é essencial para um passeio de balão. O pessoal da Balloons over Atacama (uma empresa do grupo Eastern Safaris) foi nos pegar bem cedo no hotel, quando ainda era madrugada. O horário da decolagem é crucial. Começamos a subir quando tudo ainda está escuro e vamos ver o sol nascer lá de cima, enquanto sobrevoamos o Atacama.

Quando chegamos no local da decolagem, a equipe já nos esperava com um delicioso café da manhã. Bom pra começar o dia e para espantar um pouco da adrenalina que toma conta da gente. A gente se conhece um pouco, conversa e ri entre chás, sucos e croissants de chocolate. Até que o clima fica sério para recebermos as instruções de segurança. Nosso simpático piloto, o australiano Elly, leva bem a sério esse momento. Ficou bem claro pra nós, os oito tripulantes do dia, que segurança é essencial pra todo mundo num voo de balão.

Voo de balão no deserto do Atacama

Clique nessa imagem e salve esse post no seu Pinterest!

Desbravando o céu do deserto

Enquanto isso, o balão era inflado pelo time da Balloons over Atacama. O majestoso balão vermelho começava a tomar conta do céu, inflando junto com ele as nossas expectativas. Os primeiros raios do sol surgiam no céu, e lá vai a adrenalina da gente, subindo de novo!

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Vôo de balão no Deserto do Atacama

De repente, o balão ficou de pé. O pessoal segurava o gigante pelas cordas, porque ele já queria ganhar os céus a qualquer momento. Quando recebemos o ok do piloto, entramos na nossa cesta, 4 de cada lado do balão. O Elly foi no meio, controlando o fogaréu que vai fazer nosso balão subir. Todo mundo sentadinho, tentando ver pelas frestas da cesta o que acontecia lá fora.

Vôo de balão no Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama como você nunca viu

É difícil descrever a sensação de ver o deserto do Atacama lá de cima. Nosso piloto foi apontando as maiores atrações pra gente, e nossos olhos acompanhavam bem atentos. A majestade do vulcão Licancabur, símbolo do Atacama. A beleza branca do Salar de Atacama e suas lagunas, a imensidão do Valle de la Luna… Tudo tão impressionante que nem sei como seguramos a emoção. O Atacama visto lá de cima é uma coisa pra nunca mais esquecer.

As fotos não fazem jus a beleza desse dia. O sol nascendo dava tonalidades incríveis para a cordilheira de sal – vermelho, laranja, bonitos tons de azul. Ao mesmo tempo, os raios que acabavam com a escuridão atrapalhavam um pouco nossas fotos, dependendo da posição do balão. Mesmo assim, ainda fiquei apaixonada pelas fotos que tiramos lá de cima.

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Vôo de balão no Deserto do Atacama

O voo durou cerca de 30 minutos. A pouca quantidade de vento no Atacama nessa hora do dia faz a gente pousar bem perto do local de decolagem, o que favorece o controle e a segurança da experiência. Mais uma vez a gente senta e segura firme nas cordas, esperando o impacto.

Aterrisagens, brindes e outras histórias

Nossa cesta poderia aterrisar suavemente, em pé, que é como acontece na maioria das aterrissagens. No nosso caso, tocamos o solo, uma, duas vezes, até que nosso cesto virou e arrastou um bocadinho no chão. Ninguém se assustou, Elly tinha avisado que isso acontece uma vez ou outra. Eu acabei sentada de costas pro chão, rindo muito com meus amigos que estavam sentados no lado oposto da cesta, segurando firme pelas cordas e com mais uma boa história pra contar.

O pessoal da Balloons over Atacama imediatamente começa a recolher nosso balão cor de fogo. Esse gigante que nos deu asas do deserto vai ser cuidadosamente guardado até seu o próximo voo. Já nós, os felizes ‘batizados’, recebemos uma taça de champagne, como manda a tradição para o primeiro passeio de balão – de acordo com Elly.

Primeiro, somos convidados a derramar um pouco do champagne no solo, como uma oferenda e retribuição a Pachamama, a força da terra que dá vida segundo a tradição andina. Depois, bebemos e celebramos com champagne e com mimosas. E como se as memórias não fossem suficientes para recordar esse dia incrível, ainda recebemos um certificado, para mostrar a todo mundo que a gente sobrevoou o deserto mais árido do mundo num passeio de balão!

Vôo de balão no Deserto do Atacama

O investimento: quanto custa voar de balão no Atacama?

Não vou mentir pra vocês… Quando descobrimos a possibilidade de um passeio de balão no Atacama, ficamos na maior expectativa. Empolgamos na hora, até que… descobrimos quanto custava a brincadeira. Duzentos e cinquenta dólares por pessoa. Isso mesmo, por pessoa. Você não leu errado, 250 doletas cada um. Tem alguns sonhos que custam bem caro, né? Um baita investimento, acima de qualquer outro gasto da nossa viagem. E que precisava ser comprado via internet, com antecedência, por conta da procura.

Decidimos pesquisar para saber mais sobre a empresa com medo de cair em alguma furada. Foi quando descobrimos que a Balloons Over Atacama era um braço da Balloons over Bagan, a empresa que ficou mundialmente famosa com os voos de balão sobre a cidade dos mil templos em Mianmar. Ela tinha começado a operar em San Pedro de Atacama em agosto de 2016 e até aquela data, nenhum incidente tinha sido registrado. Com voos diários no deserto, só uma vez eles não cumpriram a programação. E nem foi culpa deles. Não decolaram por segurança, por conta das condições climáticas do dia.

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Ufa, ficamos bem mais tranquilos por saber que íamos investir nosso sonho – e segurança, e dólares – em uma empresa especializada e que, ao que tudo indicava, era bem responsável. Fechamos tudo pelo site da empresa, pagamos com cartão de crédito e recebemos a confirmação via e-mail, no mesmo dia da compra.

Já no Atacama, entramos em contato com a Balloons over Atacama via e-mail – eles não tinham escritório em San Pedro. Eles responderam com o horário que iam nos buscar no hotel e tudo aconteceu exatamente como combinado.

O que está incluído?

O passeio com a Balloons over Atacama incluiu o transfer ida e volta do hotel, café da manhã, voo de balão no deserto do Atacama compartilhado por 12 pessoas, um brinde de champagne para comemorar nosso ‘batismo’ e um certificado de voo. No total, o passeio durou 3 horas entre a saída e a volta para o hotel.

Foi caro? Foi! Valeu a experiência? Vou deixar essa foto do deserto do Atacama visto de cima responder isso pra você:

Vôo de balão no Deserto do Atacama

Nota: como voar de balão hoje no Atacama?

Infelizmente, os voos de balão de ar quente com a empresa Balloons over Atacama estão suspensos (pelo menos temporariamente) na região de San Pedro, por problemas de regulamentação e oposição das comunidades locais (veja mais na página da empresa no Facebook). Por enquanto, não há datas previstas para a Balloons over Atacama voltar a operar na região.

Uma outra empresa, a Phaway – Atacama Ballooning Experience tem sede local e opera na região desde 2014. Os passeios podem ser adquiridos diretamente no site da empresa, por preços a partir de CLP 200000 para voos compartilhados de 8 pessoas.

* Nossas dicas te ajudaram? Que tal reservar seu hotel aqui pelo site? Somos parceiros do Booking.com! Este post contém links afiliados dos hotéis que nos hospedamos em San Pedro de Atacama (Restaurante e Residencial Chiloé) e Santiago do Chile (Chili Pepper Hostel). Reservando por esses links, você não paga nada a mais e nós recebemos uma pequena comissão do Booking.com. Isso ajuda a financiar as despesas do blog! Se quiser dar uma olhada em outros hotéis nas cidades que nos hospedamos pelo Chile, pesquise e reserve por esses links: San Pedro de Atacama | Santiago do Chile. A gente agradece! 🙂

Quer saber mais sobre nosso mochilão pela América do Sul?

Veja aqui todos os posts do Fui Ser Viajante no Chile!

Lila Cassemiro
Pernambucana, contadora de histórias e bem curiosa. Geminiana apaixonada por artes e culturas, sempre com a mala pronta pra viajar de novo. Eu gosto de gente.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
reaamaro disse:

Sem fôlego! Nossa, que emoção deve ser, voar de balão pelo Atacama. Uau!!! Irei em Dezembro para lá, e espero desesperadamente que a empresa volte a operar por lá. Obrigada pelas dicas.

Rafael Cassemiro disse:

Oi Renata, o Passeio de balão é realmente incrível. Estamos na torcida para que na sua viagem estejam operando os voos de balão..
Obrigado pelo comentário e boa viagem!

Aline Pires disse:

CARAMBA!!! Esse lugar é lindo e sou louca para conhecer e nunca tinha lido nada sobre passeio de balão no Atacama, agora já era e vou querer fazer passeio de balão quando for ao Atacama.

Nossa, deve ser inesquecível. Pela cara de vocês, pelas paisagens, um passeio perfeito!

Nunca andei de balão e este local parece ser excelente para o experimentar. A perspetiva é totalmente diferente e deve ser magnífico…

vicfarina disse:

Adoro esses rituais realizados para comemorar uma nova experiência. Nós também fizemos oferenda a Pachamama quando visitamos a Bolívia e o Peru mas imagino que andar de balão no deserto deve ser uma experiência incrivelmente demais 🙂 Obrigada por compartilhar !

Ah, como eu queria ter feito isso. Fiquei enlouquecida pelo Atacama e voar de balão é uma experiência fantástica! Agora tenho motivo para voltar!

Aline Aguiar disse:

Nossa! Que experiência fantástica!!! E que fotos maravilhosas!!! Fique triste que os passeios estejam suspensos no momento, queria fazer 🙁

Juliana Moreti disse:

Deve ser realmente fantàstico, principalmente pela paisagem! Mas sou tão medrosa que não sei se encararia! Iria preferir brindar a pachamama mesmo sem voar!
hahahahaha
Cheguei a desistir de Nasca por causa deste meu medo (já te disse…. toda vez que eu entro em um avião, acho que pode ser meu último dia toc toc toc na madeira).

Imagino a beleza do Atacama do alto, só pelas fotos já viajamos junto. Deve ser uma sensação incrível, mas confesso que não sou tão corajosa assim, principalmente se estiver com as crianças. O que acha disso, seria totalmente seguro?

Ruthia disse:

Que emoção, Klécia. Os voos de balão na Turquia rondam os 175€ por pessoa, acho que aí ficou um pouco mais caro. Mas acredito que valeu cada centavo. As fotos podem não fazer juz ao que vocês viveram, mas a experiência que ficou gravada no coração será eterna…

diego arena disse:

Deve ser uma experiencia surreal fazer esse passeio de balão pelo Atacama eim. É caro, mas pela experiencia deve valer a pena.

Camila Neves disse:

Uau! Não consigo nem imaginar o quanto deve ser único e inesquecível sobrevoar o Atacama de Balão! Muito legal o post 🙂

Rafael Cassemiro disse:

Oi Camila,

Como dissemos no post, o voo de balão valeu cada centavo investido, e foram muitos 🙂
Obrigado pela visita, e boas viagens.