Fui Ser Viajante

Reims City PASS: Vale a pena?

Compartilhar

Para quem está viajando pela França explorando a rota do Champagne, a parada em Reims é quase obrigatória. A capital cultural da região de Champagne-Ardenne é uma cidade vibrante, cheia de cultura e história, com uma arquitetura marcante e uma gastronomia que merece ser explorada. E para quem está viajando pela cidade, o cartão Reims City PASS surge como uma opção de economia.

O Reims City PASS nada mais é que o cartão de descontos da cidade de Reims. Quem adquire o Reims City PASS ganha direito a entrada gratuita em muitas atrações na cidade (especialmente museus), direito a participar de tours guiados na cidade, desconto na visitação às maisons de champagne de Reims e gratuidade no uso do transporte público de Reims (ônibus e tram) durante todo o tempo de validade do cartão.

Parece uma opção e tanto, certo? Mas será que vale mesmo a pena investir no Reims City PASS? A gente fez as contas pra você.

Não esqueça de contratar um Seguro Viagem!
Seguro viagem é obrigatório na Europa! Ganhe 5% de desconto na Seguros Promo com o cupom FUISERVIAJANTE5. E mais 5% OFF no pagamento de boleto! Faça já sua cotação!

Reims City PASS: vale a pena comprar?

Assim como o Reims City PASS, a maioria das cidades da Europa já conta com uma opção de cartão turístico. Nós já usamos o Paris Museum PASS e o Amsterdam City Card, por exemplo.

Um cartão City PASS assim facilita a vida dos turistas por várias razões. As principais são os descontos e gratuidades associados, bem como a enorme vantagem de não precisar esperar em filas para comprar ingressos.

Mas antes de comprar, a principal dica que podemos dar é fazer as contas: ver se as atrações que você quer utilizar estão incluídas no cartão, e se o valor que você pagaria nos ingressos individuais é menor do que o valor pago no cartão.

> Reserve sua hospedagem em Reims

Como funciona o Reims City PASS?

O Reims City PASS é o cartão oferecido pelo escritório de turismo oficial da cidade, o Reims Tourisme. Existem 3 tipos de cartões à venda: Reims City PASS 1 dia (22 euros), Reims City PASS 2 dias (32 euros) e Reims City PASS 3 dias (42 euros).

Todos os cartões oferecem as mesmas vantagens, a única diferença é o tempo de utilização. O cartão é ativado no primeiro uso e a partir daí começa a contar o tempo de validade: 24 horas, 48 horas ou 72 horas, de acordo com o cartão escolhido.

Para utilizar o cartão, basta apresentar na entrada da atração. O cartão é válido para uma pessoa e um uso em cada atração, exceto o transporte público que oferece uso ilimitado.

Durante a nossa viagem, nós dedicamos um dia para explorar a parte cultural da cidade de Reims, por isso utilizamos o Reims City PASS 1 dia.

O que está incluído no Reims City PASS?

Ao comprar o Reims City PASS, você vai receber, além do cartão de descontos, uma brochura com o mapa da cidade e todos os parceiros do cartão, e também um caderno de endereços da cidade.

Você também pode conferir os parceiros do Reims City PASS pelo aplicativo oficial para smartphone, disponível para Apple Store e Google Play. Outro jeito de conferir a lista completa de atrações, parceiros e descontos do Reims City PASS é através do pdf disponível no site da Reims Tourisme.

Mas para facilitar pra você, aqui estão alguns benefícios incluídos:

De forma gratuita:

– Viagens ilimitadas no transporte público de Reims (ônibus e tram)
– Entradas nos museus de Reims: Museu de Belas Artes, Museu Histórico de Saint-Remi, Museu do Forte de Pompelle, Museu da Rendição de 7 de maio de 1945, Palácio de Tau, Museu do Automóvel Reims-Champagne, Museu do Hotel Le Vergeur, Museu da Aeronáutica Local, entre outros.
– Subida nas torres da Catedral de Notre Dame
– Entrada em outros pontos de interesse em Reims e arredores: Capela Foujita, Planetário, Hotel Saint Jean Baptiste de la Salle, Farol de Verzenay.
– Tours guiados: Reims City Tour, tour guiados e temáticos na cidade (como o tour Art-dêco e o tour ), tours digitais com tablet
– Visita guiada na fábrica de biscoitos Fossier (o biscoito rosa de champagne).

Descontos:

– Visita às caves das grandes maisons de champagne de Reims (Canard-Duchêne, Charles de Cazanove, Demoiselle, GH Martel, Mumm, Pommery, Ruinart, Taittinger, entre outras). Os descontos são variáveis, indo de 2 euros a até 35% do valor do tour. Para reservar as visitas nas caves com antecedência e pagar somente no local, use o site Champagne Booking.
– tour auto-guiado em Reims com quiz (Curiocity) – 50% OFF
– Seaway tour em Reims – tour motorizado com scooters Seagway
– Preço reduzido em queijos, vinhos e chocolates locais em lojas selecionadas no centro de Reims
– Desconto de 10% na loja de souvenires do centro turístico de Reims

Cortesias:

– Taça de champagne de boas-vindas em vários restaurantes de Reims

Você pode conferir nosso post sobre o que fazer em Reims para conhecer melhor cada uma das atrações e decidir o que vale a pena incluir no seu roteiro!

Vale a pena investir no Reims City PASS? Quanto vou economizar?

Se você vai reservar pelo menos um dia do seu roteiro para explorar o lado cultural e histórico da cidade de Reims (o que a gente recomenda fortemente), o Reims City PASS vale sim a pena.

Por exemplo, em uma experiência de 24 horas com o Reims City PASS, você pode incluir:

– Reims City Tour (15€)
– Tour guiado na Catedral gótica de Reims (9€)
– Palácio de Tau (8€)
– Museu de Belas Artes (5€)
– Museu Histórico de Saint-Remi (5€)
– Farol de Verzenay (3€)
– Viagens ilimitadas no transporte público (4€)

Como o cartão de 24 horas custa 22€, você pode economizar bastante. Ao incluir os descontos das lojas parceiras e a taça de boas-vindas de champagne (que custa em média 9€) a economia fica ainda maior. Outra boa opção é aproveitar o desconto na visita a uma das maisons de champagne de Reims.

Nossa avaliação do Reims City PASS

O cartão é recomendado se você planeja conhecer esse lado mais histórico da cidade. Se a sua ideia é somente um bate e volta, provavelmente você não vai ter tempo de explorar bem a cidade, e vai acabar não aproveitando também os benefícios do Reims City Card.

Fizemos a retirada do cartão ao chegar na cidade, direto no escritório de turismo ao lado da catedral. De marco à setembro, ele funciona das 9h às 19h de segunda a sábado, e a partir das 10h até às 18h nos domingos e feriados. Nos demais meses, o escritório abre às 10h e 11h, respectivamente.

Como visitamos Reims em outubro, o escritório só abria às 10h, o que atrasou um pouco nosso cronograma. Mas a vantagem de retirar o cartão no local foi boa já que não precisamos contar com envio por correio.

Uma dica é marcar a retirada do Reims City PASS para o escritório de turismo que fica perto da estação central de Reims, na Place de la Gare, que abre às 8:30h de março a setembro, e às 9h no restante do ano. Assim o dia rende mais.

Não tivemos problemas graves durante o uso do Reims City PASS. Em todas as atrações, foi só apresentar na entrada e nossa entrada era liberada imediatamente. O mesmo aconteceu com o transporte público.

Só não conseguimos usar o cartão para conseguir o Champagne de boas vindas em um restaurante da lista durante o jantar, porque fomos informados que a cortesia só era válida para o almoço (embora isso não esteja escrito em nenhum lugar). Mas todos os outros descontos estavam disponíveis sem problemas.

Onde comprar o Reims City PASS?

Você pode comprar o Reims City PASS diretamente no site da Reims Tourisme. Outra opção é comprar ao chegar em Reims, nos escritórios da Reims Tourisme do centro ou da estação de trem.

Outra opção é comprar com a Get Your Guide, uma empresa reconhecida internacionalmente pela venda de tours e ingressos na Europa. O preço é o mesmo e a vantagem de comprar com a Get Your Guide é que você ajuda nosso site – e não paga nada a mais por isso!

Gostou das dicas? Que tal ajudar o blog?

Sabia que você pode ajudar ainda mais o nosso blog? Reserve seu hotel em Reims com os links aqui do site! Você aproveita as ofertas do Booking.com e ainda ajuda muito nosso site – sem pagar nada a mais por isso!

 

____
Nós recebemos o Reims City Pass para testar durante nossa estadia em Reims, como cortesia do escritório da Reims Tourisme. Apesar disso e em respeito aos nossos leitores, tudo que descrevemos no post reflete a nossa experiência real no destino.

 

Sair da versão mobile