O que fazer em Ibitipoca: muito além das trilhas do parque!

A vila de Conceição do Ibitipoca, ou apenas Ibitipoca, caiu no gosto dos praticantes de ecoturismo. Muita gente procura a região para conhecer as trilhas de Ibitipoca, especialmente a famosa Janela do Céu, dentro do organizado Parque Estadual do Ibitipoca.

Mas quando a gente está planejando a viagem, claro que surge a pergunta: O que fazer em Ibitipoca além do parque? Dá pra curtir a viagem fora do parque também?

Se você curte uma programação noturna, com música e comida mineira, a boa notícia é que Ibitipoca tem o que você procura! Já quem está interessado em relaxar em uma rede curtindo a paisagem, vai gostar de Ibitipoca também!

O que fazer em Ibitipoca: no parque e fora do parque!

E se você é da turma que gosta da beleza histórica das cidades do interior de Minas, com prazer lhe adianto que a pequena Ibitipoca é um prato cheio!

Então vamos lá! Todas as dicas de Conceição de Ibitipoca estão aqui pra você. Como chegar, o que levar, quando ir, como visitar as trilhas e, claro: o que fazer em Ibitipoca fora do parque!

Gosta de cachoeiras? Conheça São Thomé das Letras em Minas Gerais!

Ibiti-o quê?

O nome Ibitipoca tem origem Tupi Guarani e quer dizer “montanha estourada”. Um nome que tem tudo a ver com a grande quantidade de raios e trovões que incidem na região em algumas épocas do ano.

Conceição de Ibitipoca, muito prazer!

O nome completo é Conceição do Ibitipoca, mas pode chamar de Ibitipoca mesmo, quase todo mundo faz assim!

A charmosa vila de Ibitipoca fica no sudoeste de Minas, no coração da Serra da Mantiqueira. Embora muita gente se confunda, Ibitipoca não é uma cidade, mas sim uma vila. Distrito do município de Lima Duarte, ali perto de Juiz de Fora.

A região de Ibitipoca tem uma natureza privilegiada. São muitas trilhas, cachoeiras e paisagens de cair o queixo. Foi exatamente a paisagem mais bonita, a ilustre Janela do Céu de Ibitipoca, que despertou a fama do lugar.

O que fazer em Ibitipoca: no parque e fora do parque! Janela do Céu

Essa e outras belezas estão preservadas dentro do Parque Estadual do Ibitipoca, um dos parques naturais mais bem cuidados que já visitamos no Brasil. Todas as trilhas demarcadas e sinalizadas, além de um pessoal de apoio muito solícito e simpático.

Com isso, fica fácil entender que essa fama não cresceu sem razão, né? Juntando o charme da vila de Conceição do Ibitipoca mais os atrativos naturais do Parque Estadual do Ibitipoca, a gente tem um combo e tanto!

Sem medo de errar, Ibitipoca é um dos destinos mais bacanas que a gente já visitou nesse Brasil!

Como é a vida na vila de Conceição do Ibitipoca

Como não podia deixar de ser, a vida de uma cidade mineira do interior é uma calmaria só.

Ibitipoca tem menos de 2000 habitantes, que dividem a paisagem, a tradição do pão de canela e muitas ladeiras. São eles também que compartilham o fato que a vila de Ibitipoca não tem nenhum banco, posto de gasolina, correio ou caixa eletrônico.

> Veja as ofertas de hospedagem na vila de Ibitipoca

No comércio local, muitos estabelecimentos aceitam cartão de crédito e débito. Só é preciso contar com um pouco de sorte, para que a máquina pegue sinal na hora que você for pagar suas compras.

Dica esperta: Aproveite para fazer uma parada em Lima Duarte no caminho para Ibitipoca. Saque dinheiro e abasteça o carro.

Numa necessidade, você até poderia voltar os 25km que separam a vila da cidade. Mas a estrada que liga Ibitipoca a Lima Duarte é de terra e quase sempre está cheia de buracos e ‘costelinhas’. Isso atrasa a viagem (e até irrita um pouco) quem viaja com carro de passeio.

Melhor chegar em Ibitipoca já com tudo que você precisa, ok? Aí é só curtir de boa!

Mas vamos ser sinceros. Essa falta de tecnologia não tira nem um pouco da simpatia de Ibitipoca. O que a vila tem de destino roots, tem em dobro em aconchego.

Logo que chegar, você vai perceber que tudo por lá é Ibiti – alguma coisa. A cerveja é Ibiti – beer, a padaria é Ibiti – pão, a farmácia é Ibiti – Farma. Até o restaurante é Ibiti-lua! E por aí vai… Desse Ibiti – jeitinho!

O que fazer em Ibitipoca: no parque!

A maioria dos turistas que procuram o que fazer em Ibitipoca está interessado em conhecer a Janela do Céu e as outras trilhas do Parque Estadual do Ibitipoca.

O parque fica a apenas 3km do centro da vila de Conceição do Ibitipoca (estrada pavimentada). É bem estruturado e tem paisagens incríveis. Um paraíso para trilheiros, caçadores de cachoeiras e admiradores das belas panorâmicas dos montes de Minas Gerais!

No parque, você pode fazer 3 circuitos de trilhas.

1 – Circuito das Águas (5km): mais leve, pode ser feito com crianças!

2- Pico do Pião (14km)

3 – Circuito Janela do Céu (16km): o mais bonito, mais cheio de atrativos naturais. Foi o meu favorito!

Passeando pelo parque você vai conhecer grutas, cachoeiras e muitas paisagens espetaculares! Os atrativos que eu mais gostei foram a Janela do Céu (claro!), a Cachoeirinha, a Gruta dos Viajantes e o misterioso Pico do Pião.

O que fazer em Ibitipoca: no parque e fora do parque! Cachoeirinha

Contamos tudo sobre nossa visita ao parque e também detalhes de cada uma das trilhas do Parque Estadual do Ibitipoca nesse post aqui!

O que fazer em Ibitipoca: fora do parque!

Fora do Parque Estadual também há muito o que explorar em Ibitipoca!

1 – Aproveite a gastronomia

Afinal de contas, estamos em Minas né, gente? E uma comida preparada no fogão a lenha tem o seu valor!

Na vila de Ibitipoca existem diversas opções de pequenos restaurantes, lanchonetes e até bistrô.

O que fazer em Ibitipoca

Nós experimentamos o tempero de alguns restaurantes por lá: o Ibitilua, o restaurante Tempo e Tempero (que fica dentro do Portal da Serra, o “shopping” de Ibitipoca, que tá mais pra uma “praça de alimentação” com vários outros restaurantes) e a Pizzaria Serra Nostra.

O que fazer em Ibitipoca - Pizzaria Serra Nostra

Destes, apenas não gostamos muito do Ibitilua, porque a comida demorou muito e não estava muito saborosa.

Quer saber onde encontrar cerveja artesanal em Ibitipoca?

Visitamos a Cervejaria Ibiti Beer e provamos as 5 cervejas artesanais da marca: IPA, Munich, Vienna, Stout e Trapista. Todas bem saborosas (mas meu coração ficou com a IPA!).

O que fazer em Ibitipoca - Ibitipoca Beer

Na Ibiti Beer não servem comida, mas os donos pegam o cardápio dos restaurantes vizinhos e você pode comer na mesa deles, enquanto prova as cervejas locais! Inclusive, o bar fica bem em frente à Pizzaria Serra Nostra!

Outra opção é o bar da Cervejaria Brauhaus, uma filial da cervejaria de Juiz de Fora que abriu as portas também em Ibitipoca.

Outros restaurantes na cidade (como o IbitiLua) servem a Cerveja Serra do Ibitipoca, produzida em Lima Duarte e vendida em 4 apresentações: Vale Ale, Weiss, Red e Stout.

O que fazer em Ibitipoca - Ibitilua

Todos esses estabelecimentos aceitavam pagamento em cartão.

Ficamos devendo a visita aos bistrôs locais – Oliva Bistrô e Serrafina – que pareciam bem convidativos.

Ah, por falar em gastronomia, você precisa provar o Pão de Canela de Ibitipoca. Vai ser fácil de achar, vende em toda Ibiti-padaria. É uma boa opção de lanche para levar nas trilhas de Ibitipoca!

2 – Explore a vila de Ibitipoca

A rua principal do povoado de Ibitipoca se chama Rua Olga Silva Oliveira. Por lá você vai encontrar a maioria das lojinhas e restaurantes de Ibitipoca.

Mas o legal de visitar uma vila assim tão pequena é que você pode explorar tudo, sem mapa! Não se intimide com as ladeiras e explore cada cantinho da vila de Ibitipoca!

Não deixe de fotografar as duas charmosas igrejas de Ibitipoca, os cartões-postais do vilarejo: a Igreja Matriz e a Igreja Nossa Senhora da Conceição.

> Veja as ofertas e reserve sua hospedagem na vila de Ibitipoca

O que fazer em Ibitipoca - Vila de Ibitipoca

3 – Curta a vida noturna da vila de Ibitipoca

Quem diria que uma vila tão pequena podia ser tão animada, viu? Especialmente nos finais de semana e feriados, os restaurantes sempre tem um show com música ao vivo pra animar os clientes.

O Shopping Portal da Serra é um point da noite em Ibitipoca, com música ao vivo nos barzinhos e restaurantes. Quem sabe até você encontre um showzinho no ‘bar que fica no subterrâneo’ do shopping.

Outro lugar animado é o Ibitilua, sempre com uma música rolando. E eu não poderia deixar de citar o Bar do Firma, que fica literalmente no meio do nada, a 1km do centro da vila, mas é o lugar mais baladeiro (ou eu deveria dizer exótico?) de para curtir ibitipoca à noite!

4 – Faça compras

O centro de Ibitipoca é algumas lojas de artesanato. Para quem gosta de valorizar o comércio local, está aí a oportunidade incrível de comprar aquela lembrancinha da sua viagem para Ibitipoca!

5 – Faça passeios nos arredores do Parque Estadual do Ibitipoca

Nem só do Parque Estadual de Ibitipoca vive essa charmosa vila mineira. Fora do parque, tem muito mais natureza pra explorar!

O que fazer em Ibitipoca: dentro e fora do parque

Por exemplo, você pode ir na parte de baixo da queda d’água Janela do Céu. Aposto que você não sabia que a cachoeira marca os limites do parque! As águas seguem para fora da área do Parque Estadual do Ibitipoca e formam uma sequência de 7 quedas nas proximidades do povoado de Moreiras.

Outro passeio interessante é a trilha até o Corte do Ramal Ferroviário, uma abertura na rocha projetada para receber uma linha férrea, mas onde passou nenhum trem!

Outros guias também oferecem algumas aventuras mais radicais em Ibitipoca: passeios de Jeep com por do sol, descida de caiaque no Rio Grande e visita a outras grutas e cachoeiras fora do parque, como a Gruta da Água Santa e a Cachoeira do Arco-íris.

Todas essas aventuras são realizadas em propriedades privadas e é preciso contratar um guia. Veja mais informações aqui.

Para quem curte trilhas e cachoeiras, outra cidade que vale a pena conhecer em Minas Gerais é Carrancas. Veja o que fazer em Carrancas MG – dicas do blog Viajando na Janela.

Planeje sua viagem para Ibitipoca

Vamos para aquela listinha de dicas essenciais. Tudo que você precisa saber antes de ir para Conceição do Ibitipoca!

Como chegar em Ibitipoca?

Não dá pra mentir pra vocês. O acesso ao distrito de Conceição do Ibitipoca não é dos melhores.

De carro:

Até Lima Duarte, a estrada é tranquila, não importa se você vem do Rio de Janeiro (239km), de São Paulo (428km) ou de Belo Horizonte (292km).

De Lima Duarte até Ibitipoca são apenas 25km, parcialmente pavimentados. Essa curta distância pode levar mais de 1hora do seu tempo, porque a estrada geralmente é bem ruim (especialmente no verão, quando chove muito por lá).

Ah, e você ainda pode encontrar animais soltos na estrada. Aconteceu com a gente tanto na ida quanto na volta!

Viajando em dezembro, a gente teve até que descer do carro e tirar uma árvore que tinha caído na estrada com uma chuva que caiu na noite antes da gente ir embora. Aventura que fala, né?

Não esqueça de abastecer o carro e sacar dinheiro em Lima Duarte antes de chegar em Ibitipoca! Outra coisa: Lima Duarte tem agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica e Bradesco, mas todas fecham às 20h. Não dá pra sacar dinheiro de noite!

De ônibus:

É preciso avisar que os horários de ônibus são bem limitados.

A empresa Bassamar [Telefone: (032) 3215 1109] faz o trajeto Juiz de Fora – Lima Duarte. Esse ônibus não sai da rodoviária de Juiz de Fora, mas sim do centro da cidade. Ele faz parada num ponto de ônibus urbano que fica em frente à rodoviária de Juiz de Fora.

É preciso chegar em Juiz de Fora antes das 14h, para não perder o último ônibus em direção a Lima Duarte, que sai às 15:15h.

Pegando esse último ônibus, você vai chegar em Lima Duarte por volta das 17h, com tempo de pegar o ônibus da empresa Vimara Lima Duarte – Conceição do Ibitipoca (último carro sai às 19h).

Para voltar de Ibitipoca para Lima Duarte, existem dois horários de ônibus: 8h e 17h.

Se os horários não te atendem, a melhor opção é chamar um táxi / Uber para te levar até Ibitipoca.

Onde se hospedar em Ibitipoca?

Em Conceição do Ibitipoca, você tem três opções: hospedagens dentro da vila, perto do parque ou dentro do parque.

> Veja as ofertas e reserve sua hospedagem em Ibitipoca

O Parque Estadual do Ibitipoca tem uma área de camping (muito bem estruturada), então é possível curtir a natureza ao máximo se hospedado por lá.

Cobra-se R$60,00 por pessoa por pernoite e não é possível reservar. Contei mais detalhes do camping no post sobre o Parque Estadual do Ibitipoca.

Você também pode escolher um dos hotéis e pousadas que ficam nas proximidades da portaria do parque. Ali, o acesso ao parque é facilitado e você não abre mão do conforto de uma pousada.

Já a opção de hospedagem na vila de Ibitipoca traz junto com ela a facilidade de estar perto dos restaurantes e de todo o Ibiti-comércio.

O que fazer em Ibitipoca - Vila de Ibitipoca

Quem está na vila também pode curtir mais a noite na vila, que é sempre muito animada e cheia de música.

Claro que a oferta de hospedagem na vila de Ibitipoca é bem maior, o que ajuda na diversidade e preço. Na vila, você encontra desde campings e hostels até pousadas e chalés para temporada!

> Reserve sua hospedagem em Ibitipoca

Onde nós ficamos em Ibitipoca?

Nós alugamos um chalé, um pequeno achado que não está em nenhum site de reservas e que eu encontrei por acaso no Facebook.

O chalé fica na vila de Ibitipoca. Fizemos o contato direto com a proprietária. A propriedade chama-se Chalés Canto da Paz. Tudo bem simples, mas aconchegante e com preço justo.

O que fazer em Ibitipoca: dentro e fora do parque. Chalés Canto da Paz em Ibitipoca
Foto: Facebook do Chalé Canto da Paz

Sinal de telefone em Ibitipoca

O sinal de telefone em Ibitipoca também é não é dos melhores ruim. Quando visitamos (2016), só conseguimos sinal (ainda assim bem irregular) com chips da Claro e Vivo.

Como se locomover em Conceição do Ibitipoca?

Nós fomos para Ibitipoca de carro e usamos o carro todos os dias para ir e voltar do Parque Estadual. À noite, deixávamos o carro na pousada e andávamos a pé pela vila, porque é tudo muito perto.

Dá pra ir por Parque Estadual do Ibitipoca a pé? Claro que dá! Pra quem tem disposição, são 3 km de estrada, com algumas subidas e descidas. A estrada é toda pavimentada.

Só lembra que, depois dessa caminhada, você ainda tem as trilhas do Parque de Ibitipoca para você fazer, tá?

Outra opção para quem quer dispensar o carro é contratar o Ibitipoca Táxi ou os serviços privados de transfer que levam e trazem pessoas da vila para o Parque Estadual do Ibitipoca.

Quando ir a Conceição do Ibitipoca?

A melhor época para visitar Conceição do Ibitipoca é entre os meses de abril e setembro, quando chove menos.

De outubro a março o nível de chuvas e raios aumenta bastante. Fomos em novembro e tivemos a sorte de não pegar chuva durante o dia. Já durante a noite, tivemos uma boa mostra da força dos raios na região.

O que fazer em Ibitipoca: dentro e fora do parque.

A temperatura média anual fica na faixa entre 18 e 20°C, com temperatura máxima anual de 36°C e mínimas de até 6-8°C nos meses de maio a agosto.

Evite visitar Ibitipoca em feriados como Réveillon e Carnaval. Nessa época, muita gente não consegue entrar por conta da limitação de visitantes/dia.

Os eventos Ibitipoca Jazz Festival, Ibitipoca Blues e competições off road acontecem entre julho e agosto e também lotam a vila de Ibitipoca. Nesses casos, é bom se programar para fazer reservas com antecedência e chegar bem cedo para garantir a entrada no parque.

> Pesquise e reserve sua hospedagem em Ibitipoca

Contatos úteis em Ibitipoca

Parque Estadual do Ibitipoca
e-mail: peibitipoca@meioambiente.mg.gov.br
Camping do parque: (32) 3281 1101 | Restaurante do parque: (32) 98505 3193

Chalés Canto da Paz
Rua Lava Pés, 25, Conceição do Ibitipoca
Tel: (32) 3281-8119 | Whatsapp (32) 98404-8058

Rodoviária de Lima Duarte / Viação Vimara
Tel: (32) 3281 1215 / (32) 3281 1390

Rodoviária de Juiz de Fora / Viação Bassamar
Tel: (32) 3225 7696 /  (32) 3215-1109

Gostou das dicas de Ibitipoca? Que tal ajudar o blog?

Sabia que você pode agradecer ajudando nosso blog? 

Reserve seu hotel em Ibitipoca com os links aqui do site! Você aproveita as ofertas do Booking.com e com seu apoio conseguimos continuar a trazer sempre dicas atualizadas por aqui! 

O melhor de tudo? Você não vai pagar nada a mais por isso!

>> Reserve aqui a sua pousada em Ibitipoca!

Post publicado em: 25 de novembro de 2016
Atualizado em: 28 de dezembro de 2018

Avatar for Klécia
Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Laedina disse:

Já quero conhecer Ibitipoca, estou planejando passar 3 dias, será que consigo aproveitar e conhecer bastante coisa?

Klécia disse:

Oi Laedina! Sim, com certeza! Passamos exatamente 3 dias lá nessa viagem e foi bem proveitoso!

Raquel disse:

Oiee! Muito bom post, super explicativo. Vou para lá no próximo feriado (15~18 nov) e vamos acampar no parque. Queria saber se tem fogão/geladeira lá para os campistas, você saberia me informar?
Obrigada!! Beijão

Klécia disse:

Oi Raquel, infelizmente não sei te responder isso, não entramos na área de camping durante a visita. Apenas nos banheiros externos e duchas, que eram bem estruturados. Desculpe não poder ajudar mais!

Elane Almeida disse:

Ansiosa estou indo ficar 15 dias em Ibitipoca vamos ver se vai ser bom!!! Animada ♥️ muito obrigada pois seu post me ajudou demais !

Klécia disse:

Eba! Que bom que gostou Elane! Aproveite muito!

Nossa, eu descobri a “tal” janela do céu faz pouco tempo! Vi uma foto no IG e logo me encantei, quando vi que você tinha um post sobre o assunto me animei, mas me desanimei com a ideia de caminhar 16 km =x rsrs não sou do time das caminhadas longas, mas vendo essas fotos acho que valeria a pena. Com certeza teria que ficar 3 dias para completar as três rsrs…

Ahhhh eu adoro restaurantes que interagem com os restaurantes vizinhos. =D Adoro essa ideia de não precisar oferecer tudo, cada um na sua especialidade, cada um no nicho.

Klécia disse:

hahah 16 km não é mesmo fácil, Mayte. E essa trilha é particularmente um pouco mais difícil, porque grande parte dela é em terreno descampado, sem cobertura de arvores. Então tem que começar bem cedo pra evitar ficar muito tempo no sol. Mas dizer que vale muito a pena é pouco né? 🙂

Elaine disse:

vc viu crianças nessa trilha? minha filha tem 9 anos e esta acostumada, mas não sei.. rs

Klécia disse:

Sim, principalmente no circuito das Águas havia muitas crianças 🙂

Joselma Soares da Silva Melo disse:

Lindo lugar!

Klécia disse:

Amamos Ibitipoca! Passamos um final de semana incrível por lá! Vale muito a pena conhecer!