Mapa da Itália – conheça as regiões turísticas do país

Mapa da Itália | Conhecer um pouco mais sobre as regiões turísticas da Itália, com as características e costumes de cada uma delas, bem como os destinos principais, certamente ajuda na hora de definir o seu roteiro pelo país.

O país que tem formato de bota está dividido em nove regiões turísticas principais. E, por não ser tão grande territorialmente e ter uma malha ferroviária que atende a todo o país, não é difícil se deslocar pela Itália.

Ou seja: dá para combinar várias regiões do mapa da Itália em uma mesma viagem!

Leia também: O que fazer em Roma (dicas de roteiro)

Passeando pelo mapa da Itália, você vai perceber que estamos falando de um dos destinos mais completos e interessantes do mundo.

De norte a sul do país, prepare-se para conhecer lugares com muita história, atrativos religiosos, riquezas de arte e arquitetura, belezas naturais no campo e no litoral, pequenos vilarejos e cidades modernas.

Além, é claro, da gastronomia italiana que é um capítulo à parte em qualquer viagem pelo país.

Mapa da Itália: regiões turísticas

Vamos conhecer as principais regiões dentro do mapa da Itália e começar a planejar a próxima viagem!

Preparamos essa mapa da Itália ilustrado para orientar nossa viagem por esse post.

Cada região está representada por um ícone que é característico da região, e você ao final do post pode voltar para essa figura e ver se memorizou qual é cada região turística da Itália através de seus pontos turísticos.

Vamos nessa?

Mapa da Itália - principais regiões turísticas da itália
Foto: Fui Ser Viajante

Lazio

Olhando para o mapa da Itália, você encontra a região de Lazio no centro-oeste.

É a região que recebe o maior número de turistas, principalmente porque é lá que fica a capital Roma, a cidade mais visitada da Itália e um verdadeiro museu a céu aberto.

Por isso, no mapa da Itália representamos Lazio com o ícone do Coliseu de Roma.

O que fazer em Roma em 3 dias -roteiro de 3 dias em Roma - Coliseu
Foto: Fui Ser Viajante

Mas além de importantes patrimônios históricos mundiais e sítios arqueológicos, Lazio é uma região bem diversa para o turismo.

Conta com cidades litorâneas e também destinos no interior, com lagos vulcânicos, florestas e montanhas.

Leia também: Cidades para conhecer perto de Roma (bate e volta)

O que conhecer em Lazio

Roma: é uma cidade cosmopolita que mistura modernidade com monumentos milenares, como o Coliseu e outros pontos mundialmente conhecidas. Veja o que fazer em Roma e melhores bairros para se hospedar em Roma.

Vaticano: dentro de Roma fica o menor país do mundo, onde estão a Basílica de São Pedro e a Capela Sistina. Veja o que fazer no Vaticano em 1 dia.

Outras cidades para conhecer em Lazio:

Viterbo (tem a parte histórica e a moderna);

Frosinone (fica em uma colina entre montanhas);

Anzio (região de praias bem perto da capital). 

Toscana

Acima da região de Lazio, representada pela mundialmente famosa Torre de Pisa no mapa da Itália, temos a região da Toscana.

Com belas paisagens, em meio às montanhas, com flores e casinhas medievais, a Toscana é a região mais famosa do país, já foi cenário de filmes e livros, e sempre atrai muitos viajantes para essa parte do país.

Região Toscana, mapa da Itália
Foto: Anja por Pixabay

A localização bem no centro da Itália favorece o deslocamento para quem quer visitar a região a partir de outras partes do país.

A Toscana tem destinos que oferecem diversos atrativos. Entre os culturais e históricos os mais presentes são as igrejas e museus com importantes obras de arte do período do Renascimento.

Nas áreas agrícolas há plantações de uvas e tradição na produção de vinho, além de campos de flores e belezas naturais. E, nas cidades menores, o melhor passeio é andar pelas ruazinhas estreitas e construções antigas.

O que conhecer na Toscana

Florença: capital da Toscana, costuma ser o destino escolhido como base por quem viaja à região.

Tem construções de grande riqueza arquitetônica e artística. Destaque para as a escultura Davi de Michelangelo (na Galleria dell’Accademia) e A Anunciação de Leonardo Da Vinci (na Galeria Uffizi).

Dicas de passeios em Florença

Siena: tem muitos lugares históricos, construções medievais e com estilo gótico. Destaque para a Piazza del Campo, que é a praça central, e a Catedral de Siena.

Pisa: seu ponto mais famoso é a torre inclinada que tem o mesmo nome da cidade e é um dos principais cartões postais italianos, além de praças e lugares históricos. Também pode ser um destino base para quem vai à Toscana.

Dicas de passeios em Pisa

Cidades menores e vilarejos para conhecer na Toscana:

Anchiano (terra natal de Leonardo da Vinci, onde fica o casarão onde ele viveu na infância), e Vinci (onde ele cresceu e de onde vem seu nome);

San Miniato (tem belos mirantes e plantações de trufas);

San Gimignano (com suas torres construídas na Idade Média);

Monteriggioni (em cima de uma montanha, com um castelo medieval);

Montalcino  (uma das principais regiões produtoras de vinho);

Montepulciano (cidade medieval também com muitas vinícolas).

Ligúria

Continuamos subindo no mapa da Itália, chegando naquelas charmosas casinhas à beira-mar, que representam as paradisíacas Cinque Terre, maior destino turístico da região da Ligúria na Itália.

A região da Ligúria ficou famosa mundialmente, principalmente por causa de seu litoral. Suas praias no Mar Mediterrâneo são um verdadeiro tesouro a ser explorado.

Cinque Terre, Ligúria, mapa da Itália
Foto: Kookay por Pixabay 

A Ligúria fica no noroeste da Itália e é muito visitada por quem prefere passeios naturais e ao ar livre. Tem uma vida noturna agitada e também opções de atrações culturais.

A parte da Liguría mais procurada pelos turistas são as “Cinque Terre”, os 5 vilarejos super charmosos e cinematográficos, localizados entre as montanhas, em penhascos próximos ao mar.

O cenário encanta todos que visitam a região.

O que conhecer na Ligúria

Gênova: a capital da região tem importância histórica por causa do comércio marítimo no passado. Alguns de seus lugares históricos são considerados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, como a Catedral de Gênova, entre outros.

Dicas de passeios em Gênova

San Remo: fica na Riviera Italiana, quase na divisa com a França, e é um luxuoso destino de verão, com praias paradisíacas e colinas ao redor e bons restaurantes de frutos do mar.

Savona: ponto de partida ou de parada de muitos cruzeiros marítimos, além das praias tem um centro histórico onde fica a Catedral de Assunta e a Fortaleza de Priamar.

Vilarejos: Corniglia, Manarola, Monterosso al Mare, Riomaggiore e Vernazza (as Cinque Terre).

Piemonte

No canto esquerdo, ao norte do mapa da Itália, temos o ícone de uma torre. A Torre Mole Antonelliana é um dos pontos turísticos mais visitados da região de Piemonte e por isso foi escolhida para representar a região.

Piemonte é uma região grande, a segunda maior da Itália, e fica na fronteira com a França e a Suíça, cercada pelos Alpes.

Piemonte, mapa da Itália
Foto: nirolfix por Pixabay 

Nessa parte do mapa da Itália, o turismo se concentra principalmente nos destinos rurais, com inúmeras vinícolas, vilarejos simples e alguns mirantes pelas estradas.

O que conhecer em Piemonte

Turim: primeira capital da Itália, no século XIX, é a capital da região e mistura antiguidade e modernidade.

Tem construções em estilo barroco e também opções de passeios culturais.

Seu ponto mais famoso – e um dos cartões-postais do país, é a Torre Mole Antonelliana, com quase 170 metros de altura, pode ser vista de diversos lugares e é onde fica o Museu do Cinema.

Dicas de passeios em Turim

Outras cidades: Alba (mais agitada e com restaurantes renomados) e Grinzane Cavour (que tem um castelo).

Lombardia

Região italiana mais populosa, fica ao norte do mapa da Itália, já quase na fronteira com a Suíça, e é uma região que mistura natureza e tradição.

No mapa, você pode encontrá-la ao lado de Piemonte, representada pelo icônico Duomo de Milão – uma das igrejas mais importantes da Itália.

Duomo de Milão, Itália
Foto: vivianamartinelli1979 por Pixabay 

A Lombardia tem metrópoles modernas e cosmopolitas, uma gastronomia típica e deliciosa, além de uma vida noturna agitada e muita cultura.

Além disso, a Lombardia tem algumas pequenas vilas e belas paisagens naturais, como montanhas de neve e o cinematográfico Lago de Como.

O que conhecer na Lombardia

Milão: a catedral Duomo é o ponto mais famoso da cidade, rica em arte e cultura, mas também considerada a capital mundial da moda e do design.

Lá está o mural A Última Ceia, de Leonardo da Vinci (no convento Santa Maria delle Grazie).

Dicas de passeios em Milão

Mantova: uma das principais cidades com obras do período renascentista, é tombada como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Bergamo: dividida entre a cidade alta, que é a parte histórica, com ruazinhas de pedra e o centro cercado por muralhas do período medieval, e a cidade baixa que é mais moderna.

Dicas de passeios em Bergamo

Outras cidades para conhecer na Lombardia:

Cremona (terra dos famosos violinos Stradivarius);

Como (fica às margens do famoso lago),

Sabbioneta (vizinha de Mantova e também tombada pela UNESCO)

Emilia Romagna

A gastronomia e a arte são alguns dos pontos fortes dessa região, que tem várias cidades medievais e fica a apenas duas horas de trem partindo da capital Roma.

Uma vantagem para quem decide visitar essa parte do mapa da Itália, é que a Emilia Romagna costuma ter preços melhores que outros lugares da Itália, além de não ser tão cheio de turistas.

Bologna, Emilia Romagna, Regiões da Itália
Foto: manasmanohar por Pixabay 

É uma região que costuma ser mais tranquila para quem quer aproveitar uma viagem conhecendo o estilo local.

Um dos pontos fortes da região é a gastronomia, com muitos pratos típicos locais que ganharam o mundo, além de muitos produtos locais que também são apreciados pela gastronomia do mundo inteiro.

Pensando nisso, no mapa da Itália representamos a Emilia Romagna com a tradicional mortadela bologna.

O que conhecer na Emilia Romagna

Bolonha: é a capital da região e sua principal marca são os prédios medievais e pórticos por toda a cidade.

Tem diversos atrativos históricos e culturais, como a universidade mais antiga do país (Universidade de Bolonha). E é muito conhecida também pela gastronomia – lá surgiram a lasanha, o molho bolonhesa e a tradicional mortadela.

Passeios e tours em Bolonha

Ravena: artísticamente muito rica, tem oito monumentos reconhecidos pela UNESCO. Destaque para a Basílica de São Vital, construção do século VI.

Outras cidades: Maranello (onde fica o Museu da Ferrari), Placência (cidade histórica com muitos monumentos arquitetônicos) e Módena (outro lugar histórico, com museus, galerias e igrejas).

Veneto

A última região turística da Itália que vamos falar nesse post. Veneto está localizada na fronteira com a Áustria, no nordeste da Itália, representada no mapa pelo gondoleiro de Veneza.

Veneto, Veneza - mapa da Itália, regiões turísticas
Foto: Gerhard Bögner por Pixabay 

Veneto é considerada a região mais romântica do mapa da Itália, especialmente por causa do charme da cidade de Veneza.

É uma das regiões que mais recebe turistas na Itália e tem lugares que se destacam pela arquitetura e pela arte.

O que conhecer em Veneto

Veneza: famosa pelos canais e passeios de gôndola, é uma mistura de história, arte e arquitetura.

Um dos pontos mais famosos é a Praça San Marco, onde fica a catedral de mesmo nome. Vale ir até a ilha de Murano, onde há fabricação de vidros.

Passeios e ingressos em Veneza

Verona: os principais pontos são a Arena de Verona, que data do século I e onde ainda hoje acontecem apresentações culturais, e a Casa de Julieta, já que a cidade foi cenário do romance Romeu e Julieta, de William Shakespeare.

Pádua: terra natal de Santo Antônio, tem uma basílica dedicada a ele.

Entre os lugares históricos estão o jardim botânico mais antigo do mundo e a segunda universidade mais antiga do país – o grande número de estudantes dá um ar mais moderno e movimenta a vida noturna na cidade.

Campânia

Mais para o sudoeste da Itália, representamos a região da Campânia com itens praieros para já deixar claro um dos principais atrativos dessa região da Itália.

Na Campânia você também vai encontrar patrimônio histórico e edifícios tombados pelo seu valor cultural, além de destinos sofisticados e repletos de glamour.

Mas na região também se destacam as paisagens naturais. A principal cidade da região, Nápoles, tem o incrível Monte Vesúvio como cenário de fundo.

Monte Vesúvio, em Nápoles

Outro destaque das belezas naturais é a parte costeira, com praias e restaurantes da Costa Amalfitana atraindo milhares de turistas todos os anos.

É famosa por ser o local onde foi inventada a tradicional pizza italiana e tem uma gastronomia bem típica.

O que conhecer na Campânia

Nápoles: capital da região e terceira maior cidade italiana, é uma mistura de história, cultura e belezas naturais.

O centro de Nápoles tem monumentos importantes como a Catedral Duomo di San Gennaro e o Castel Nuovo do século XIII, e é tombado pela UNESCO. Fica perto do vulcão do Monte Vesúvio.

Veja o que fazer em Nápoles (e como fazer bate e volta nas cidades vizinhas)

Capri: ilha famosa pelo mar azul paradisíaco e por ser um destino sofisticado, com muitas lojas de grife e hotéis luxuosos. Muitas celebridades têm casas por lá. É dividida entre a Vila de Capri e Vila Anacapri.

Veja o que fazer em Capri

Outras cidades e vilarejos: Amalfi, Positano e Ravello, localizadas entre o mar e penhascos, na chamada Costa Amalfitana.

Sicília

Bem ao sul do mapa da Itália, uma ilha chama a atenção: a Sicília, representada por um dos seus maiores ícones: o vulcão Etna.

Essa ilha tem um estilo muito próprio e muito variado, que faz dela um destino único na Itália.

Sicília, regiões turísticas da Itália
Foto: Peter H por Pixabay 

A Sicília tem muitos atrativos históricos, lugares tombados como Patrimônio Mundial da Humanidade, além de muitas belezas naturais.

Algumas das praias da Sicília são consideradas as melhores do país. Outro ponto famoso é o vulcão Etna, que é o vulcão mais alto da Itália. Quem visita a ilha pode inclusive fazer uma excursão até a cratera do vulcão.

Tudo isso faz com que a Sicília seja cada vez mais procurada pelos turistas e mereça um lugar de destaque dentre das regiões do mapa da Itália.

O que conhecer na Sicília

Palermo: maior cidade da Sicília, tem o centro histórico com pontos importantes como a Catedral de Palermo e o Palazzo dei Normanni, além de bons restaurantes e praias paradisíacas nos arredores.

Veja o que fazer em Palermo

Catânia: cidade portuária histórica, fica aos pés dos Monte Etna e é tombada como Patrimônio Mundial da UNESCO. Tem belas praças, igrejas e vários monumentos importantes.

Outras cidades para conhecer na Sicília:

Siracusa (tem praias e ruínas arqueológicas);

Taormina (cidade  mais turística da região, conta com vários atrativos históricos e também praias);

Messina (fica entre o mar e as montanhas, foi reconstruída depois de passar por terremotos e guerras, mas tem ainda alguns lugares do passado).

Qual parte do mapa da Itália você quer explorar?

Agora que já viu um pouco mais sobre as regiões turísticas da Itália é hora de escolher qual (ou quais) você deseja conhecer na próxima viagem!

Conta pra gente nos comentários? Queremos te ajudar a planejar a viagem dos sonhos para a Itália!

Planeje sua viagem para Itália

Dicas de cidades e atrações

Quer mais dicas para planejar sua viagem para a Itália? Aproveite para ler os outros posts que já publicamos aqui no site!

Consulte nosso índice de posts da Itália e veja todos os posts que já publicamos aqui no blog.

Seguro viagem para Itália

Seguro viagem é obrigatório para toda viagem para a Europa. Você precisa contratar um seguro viagem com cobertura mínima de € 30.000,00 para entrar na maioria dos países na Europa. 

Na hora de fazer a compra de seguro viagem, eu uso o site da Real Seguros. Ele funciona como um comparador de preços entre as seguradoras. 

Basta colocar o destino e as datas da sua viagem que o site mostra as opções de seguro viagem com melhor custo-benefício para você.

Se você não entende muito bem como funciona o seguro viagem, pode ler mais sobre Seguro Viagem aqui no site.

Ingressos e atrações na Itália

Foto em destaque: Ein Kaffee por Pixabay 

Redação FSV
Descomplicando a sua viagem e mostrando que dá pra viajar mais pagando menos.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Natália Paz disse:

Ótimo post! Guardei para a minha próxima ida à Itália! 🙂
Que delícia de país!

Ahhh, quero voltar logo logo também 😀

Felipe disse:

Que lugar maravilhoso! Já fui duas vezes e ainda faltam muitas regiões pra conhecer!!

Klécia disse:

Dá pra viajar para a Itália pela vida inteira, né?