Como chegar ao Sítio Arqueológico da Pedra Pintada

Em minha viagem para Roraima, explorando a região de fronteira Brasil – Venezuela, não foi só a expedição ao Monte Roraima que me encantou. Eu também tive a oportunidade de explorar um pouquinho o estado e hoje posso vir contar para vocês como chegar ao Sítio Arqueológico da Pedra Pintada.

A Pedra Pintada fica a 145km de Boa vista. Com mais de 35 metros de altura, é dentro da formação rochosa da Pedra Pintada que está escondido um verdadeiro mistério.

Reserve seu hotel em Boa Vista, Roraima

Na caverna da Pedra Pintada, foram encontradas pinturas rupestres, cerâmicas, machadinhas e outros artefatos pré-históricos. Esses achados transformaram o local em um dos sítios arqueológicos mais importantes do Brasil.

Tive dificuldades para encontrar uma matéria recente sobre o local e como visitá-lo, por isso acredito que essa postagem pode ajudar muita gente que busca visitar o local.

Como visitar o Sítio Arqueológico da Pedra Pintada em Roraima

Primeiramente gostaria de explicar um pouco sobre esse misterioso lugar!

O Sítio Arqueológico da Pedra Pintada fica na reserva indígena São Marcos, município de Pacaraima.

Ele atrai visitantes por conter vestígios de grupos humanos portadores de uma cultura ancestral, que viveram em períodos remotos.

Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

A área possui cerca de 100m² e a pedra mais alta possui cerca de 35 metros de altura. As pinturas rupestres vão desde a base e chegam a alcançar até 10 metros.

Uma placa do Iphan no local explica que as pinturas foram feitas com um composto de óxido de ferro (obtido através da trituração de rochas avermelhadas) misturadas com água e gordura animal.

No local, também foram encontradas cerâmicas atribuída a tradição Rupuni e ossos humanos. 

Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

Organizando a visita à Pedra Pintada

Todos os blogs que eu li, que tratam da visita ao Sítio Arqueológico da Pedra Pintada, pedem pra você entrar em contato com alguma fundação indígena.

E eu tentei.

Fui pessoalmente na Associação Dos Povos Indígenas De Roraima e ninguém soube informar sobre o local.

Liguei para todas as organizações indígenas que os blogs indicaram e ninguém sabia de nada. Liguei pra Funai e nada.

Então resolvi ir com a cara e coragem mesmo.

Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima

De carro e por conta própria

É necessário alugar um carro em Boa Vista (use o site da RentCars para comparar os preços e fazer a reserva) e pegar a estrada.

O sítio arqueológico da Pedra Bonita fica ao norte da BR-174, em direção à Venezuela. Cerca de uns 15km após a entrada da Serra do Tepequém.

É só pegar o retão. Após passar a entrada da serra, fique de olho na estrada pois a única sinalização que vai ver é essa:

Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

Ao entrar na estradinha tem duas passagens. Uma estava com um buraco enorme no chão e a outra foi a que nós utilizamos para passar.

O lugar estava abandonado e o mato estava muito fechado. Deu um pouco de dó passar com o carro pois parece que vai arranhar a pintura passando tão perto da mata fechada. 

Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

Apesar de não estar esburacada, vá devagar pois há jabutis na estrada, nós vimos uns 4.

Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

Vá reto, sem medo. Lá no final vai encontrar um rio e do outro lado poderá ver as pedras, não tem erro.

Havia uma ponte que fazia a ligação entre as margens, porém não há interesse na divulgação do lugar para turismo, então, quem se predispor deve passar pelo rio mesmo.

Sítio Arqueológico da Pedra Pintada em Roraima
Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

Nem sempre ele está cheio assim, pelo o que pesquisei no verão ele desce bastante. Eu fui em maio e estava cheio, água até os ombros, porém sem correnteza e são apenas poucos metros. Dá pra sentar numa boia e ir também.

Chegando do outro lado da margem, a única coisa que você vai encontrar é essa placa.

Como chegar na Pedra Pintada, em Roraima

Sei que a visitação não está proibida pois foi uma professora que me indicou o passeio e disse que havia feito uma excursão com seus alunos há poucos meses. 

O caminho pelas pedras é bem marcado, pode ir andando e verá na última pedra as pinturas. É incrível!

Os mistérios do Sítio Arqueológico da Pedra Pintada

Como eles escreveram tão lá em cima naquelas pedras? Quem leu “Eram os Deuses Astronautas?” começa a relembrar o famoso livro.

Ao andar pela pedra você vai encontrar cavernas e outras pinturas em diferentes locais. Por isso é bom ir com pouquinho de tempo e coragem pra fazer um reconhecimento pela Pedra Pintada.

Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima
Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima
Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima
Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima
Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima
Como chegar no sítio arqueológico da Pedra Pintada, em Roraima

Mas vale a pena. Você fica viajando pensando o que significa cada imagem daquela e como eles fizeram. Uma placa antiga do Iphan conta um pouco das descobertas e pesquisas feitas ali.

É isso gente. Ative seu modo Indiana Jones e bom passeio! 

Daniele Dutra
Metade mineira, metade carioca. Moradora do Rio de Janeiro, torcedora do Botafogo e ouvinte do bom e velho Rock and Roll. Gosto de experimentar novos sabores e compartilhar minhas experiências. Mantenho o Instagram @pracomerbem pra lembrar dos bons momentos e sugerir bons pratos aos amigos.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Renata Madureira Pavan disse:

Boa tarde, gostaria de saber qual o valor que vc pagou para conseguir ir de Boa Vista até o sítio arqueológico Pedra Pintada em Roraima na terra indígena São Marcos. Procuro e não acho muita coisa sobre as formas de chegar e os valores. Obrigada pela atenção desde já..

Lila Cassemiro disse:

Oi Renata,
a visita foi feita com carro, por conta própria, pois não foi encontrado grupo nem agência, como descrito no post. Tem outro post aqui no blog com mais detalhes sobre essa viagem: https://www.fuiserviajante.com/roraima/como-subir-o-monte-roraima/. Ali ela explica como foi o deslocamento desde Boa Vista.

Liany disse:

Nossa que demais! Não conhecia e nem tinha ouvido falar do sítio Arqueológico da Pedra Pintada e parece muito interessante. Gostei muito da idéia e já fiquei com vontade de conhecer agora!!

Klécia disse:

Legal ne? Um segredinho que a Dani achou por lá!

thais lisboa disse:

to indo agora em fevereiro para boa vista, queria saber se esse percurso do rio vai estar mais tranquilo?deixaria o carro antes de chegar nele?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Thais, Pela época do ano, é provável que o Rio esteja com um nível menor de água, quanto às condições da estrada que leva até lá, é uma estrada vicinal e provavelmente sem manutenção, imagino que esteja nas mesmas condições. Da BR174 até o Rio, são cerca de 11km e após atravessar o Rio, cerca de 700 metros até chegar à Pedra Pintada propriamente dita.
Grande Abraço e boa viagem

Marcela Marques disse:

Que incrível! Nunca tinha ouvido falar, nem quando estive em Roraima. Adorei conhecer pelo seu texto!

Alessandro disse:

Legal suas dicas, obrigado. Vou a Pacaraima a serviço em fevereiro/19. Sabe dizer se tem como ir de lá até Pedra Pintada num bate-volta de um dia? É que trabalharei num regime de 12/36, ou seja, trabalho 12 horas e terei 36 de folga. Penso em ir conhecer esse local nesses períodos de folga. Quais outros passeios recomenda perto de Pacaraima que caibam nesse tempo de folga de 36 horas? Abraço.

Daniele Dutra disse:

Oi, Alessandro! É bem perto de Pacaraima, dá pra ir sim. O problema é que não deve ter uma agência de aluguel de carros em Pacaraima, é uma cidade muito pequena. Se conseguir ir em Boa Vista, consegue alugar. O que eu te aconselho sem carro é contratar essa agência:https://www.facebook.com/Waykyky.Extreme.Tours/ e fazer o Gran Sabana na Venezuela, pois eles buscam em Pacaraima. Se consegue alugar o carro, pode ir na Serra do Tepequém, eu não fui mas me disseram que é muito bonito e pertinho de Pacaraima.

Thanks so much for the post.Really thank you! Great.

Daniele Dutra disse:

Thank you for your attention, Silvia! 😉