10 tradições de Natal incríveis (que você provavelmente não conhece)

É aquela época do ano novamente, amigos. The most wonderful time of the year. 🎶 Luzes, família reunida, mesas fartas e sorrisos de Boas Festas.

As pessoas enviam cartões (ou mensagens de WhatsApp, nos tempos modernos) para aqueles amigos mais distantes. O livro de receitas ressurge com as melhores tradições de família para a ceia de Natal.

E por falar em tradição, você já parou pra pensar em como os povos pelo mundo comemoram o Natal? Já imaginou quantas tradições de Natal existem mundo afora?

Pensando nisso, preparamos uma pequena listinha para te mostrar 10 curiosidades sobre como o Natal é celebrado em diversos cantos do mundo. São tradições, costumes e lendas (algumas bem inusitadas) que povoam o imaginário das pessoas em cada canto do mundo. Vamos conferir?

10 tradições de Natal – que você provavelmente não conhece

São Nicolau, Alemanha

Natal tem tudo a ver com Papai Noel, certo? Parece que ele existe desde sempre, acalentando sonhos no Natal de todos nós. E se eu disser que a tradição do bom velhinho teve origem num personagem muito mais antigo?

Estou falando de São Nicolau, o generoso bispo de Mira, na Turquia. O religioso se tornou um símbolo de bondade, ajudando de forma anônima a todos que estivessem com problemas financeiros, com saquinhos de moedas na chaminé das casas.

Com o tempo, foi considerado santo pela Igreja Católica. Sua figura foi associada como uma tradição de Natal que começou na Alemanha.

Segundo a lenda, Nikolaus viajava com um burro, no meio da noite do dia 6 de dezembro, distribuindo guloseimas e brinquedos para as crianças boas em toda a Alemanha. A tradição é mais forte na região da Baviera.

Mas nem tudo é sonho e boas fantasias com São Nicolau. Ao lado dele viaja Knecht Ruprecht, um pequeno diabo com a barba suja e cheio de sinos pela roupa e um chicote para castigar as crianças mal-comportadas.

Tradições de Natal. São Nicolau. Foto: Instagram @jojorufio_ (https://www.instagram.com/p/BcW2JTxBksa/?tagged=saintnikolaus)

São Nicolau. Foto: Instagram @jojorufio_

A lenda de Krampus, Áustria

As crianças na Áustria são aterrorizadas pelo Krampus, um demônio que corre pelas ruas castigando as crianças mal-educadas. É considerado o mesmo demônio que acompanha São Nicolau na Alemanha, já que há muita proximidade entre as culturas.

A lenda conta que Krampus coloca as crianças malvadas no saco, e leva os pequenos embora para longe de sua família.

Muitos homens na Áustria se fantasiam de Krampus para assustar crianças com sinos e correntes. A tradição é ainda mais forte na primeira semana de dezembro, próximo ao dia de São Nicolau.

Tradições de Natal. Krampus. Foto: Instagram @seikotik (https://www.instagram.com/p/BdF29IDjvT1/?tagged=krampus)

Krampus. Foto: Instagram @seikotik

Casas de biscoito de gengibre, EUA

O tradicional gingerbread, ou biscoito de gengibre, não pode faltar na noite de Natal americana. Com um copo de leite e um prato de biscoitos, as crianças vão dormir esperando o Papai Noel.

Mas na cidade de Pittsburgh, na Pensilvânia, fazer biscoitos de gengibre ganha outra dimensão. Na cidade acontece anualmente a competição de casas montadas e decoradas com gingerbread.

São pessoas, organizações, estudantes e chefs de cozinha preparando casinhas deliciosas e lindamente decoradas, que ficam em exibição no PPG Place Wintergarden, durante os dias do advento.

Tradições de Natal. Casas de Gingerbread. Foto: Instagram @crazyeegeorgie

Casas de Gingerbread em Pittsburgh, 2017. Foto: Instagram @crazyeegeorgie

Ceia de Natal no KFC, Japão

Todo Natal, desde 1974, é a mesma coisa no Japão. As famílias se reúnem, vestem uma roupa bacana, colocam um sorriso no rosto e… vão para o KFC mais próximo para a ceia de Natal!

Isso mesmo, você não entendeu errado.

Estima-se que, todo Natal, cerca de 3.6 milhões de famílias japonesas celebram a véspera de Natal com um enorme balde de frango frito da Kentucky Fried Chicken, uma das franquias americanas mais famosas. Uma verdadeira obsessão nacional, que já está durando por gerações!

O movimento das unidades explode em dezembro. Para conseguir o especial de Natal do KFC, é preciso reservar com semanas de antecedência!

Essa tradição inusitada parece ter começado com Takeshi Okawara, o gerente do primeiro KFC no Japão.

Takeshi ouviu alguns estrangeiros falando quanto sentiam falta do peru na ceia de Natal, e pensou: um ‘barril de festa’ repleto de frango pode ser um bom substituto! Ele começou a comercializar o Party Barrel para celebrar o feriado.

Em poucos anos, o plano de propaganda nacional colocou o KFC na noite natalina de milhões de japoneses. Teve início a tradição do Kurisumasu ni wa Kentakkii, ou Kentucky para o Natal.

Tradições de Natal. Kentucky Christmas no Japão. Foto: Instagram @kfc_japan (https://www.instagram.com/p/Bc8zQvVDJK8/?taken-by=kfc_japan)

Kentucky Christmas no Japão. Foto: Instagram @kfc_japan

Festival de Luzes da Rua Adderley, África do Sul

A Rua Adderley, na Cidade do Cabo, é um dos cenários mais tradicionais da África do Sul na época do Natal.

As festas de final de ano na cidade só começam quando as luzes decorativas da rua mais antiga da cidade são acesas, no primeiro domingo do mês de dezembro.

Para a cerimônia de acendimento das luzes, a rua Adderley recebe mais de 100 mil pessoas, o que faz com o festival seja o maior evento ao ar livre completamente gratuito do país.

Tradições de Natal. Festival de Luzes da Rua Adderley. Foto: Instagram @michele_nel (https://www.instagram.com/p/BdCbocJHjiL/?tagged=adderleystreet)

Luzes da Rua Adderley, Cidade do Cabo. Foto: Instagram @michele_nel

As vassouras da Noruega

Na Noruega, nada de arrumar a casa com aquela faxina completa antes da ceia.

Durante os preparativos de Natal, as vassouras são todas escondidas. Segundo a tradição, bruxas e maus espíritos saem soltos pela cidade na véspera de Natal.

Quando encontram uma vassoura dando sopa, montam e saem voando por aí. Ninguém quer isso na noite de Natal, né? Então, quando na Noruega, já sabe: esconda sua vassoura na véspera de Natal!

Tradições de Natal. Vassouras na Noruega. Foto: Pixabay.com

Foto: Pixabay.com

O dia das velas, Colômbia

Velas e lanternas de papel pelas janelas da Colômbia. A temporada natalina no país é marcada pelo Dia de las Velitas, uma celebração em homenagem à Virgem Maria, celebrada no dia 8 de dezembro.

As formas do festejo mudam em cada região do país, que tradicionalmente se iniciam na noite do dia 7 de dezembro. As velas se acendem e a temporada natalina está oficialmente inaugurada no Colômbia.

Tradições de Natal. Dia de las Velitas, Colômbia. Foto: Instagram @jdimbachi

Dia de las Velitas, Colômbia. Foto: Instagram @jdimbachi

O bode de Gävle, Suécia

A tradição é antiga, mas os anos só vêm aumentando o sucesso do bode Yule nos natais do norte da Europa e Escandinávia.

O início da tradição é pagã, quando o festival Yule celebrava o solstício de inverno no hemisfério norte, entre o final de dezembro até o começo de janeiro. O nome se relacionava com troncos de madeira, provavelmente pinheiro.

Anos mais tarde, o Yule foi incorporado pelos cristãos para comemorar o aniversário de Cristo. A tradição foi personificada em um bode decorativo.

Feito de palha e enfeitado com fitas vermelhas, o pequeno bode Yule é usado para decorar a árvore de Natal.

Em 1966, a cidade de Gävle resolveu construir um bode Yule de enormes proporções, para enfeitar Slottstorget, a Praça do Castelo de Gävle, durante o Advento.

Com o tempo, outras cidades aderiram a tradição de espalhar ‘Yules’ pelas praças do norte da Europa durante o mês de dezembro.

Sabe o mais curioso? Essa tradição criou uma outra, não oficial: a de queimar o bode Yule! Por mais que as autoridades tentem evitar, o bode gigante já foi queimado em Gävle algumas dezenas de vezes.

Desde 1966 até 2016, ele só ‘sobreviveu’ ao Natal em 12 dos 50 anos. Em alguns desses anos, foi preciso contar com a proteção de cercas, câmeras ou guardas. Será que esse ano vão conseguir evitar a queima do simpático bode de palha de Gävle?

Tradições de Natal. Gävle goat. Foto: Instagram @gavlebocken (https://www.instagram.com/p/BdE_RIWhCNh/?taken-by=gavlebocken)

Gävle goat. Foto: Instagram @gavlebocken

Boxing Day, Austrália

Comprinhas de Natal são uma tradição pelo mundo. Todo mundo quer comprar uma lembrancinha para lembrar a data com os mais queridos.

Mas na Austrália, o grande movimento das compras não é antes, mas depois do Natal! O dia 26 de dezembro é feriado no país.

As lojas enlouquecem, oferecendo descontos inacreditáveis de até 70% nos valores das compras. Seria a versão australiana e natalina das promoções da Black Friday americana, depois do Thansgiving.

No mesmo dia acontece o Boxing Day Test, a partida de críquete entre a seleção australiana e uma rival, disputada todos os anos no MCG Stadium, em Melbourne.

O Boxing Day também acontece em muitos outros países. Pode ter outros significados, como um dia de doações para os mais necessitados ou um feriado estatutário.

Tradições de Natal. Compras. Boxing Day. Foto: Pixabay.com

Foto: Pixabay.com

Tió de Nadal, Catalunha

A simpática figura do Tió de Nadal é tradicional no Natal da Catalunha e em algumas regiões de Aragão. Um pequeno tronco que é colocado embaixo da árvore pelas crianças.

Mais recentemente, o tronco ganhou decoração, e vem sendo enfeitado com uma meia vermelha na cabeça, olhos e nariz.

A partir do dia da Imaculada Conceição (8 de dezembro), as crianças começam a ‘alimentar’ o tronco e cobrem o Tió de Nadal com uma manta. Elas devem manter o tronco alimentado e aquecido até a véspera de Natal.

Quando o dia amanhece, o simpático tio ‘caga’ presentes de Natal.

Em algumas regiões, é preciso colocar metade do tronco na lareira, ou bater nele com varetas, para que ele possa ‘cagar’ os presentes.

A Maytê, do blog Passaporte com Pimenta, mora na Catalunha e conta um pouco da tradição do Tió de Nadal, entre outros costumes do Natal nessa região da Europa.

Tradições de Natal. Tío de Nadal. Foto: Instagram @vero_canadas (https://www.instagram.com/p/BdC4KmbF1_m/?taken-by=vero_canadas)

Tió de Nadal. Foto: Instagram @vero_canadas

Qual são as principais tradições de Natal aí onde você mora?

Você conhece outras tradições de Natal? Como se celebra o Natal aí na sua cidade ou no país onde você mora? Conta pra gente nos comentários!

Lila Cassemiro
Pernambucana, contadora de histórias e bem curiosa. Geminiana apaixonada por artes e culturas, sempre com a mala pronta pra viajar de novo. Eu gosto de gente.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:

Que curioso tudo isso! Com pode tantos costumes diferentes para uma única celebração não é mesmo? A que mais me surpreendeu foi a do Japão, ainda me espanto com a genialidade de algumas marcas.

Aqui na Catalunha também temos o Boxing Day no dia 07 de Janeiro, já que aqui a troca de presentes acontece no dia 06 (Dia de Reis).

Klécia, parabéns pelo post e pela pesquisa foi muito bacana rodar o mundo com você!

Klécia disse:

Impressionante, né Mayte? Uma mesma festa e tantas formas de celebrar. É por isso que eu gosto tanto de viajar – sempre aprendo tanto! E obrigada a voce, por partilhar no Passaporte com Pimenta um pouco das tradições de Natal na Catalunha! 🙂