Linha Turismo de Curitiba: como funciona e onde passa

Vale a pena usar a Linha de Turismo de Curitiba? | Quem está planejando uma viagem para Curitiba, cedo ou tarde acaba se perguntando como funciona essa tal de Linha de Turismo de Curitiba.

Será que vale a pena comprar o ingresso do ônibus verdinho que circula pelos principais pontos turísticos da cidade?

Vamos lá, vou tentar explicar como funciona a Linha Turismo de Curitiba nesse post, pra você escolher se vale a pena fazer o investimento.

A Linha Turismo de Curitiba é uma linha de ônibus especial, criada especialmente para facilitar a vida de quem vai turistar pela capital paranaense.

Leia também: Onde se hospedar em Curitiba: melhores bairros

O ônibus tem estilo jardineira (por isso ficou também conhecido como ônibus panorâmico de Curitiba) e tem roteiro determinado pela cidade, passando por 26 pontos turísticos de Curitiba.

Linha de Turismo em Curitiba

É uma ótima opção para quem vai a Curitiba sem carro, ou quer ganhar mobilidade para fazer um roteiro que inclua os principais parques, praças e atrações de Curitiba. Vou dar mais detalhes:

Como funciona a Linha Turismo de Curitiba?

A Linha Turismo de Curitiba é considerada uma das melhores linhas de ônibus turístico do país.

Isso porque, além da grande quantidade de atrações no roteiro (são 26 pontos turísticos, incluindo as atrações mais procuradas pelos turistas em Curitiba), a Linha Turismo também é muito regular, com uma frequência de circulação de um ônibus passando a cada 30 minutos.

No total do trajeto, o ônibus da Linha Turismo de Curitiba percorre aproximadamente 45 km em cerca de 3 horas.

Ônibus da Linha de Turismo em Curitiba

O esquema é hop-on hop-off, ou seja, você escolhe onde descer e onde subir.

Menos engessado do que um city tour, e mais prático de usar do que um ônibus de linha, acaba levando você a mais atrações do que provavelmente visitaria se fosse a pé ou de Uber / táxi.

Quanto custa a Linha Turismo Curitiba?

O bilhete da Linha Turismo Curitiba custa R$ 50,00 e o pagamento pode ser feito somente em dinheiro!

O cartão de embarque da Linha Turismo é vendido diretamente nos ônibus. Crianças menores de 5 anos não pagam.

O bilhete é pessoal e intransferível – por isso, depois de um uso, o mesmo cartão só pode ser utilizado novamente depois de 30 minutos, que é o tempo até o próximo ônibus passar em cada parada.

Quem adquire o bilhete da Linha Turismo de Curitiba tem direito a embarques ilimitados em todos os atrativos do percurso, dentro das 24h de validade do cartão.

Esse é um ótimo diferencial, já que a muitos dos ônibus de turismo limitam a quantidade de entradas e saídas. Na Linha Turismo de Curitiba, não. Você pode descer do ônibus e voltar quantas vezes quiser, dentro do período de validade do bilhete.

Também não há limite de tempo para reembarque, dentro do período de validade do bilhete. O visitante poderá desembarcar e desfrutar do ponto turístico que escolher, por quanto tempo quiser.

Depois é só re-embarcar no próximo ônibus, que lembrando, circula com intervalo de 30 minutos.

A Linha Turismo de Curitiba funciona todo dia?

Nos períodos de férias escolares (nos meses de julho e de dezembro a fevereiro), a Linha Turismo de Curitiba funciona todos os dias da semana, com ônibus circulando das 9h até às 17:30h.

No restante do ano, o serviço Linha Turismo de Curitiba opera regularmente de terça a domingo. Ou seja, só não tem ônibus na segunda-feira!

Onde pegar ônibus turístico em Curitiba?

O ponto inicial de saída dos ônibus da Linha Turismo é na Praça Tiradentes / Catedral, no centro de Curitiba.

Mas não se esqueça: você pode embarcar na Linha Turismo em qualquer um dos 26 pontos de parada do ônibus verdinho.

Como aproveitar melhor a Linha de Turismo de Curitiba

O ideal é reservar pelo menos um dia inteiro para aproveitar seu bilhete da Linha Turismo – que tem validade de 24h. Se planeje para embarcar bem cedo, logo que o ônibus começa a circular (às 9h).

Como o ônibus passa por praticamente todos os pontos turísticos da cidade, o legal é ter em mente quais deles você faz questão de visitar, até mesmo para otimizar o seu roteiro.

Se você não tem o dia todo, ou tem interesse apenas em alguns pontos turísticos específicos, dê uma olhada no mapa das paradas, e escolha em quais pontos turísticos de Curitiba você quer descer.

Começar a viagem com tudo planejado vai facilitar muito para otimizar o tempo da sua viagem na Linha Turismo de Curitiba.

Linha de Turismo Curitiba - roteiro
Foto: Turismo Curitiba

Mas se você tem um dia inteiro para circular com o ônibus da Linha Turismo, uma dica legal é primeiro fazer o trajeto inteiro do ônibus, passando por todas as paradas sem descer.

Assim você conhece mais um pouco da cidade de Curitiba, e dá uma espiada em todos os pontos turísticos, pelo menos por fora. Uma volta completa na Linha Turismo de Curitiba leva em média 3 horas.

Durante esse rolé, você vai anotando os pontos turísticos que achar mais interessantes.

Depois, começa uma segunda volta no ônibus, agora descendo nos pontos turísticos que anotou, para visitar cada um por dentro.

Fazendo desse jeito, você gastaria a manhã (9-12h) para dar a primeira volta completa, e teria a tarde inteira para visitar seus pontos turísticos favoritos.

Mas atenção: quem embarca no último horário do ônibus não consegue fazer a volta completa no trajeto, já que o último ônibus para de operar ao chegar de volta na Praça Tiradentes.

Cada ônibus tem um display que indica o horário que o veículo está previsto para chegar na Praça Tiradentes.

Ingressos das atrações em Curitiba

É importante dizer que o bilhete da Linha Turismo de Curitiba não inclui o ingresso das atrações. O ônibus da Linha Turismo só te leva até a porta – daí pra frente, você precisa desembolsar também o valor dos ingressos das atrações.

A boa notícia é que a muitos desses pontos turísticos de Curitiba, a maioria na verdade, tem entrada gratuita. Jardim Botânico, Parque Tanguá, Ópera de Arame – são algumas das minhas atrações favoritas em Curitiba e todos tem entrada gratuita todos os dias, só pra dar alguns exemplos.

Outros pontos turísticos, embora sejam pagos, podem ter ingressos com valores diferenciados em alguns dias da semana. O Museu Oscar Niemeyer, é gratuito às quartas-feiras, por exemplo.

Lembrando que temos um post aqui no blog contando nossas 10 atrações turísticas favoritas em Curitiba – você pode usá-lo como base para escolher seus pontos de parada com a Linha Turismo.

O que achou da Linha Turismo de Curitiba?

Você já fez o passeio da Linha Turismo de Curitiba? O que achou?

Qual o ponto turístico que na sua opinião é imperdível e tem que estar na lista dos que valem a pena descer? Conta pra gente nos comentários!

Foto em destaque: Gabriel Ferraz Ferraz por Pixabay 

Thiago Amaral
Thiago é um professor de Inglês que, apesar dos seus (já) 30 e poucos, ainda vai ser jornalista. Não viaja tanto quanto gostaria, mas também um dia o fará. Por ora, se arrisca escrevendo sobre assuntos aleatórios e eventualmente viaja com sua esposa Marcela e filha Alice. E por isso foi convidado a escrever (eventualmente) neste blog: para dar dicas e contar sobre a experiência de viajar em família e com criança.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *