Fui Ser Viajante

Ubatuba com pouco tempo e dinheiro

Compartilhar

Oi, pessoal! Me chamo Dani e sou a nova colaboradora do Fui Ser Viajante. Fui bem ousada para aceitar o convite e vir falar de gastronomia, não sou uma expert no assunto mas já faz um tempinho que resolvi dar dicas no meu Instagram Pra Comer Bem e gostei da brincadeira. Agora sem mais delongas, vamos ao que interessa. Em outubro eu tive a oportunidade de conhecer Ubatuba, uma cidade encantadora do litoral paulista. Fui a trabalho por isso só pude ficar 3 dias, mas deu pra conhecer um pouquinho da cidade.

O que fazer em Ubatuba

Era fim do mês, eu estava sem grana e lá não tem Uber, então resolvi conhecer a cidade da minha maneira: correndo. Isso mesmo, a melhor forma de conhecer o litoral.

Ubatuba – dia 1

Logo no primeiro dia entendi porque a cidade é chamada de Ubachuva :-).  Todos os dias tive que esperar a chuvinha passar ou correr dela. Aproveitei a tardinha para andar pelas ruas ao redor da minha pousada e fazer um mini roteirinho. Aliás, a escolha da minha hospedagem fez total diferença. A Pousada Omnimare é muito bem localizada, com preço justo e ótima pra quem gosta de comer e quer visitar lugares diferentes sem estar de carro, pois fica colada na Rua Guarani, que reúne muitas lojinhas e restaurantes que você pode visitar andando.

Veja mais sobre a Pousada Omninare e faça sua reserva aqui pelo Booking.com. Você não paga nada a mais por isso e sua reserva usando os links do blog ajuda nosso site!

Minha dica pra conhecer a vizinhança é começar pela Orla da Praia de Itaguá e depois ir voltando pela Guarani para conhecer as lojinhas e repor as calorias em um dos vários restaurantes da rua. Como eu ainda não sabia que iria escrever pro blog não tirei foto nem fiz anotações sobre os restaurantes, mas podem acreditar, tem pra todos os gostos. Foi um passeio rápido mas conversando com os moradores pude planejar o que ia fazer nos próximos dias.

Ubatuba – dia 2

No meu segundo dia acordei cedo, me arrumei e ao ir tomar café o que vi? Chuva! Sim, como disse ela me acompanhou todos os dias, mas, após esperar umas 2 horinhas pude começar minha jornada correndo.

Comecei pela praia da Itaguá, que não é apropriada para banho mas tem um calçadão muito bonito e uma bela vista do mar, fui até o final parando pra tirar algumas fotos:

Depois de passar por toda sua orla, corri até a Praia do Tenório. Apesar do dia nublado dava pra ver que era um lugar lindo, com boa estrutura, banheiros e quiosques. Pra chegar é um pouco difícil pois você tem que passar por um condomínio, mas vale a pena.

Leia também:

+ São Paulo em 48 horas: um roteiro para visitar a cidade pela primeira vez

Da Praia do Tenório pra Praia Grande é pertinho. Calcei meus tênis novamente, coloquei o pé na estrada e em poucos minutos estava lá. A praia faz jus ao nome, é beeem grande. Uma orla comprida que você vê surfistas, crianças, turistas e locais frequentando, tem espaço pra todos. Quiosques por toda a orla, fico imaginando nas férias como não deve encher.

Após uns minutinhos de pé na areia eu ia voltar, mas fiquei sabendo que havia um mirante por ali, então resolvi dar mais uma corridinha pra poder admirar a vista.

Não me arrependi nem um pouco, o mirante fica entre a Praia Grande e a Praia das Toninhas. Lugar lindo pra relaxar, tomar uma água de coco e curtir um ventinho.

Quase dando a hora de ir trabalhar masss com um esforço dá pra encaixar mais um passeio não é mesmo? Pedi no quiosque um telefone de táxi e eles fizeram melhor ainda, me deram um mototáxi. Com R$10 e em poucos minutos eu fui do Mirante para o Projeto Tamar.

O Projeto Tamar faz um trabalho incrível na região. As tartarugas não se reproduzem naquela área, mas devido a pesca elas são alvos fáceis, aliás, eram. Com o projeto os pescadores se conscientizaram e agora ajudam a resgatar as tartarugas marinhas que ficam presas nas redes. O lugar, que foi a primeira base do do projeto, é lindo e consegue nos mostrar o quanto precisamos de um consumo consciente.

Aqui podemos ver o tanto de lixo que foi retirado de apenas uma tartaruga. Muito triste.

Mas o projeto tá aí e hoje em dia salva mais 2 milhões de tartarugas por ano. Lindo trabalho!

Ubatuba – dia 3

No meu terceiro e último dia aproveitei pra ir pro outro lado da cidade, mais uma vez acordei cedo, me arrumei e… esperei a chuva passar. rsss… mesmo assim deu tempo de conhecer mais um pouquinho. Calcei meu tênis e peguei a orla em direção ao centro. O calçadão é ainda mais bonito por lá. Rapidinho você chega a Praia do Cruzeiro, onde eu recomendo 3 paradas:

O Marco da Paz

Localizado na Avenida de Iperoig o  monumento simboliza  o primeiro Tratado de Paz das Américas, celebrado entre índios e colonizadores em Ubatuba no ano de 1563.

Farol do Cruzeiro

Logo após o Marco da Paz você verá o Farol. O deck é curtinho e você chega nele em 5 segundos.

Como o espaço é pequeno você tem que andar um pouquinho mais pra tirar boas fotos. Ao lado do farol você vai ver um morrinho com o Mirante do Farol. Aí sim você sobe e olha aí, que lindeza:

Casa do Artesão

Ao descer do Mirante você vai ver do outro lado da rua uma portinha pequenininha da Casa do Artesão. De longe você não dá muito por ela, mas quando entra, fica encantando(a). Na pousada tinham me falado que esse é o melhor lugar pra comprar artesanato. Lá são artesãos locais de verdade, e não essas coisas importadas que geralmente se vê por aí. Olha quanta coisa linda!

Eu queria levar tudo.

Depois de comprar umas lembrancinhas era hora de visitar a minha última praia, a Perequê-Açu. Mais alguns minutinhos de corrida e lá estava.

Confesso que não achei tão bonita quanto as outras praias, mas pra quem ficar perto do centro é um pulo e o lugar também oferece uma boa infraestrutura.

Bem e depois de trabalhar eu finalmente conheci o lugar que vim aqui falar, a Padaria Integrale. Mais uma vez desculpem pela falta de fotos, eu não pretendia escrever pra blog na época. Mas como lá é lindo demais acho que não posso falar sem mostrar, peguei essas fotos no Facebook deles, espero que não se importem mas eles merecem ser divulgados, que lugar fenomenal!

Eu olhei o cardápio e tive vontade de comer tudo! Eu simplesmente adoro todos os ingredientes e o cheirinho de lá. Eu tinha pouco tempo então pedi tudo de uma vez: um mix de pão de queijo, torta de parmesão com azeitonas verdes e um capuccino. Mas  tudo no cardápio parece dá água na boca.

Essas delícias de pães de queijo eu fiquei apaixonada. O mix vem comos sabores de: parmesão, azeitonas verdes, pretas ervas e provolone. Nunca tinha visto isso na vida. E o melhor por apenas R$7.

Esse capuccino fofo e também muito gostoso foi uma ótima pedida. R$8 a xícara grande.

capuccino

E pra finalizar essa torta de parmesão com azeitona verde por R$6,90.

Finalizando deu R$21,90 a melhor padaria que eu já fui na vida. Tudo fresquinho gostoso, saudável e com preço justo. Quero Padaria Integrale no Rio já!!

Ubatuba com pouco tempo e dinheiro!

Então foi isso gente, tudo muito corrido, literalmente, mas o suficiente para amar Ubatuba. Quero voltar com mais tempo e dinheiro pra aproveitar mais. Mas deu pra ver que mesmo sem isso e um pouquinho de esforço dá pra aproveitar bem, né?

______________
Ficha técnica

O quê? Padaria Integrale Site
Onde? Rua Dr. Esteves da Silva, 360 Centro – Ubatuba.
Quando? De segunda a sábado de 7h30 às 20h30 e domingo  de 7h30m às 19h.
Quanto? Pães, tortas e bebidas entre R$5 e $9.
Como chegar? Vai andando. Do centro até lá dá 2 minutinhos de caminhada.

*********************************************************************************

O quê? Projeto Tamar Site
Onde? Rua Antonio Atanázio, 273, Jrd Paula Nobre – Ubatuba.
Quando? Dom. à qui – 10h às 18h; sex, sáb, feriados e férias escolares – 10 às 20 horas. Durante o período letivo, fecha às quartas-feiras para manutenção.
Quanto? R$19 a inteira.
Como chegar? Vai andando também, do shopping lá dá uns 4 minutinhos andando. Mas se tiver longe pega um táxi.

*********************************************************************************

O quê? Casa do Artesão| Site
Onde? Avenida Iperoig, 10, Centro – Ubatuba.
Quando? De segunda a sexta de 9h às 21h. Sábado e domingo 9h às 23h.
Quanto? Pães, tortas e bebidas entre R$5 e $9.
Como chegar? Vai andando. Do centro até lá dá 2 minutinhos de caminhada.

*********************************************************************************

O quê? Pousada Omnimare | Site | Faça aqui sua reserva aqui pelo Booking.com.
Onde? Rua Guaicurus 30 – Itaguá – Ubatuba.
Quanto? A partir de R$111.
Como chegar? Vindo da rodoviária dá  menos de R$20 de táxi.

Para outras opções de hotéis e pousadas, pesquise aqui as melhores ofertas em Ubatuba com o Booking.com!

Salve esse post no seu Pinterest pra lembrar do nosso site sempre que for planejar sua viagem! 

 

Sair da versão mobile