Cascais, Portugal: o que fazer em 1 dia

O que fazer em Cascais, Portugal | Muita gente conhece a charmosa Cascais em um bate e volta de Lisboa. Fica realmente muito perto (são só 30 km!), e por ser uma cidade pequenininha, parece bem possível conhecer Cascais em 1 dia.

É possível? É sim. O único problema nisso é que Cascais é um daqueles destinos apaixonantes. Depois de conhecer a cidade, sentir a brisa do mar e as esquinas encantadoras de Cascais, eu não queria saber de ir embora!

Foi um amor tão intenso que eu fiquei o tempo inteiro repetindo que eu poderia facilmente morar em Cascais por um tempo, haha! Ficamos 1 dia e meio passeando por lá e confesso que ficaria mais! Parti com aquela certeza que um dia ainda volto por lá!

Leia também:
+ Principais pontos turísticos de Lisboa

Uma coisa que é importante dizer logo de cara: Cascais não é um daqueles destinos com uma lista enorme de pontos turísticos. Relaxe e esqueça a correria.

Cascais é o destino ideal para quem quer caminhar sem pressa, descobrir encantos em cada esquina, relaxar na praia e curtir a brisa do mar.

Se você quer a dica de um lugar para fazer um bate e volta de Lisboa, a resposta é Cascais. Mas se puder, fique mais um tempinho por lá que você não vai se arrepender!

Quer descobrir o que fazer em Cascais? Aproveita e já confere nosso vlog de viagem de 1 dia em Cascais no Youtube antes de continuar lendo o que fazer em Cascais aqui no post:

O que fazer em Cascais, Portugal: dicas para um bate e volta ou um pouco mais!

Cascais é uma cidade litorânea, com tempero de mar. Por isso, o contato com o mar é um dos destaques de Cascais. Tem piscina de água salgada, uma marina e um iate clube, praias paradisíacas e falésias que servem de miradouro para observar o Oceano Atlântico.

Com uma natureza privilegiada, as paisagens naturais são um ponto alto em Cascais. Então prepare-se para conhecer cenários inesquecíveis.

Mas não é só isso: ainda tem o charme de vila de Cascais, com uma fortaleza medieval encrustada no centro da cidade, ruas repletas de lojinhas interessantes, restaurantes e museus para quem não dispensa um passeio cultural.

Organizei meu tempo na cidade tentando incluir o melhor que li por aí nas top listas de pontos turísticos de Cascais. Segue o fio:

1) Cabo da Roca

Nossa primeira parada em Cascais não fica exatamente em Cascais, hahaha O Cabo da Roca oficialmente fica na serra de Sintra, mas como é um ponto turístico que está muito mais perto de Cascais, vale a pena incluir no seu roteiro na cidade.

O Cabo da Roca é o ponto geográfico mais ocidental de Portugal continental. E se você pensar, não é só isso: é o ponto mais ocidental de toda o continente europeu!

Em Lusíadas, Camões descreveu o Cabo da Roca como “Onde a terra se acaba e o mar começa”. No topo das falésias que chegam a 140 metros de altura, existe um monumento com uma lápide que contém essa mesma inscrição.

No Cabo da Roca, existe um farol e uma loja de souvenir. Separe pelo menos 1 hora para caminhar pelos arredores do farol e apreciar a beleza das falésias que marcam o “fim da Europa”.

Cabo da Roca, Cascais Portugal

O local pode ser visitado de ônibus, saindo de Cascais ou Sintra. De carro, o acesso é ainda mais fácil, com um pequeno estacionamento público e gratuito disponível.

2) Boca do Inferno

No caminho de volta a Cascais, vale parar na Boca do Inferno, outra formação geológica incrivelmente bonita para visitar na região.

Acredita-se que esse lugar era uma gruta, mas o mar furioso, de tanto bater nas pedras, formou uma cavidade a céu aberto. Em dias de mar bravo, o barulho das ondas quebrando na quebra justificam o nome do lugar: Boca do Inferno.

Boca do Inferno, Cascais Portugal

Mas não é só por causa da formação rochosa impressionante que a Boca do Inferno se tornou um dos principais cartões-postais de Cascais. O lugar ainda é repleto de lendas. De amores impossíveis à vingança de um feiticeiro ciumento, histórias e mistérios completam a visita.

O acesso é fácil (carro, ônibus e até bike), a entrada é gratuita e no local você encontra uma barraca de lanches / lojinha e muitas vagas de estacionamento na estrada.

3) Orla Estoril – Cascais

A pé ou de bike, vale a pena começar seu passeio em Cascais com uma caminhada à beira-mar.

Nossa escolha foi ir de carro até a estação Monte Estoril (encontramos muitas vagas de estacionamento na Alameda Columbano) e caminhar pela orla, de lá até o centro de Cascais.

Orla Estoril - Cascais

A estação Monte Estoril é uma das paradas de trem para quem vem de Lisboa, você pode aproveitar para já desembarcar por ali e repetir nosso trajeto.

O calçadão segue o desenho geográfico do paredão de Cascais. A caminhada pela orla que liga as duas cidades (Estoril e Cascais) é muito agradável.

Você vai encontrar os locais praticando exercícios físicos, além de passar por algumas obras de arte colocadas ao longo do calcadão. Como bônus, tem a vista do litoral de Cascais, que é demais.

E as praias de Cascais, claro. Cascais não seria um balneário de verão de Portugal sem as belas praias, recheadas com beach clubs, bares e barracas. Mas as praias de Cascais são tema do nosso próximo tópico.

4) Praias de Cascais

Fiquei encantada com o litoral de Cascais, por isso recomendo que você anote o nome de cada uma praias e atrações que você vai conhecer caminhando pela orla Estoril – Cascais.

Praias de Cascais Portugal

Na ordem, partindo da Estação Monte Estoril, você vai ver:

A pequena Praia das Moitas, bem pertinho da estação. Em seguida, você vai passar pela Piscina Oceânica Alberto Romano, uma piscina construída numa das curvas da orla, com 50 metros de extensão. A entrada gratuita, e a piscina fica aberta ao público durante os meses de verão.

Mais à frente, você encontra as vizinhas Praia da Duquesa e Praia da Conceição, a Praia da Rainha, o píer de Cascais e a Praia dos Pescadores ou Praia da Ribeira, que fica já no centro de Cascais.

Vale parar em cada uma delas, observar o movimento ou tomar um drink num dos bares ao longo da orla.

5) Centro histórico de Cascais

Passear pelas ruas do centro de Cascais é um passeio obrigatório e cheio de charme! Já que você chegou até a Praia da Ribeira, uma boa pedida é começar pela praça que fica logo atrás dela, a Praça 5 de Outubro.

Centro histórico de Cascais Portugal

O calçadão de pedras portuguesas tem um desenho ondulado, que lembra nossa famosa Copacabana. No meio da praça, está também uma estátua de D. Pedro I de Portugal (não é o mesmo D. Pedro que veio aqui para o Brasil, hein?).

Ao redor da praça, está também o bonito e histórico palácio dos Condes da Guarda, com seus painéis de azulejo muito bem preservados. Lá, até hoje funciona a Câmara Municipal de Cascais.

Depois de explorar a praça, siga pela fotogênica rua Frederico Arouca (também conhecida como Rua Direita), com suas casas coloridas e lojas de artesanato.

Centro histórico de Cascais Portugal

Numa dessas esquinas, numa antiga loja de música onde hoje funciona um bar de vinhos, o cantor Brian Adams registrou uma foto no seu Instagram para lembrar dos anos de infância que morou em Cascais.

Seguindo na Frederico Arouca até o final, você chega no Largo da Praia da Rainha. Daí em diante, a dica é caminhar sem rumo, entrando e saindo das charmosas vielas menos famosas de Cascais, que são igualmente lindas e escondem boas surpresas!

6) Mercado da Vila

Nessa caminhada por Cascais, descobri um lugar que não aparece muito nos roteiros turísticos da cidade, mas que eu amei conhecer.

Por isso, fica aqui a dica para você dar uma passadinha no Mercado da Vila. Fundado em 1952, ele foi recentemente reformado (2013), e possui uma área coberta onde ficam as barracas de frutas e verduras dos produtores locais, banheiros e dois restaurantes.

Mercado da Vila Cascais

Já a área externa abriga algumas lojinhas, desde produtos locais como biscoitos e azeites, até cervejas artesanais. Tomamos umas brejas portuguesas por lá, comprei umas lembrancinhas e curtimos bastante.

Na área externa, ainda demos a sorte de encontrar uma feirinha acontecendo, em homenagem aos santos populares de junho em Portugal. Foi nossa chance de ver e provar sardinhas assadas na brasa e outras comidinhas típicas!

Também usamos o estacionamento do Mercado da Vila para parar o carro, já que no centro de Cascais não tem muitas vagas na rua.

7) Cidadela de Cascais

Seguimos caminhando até encontrar a Cidadela de Cascais. Para quem está na Praia da Ribeira, basta subir a Avenida D. Carlos I para encontrar a fortaleza, construída no século XIV como parte da estratégia de defesa da cidade de Lisboa.

Cidadela de Cascais Portugal

O local hoje um complexo turístico, que engloba o Palácio da Cidadela (antiga casa do governador de Cascais, usada por anos como casa de veraneio pela família real de Portugal), Torre de Santo Antônio de Cascais e a Fortaleza da Nossa Senhora da Luz.

O interior da Cidadela é aberto ao público, e lá dentro funcionam um ateliê, um museu e um restaurante. Vale entrar pelo valor histórico, mas não chegar a ser um ponto turístico imperdível.

8) Marina e Iate Clube de Cascais

Dando a volta por trás da Cidadela, você vai encontrar a Marina e Iate Clube de Cascais. É de lá que saem os passeios de barco em Cascais.

É a terceira maior marina de Portugal e sedia muitos eventos náuticos importantes para o país, como o World Match Racing Tour e a Audi MedCup.

Marina de Cascais, Portugal

Marina de Cascais, Portugal

Os barcos ancorados por lá são puro luxo e o mar verde esmeralda enche os olhos. A caminhada por lá é aberta ao público (exceto nos decks que dão acesso aos barcos).

9) Casa da Guia

Hora de pegar o carro ou a bike e explorar um lugar lindo que fica nos arredores de Cascais.

Um muro alto torna o lugar mais reservado e exclusivo. Dá pra entrar de carro (se o estacionamento não estiver lotado), ou parar na rua nas proximidades.

Lá dentro, um palacete amarelo de 1895 foi transformado num centro de cultura e arte, recebendo muitos artistas e ateliês nos andares do prédio.

Na área externa, uma vista linda do oceano, muitas árvores, um viveiro de plantas e uma seleção de restaurantes – a maioria deles, com mesas estrategicamente posicionadas para oferecer vista para o mar.

Casa da Guia, Cascais Portugal

Dica bônus: praia do Guincho

Saindo de Cascais para nosso próximo destino em Portugal, Sintra, pegamos essa estrada que passa pela Casa da Guia, e que também nos leva para mais uma atração secreta e linda de Cascais: a Praia do Guincho.

Essa praia com uma larga faixa de areia e uma beleza natural deslumbrante já foi escolhida como uma das dez melhores praias urbanas da Europa, e não é a toa.

Cercada de falésias e com ventos fortes, atrai praticantes de esportes náuticos, que povoam o céu e o mar com velas de kitesurf e pranchas.

Praia do Guincho Cascais, Portugal

É possível seguir de bike de Cascais até a Praia do Guincho, seguindo pela ciclovia que se estende desde a marina até a praia, seguindo pela orla.

Cascais dicas práticas: planeje sua viagem

Quando ir a Cascais?

Cascais pode ser visitada o ano todo, mas vale lembrar que a alta estação é no verão, quando a Riviera Portuguesa recebe a maior quantidade de turistas e abre a porta de todas as suas atrações.

Pier de Cascais, Portugal

Como chegar em Cascais?

Para quem está em Lisboa, conhecer Cascais é muito fácil e chegar lá é possível de carro, excursão privada ou de transporte público.

De carro: de Lisboa até a Vila de Cascais, são 30 km de estrada. A rota mais indicada é o caminho litorâneo (via Avenida 24 de Julho e N6). Ao chegar em Cascais, preste atenção na sinalização de área permitida para estacionar. A cidade não tem muitas vagas na rua.

De transporte público: o trem (chamado de comboio em Portugal) é uma ótima opção para ir de Lisboa a Cascais. O trem parte da estação Cais do Sodré e faz parada nas estações de Estoril e Cascais, onde faz seu ponto final. A viagem dura 40 minutos.

Excursão: Várias empresas de turismo oferecem excursões e transfers de Lisboa a Cascais (com possibilidade de combinar mais destinos). Veja algumas opções:

Onde se hospedar em Cascais?

Ficamos uma noite em Cascais, e recomendo muito se você quer ir além do bate e volta de Lisboa e conhecer a cidade com calma.

Veja algumas opções de hotéis bacanas para ficar em Cascais:

Cascais Jasmim Doce: afastado do centro, mas em um casarão lindo e ótimo custo-benefício. Nós ficamos e adoramos. Veja mais e reserve aqui.

Lawrence House – Deluxe – Cascais: Casa de família adaptada para receber hóspedes. Bem confortável. Veja mais e reserve aqui.

Cascais Hotel: muito pertinho do centro e das praias centrais. Veja mais e reserve aqui.

Cascais Boutique Hostel: possibilidade de quartos privativos ou compartilhados no centro de Cascais. Veja mais e reserve aqui.

Veja outros hotéis e pousadas em Cascais. (abre numa nova aba)”>-> Veja outros hotéis e pousadas em Cascais.

Seguro viagem

Para visitar Cascais (e todas as demais cidades de Portugal, o seguro viagem é obrigatório.

É preciso contratar pelo menos um seguro de €30000 e, caso seja solicitado, apresentar a apólice ao funcionário da imigração na hora de entrar no país.

Use o cupom FUISERVIAJANTE5 e ganhe 5% de desconto em qualquer plano de seguro viagem com a Seguros Promo. E ainda te mais 5% OFF para quem paga com boleto bancário!
Aproveite! 

>> Faça uma cotação grátis <<

Se você quer entender mais como funciona essa obrigatoriedade, leia sobre o Seguro Viagem na Europa.

Cascais, Portugal

Combine Cascais com outros destinos

Muita gente decide fazer Lisboa e Cascais numa viagem, e eu diria que essa dupla é mesmo um par perfeito. Mas eu gostaria também de deixar mais algumas sugestões possíveis para combinar com Cascais.

Uma delas é Estoril, cidade vizinha. A segunda é Sintra, a lendária cidade do Palácio da Pena. Por último, para os mais corajosos ainda é possível encarar um bom pedaço de estrada e ir até Fátima, na região mais central de Portugal.

Opções de passeios em Cascais

Avatar for Klécia
Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *