O que fazer na Ilha do Mel: principais atrações e roteiro

O que fazer na Ilha do Mel Paraná | Preciso confessar que fui acometida por uma paixonite grave pela ilha mais doce do Paraná.

A calmaria, a inconstância do sinal de telefone, as praias quase sempre desertas e com água quentinha (!!!) ganharam meu coração.

Nesse post, vou dar minhas impressões sobre o que fazer na Ilha do Mel, desde as principais atrações até dicas que podem facilitar deslocamentos e trilhas que você pode fazer por lá.

Com tudo isso, você tem a base para um roteiro de 3 dias na Ilha do Mel.

Leia também: Onde se hospedar na Ilha do Mel, dicas de pousadas

O que fazer na Ilha do Mel
Fim de tarde na praia do Mar de Fora, Ilha do Mel. Foto: Fui Ser Viajante

Mas antes que você comece a planejar a viagem, preciso deixar um aviso: bem, a Ilha do Mel não é um destino para todo mundo.

Como comentei no post Como planejar a sua viagem para a Ilha do Mel, a ilha não tem muita estrutura e facilidades – o que pode ser um problema para os turistas mais exigentes.

Por lá não circulam carros, por isso nem espere encontrar estradas, por exemplo…

A Ilha do Mel é um destino mais ‘roots’, ideal para os aventureiros com vontade de botar o pé na trilha e fugir um pouco da correria da cidade grande.

Leia mais: Principais praias para conhecer no estado do Paraná

O que fazer na Ilha do Mel?

Pra quem topa a aventura e quer descobrir o que fazer na Ilha do Mel, preparei essa lista com as 7 melhores atrações da ilha. Assim, fica mais fácil a gente entender o que tem pra fazer por lá.

Inclusive, dá uma olhada no mapa da Ilha do Mel para começar a entender a ilha:

Ilha do Mel
Mapa da Ilha do Mel – pra ajudar na orientação.

A Ilha do Mel é bem grande, e pela falta de carros e estradas, não dá pra visitar tudo em 1 dia. Arrisco a dizer que nem em 2 dias.

Indico que você separe pelo menos 3 dias na Ilha do Mel, para explorar os cantos da ilha, fazendo as trilhas e curtindo as praias e paisagens com calma.

O que fazer na Ilha do Mel: Curtir as praias

Sem medo de errar, as praias da Ilha do Mel estão entre as mais lindas do Brasil. Como a quantidade de gente na ilha é reduzida, as praias estão quase sempre vazias, especialmente as praias que ficam mais afastadas dos povoados.

Dá aquele sentimento de praia paradisíaca, toda pra você. Uma recompensa enorme no fim da trilha.

Pra ficar melhor, não sei se demos sorte, mas uma coisa me surpreendeu na Ilha do Mel: visitamos em março e a água do mar não estava gelada! Uma delícia!

Fui esperando o mar gelado do sul do país, e que surpresa boa! A noite o mar gelava um pouco, mas durante o dia me lembrou, com as devidas proporções, o mar quentinho do Nordeste.

>> Reserve sua hospedagem na Ilha do Mel

A praia das Encantadas (a que fica em frente à vila com o mesmo nome) foi a mais sem graça da ilha. Atenção que a balneabilidade dela é restrita (tem esgoto sendo jogado numa parte da praia, e o óleo dos barcos suja bastante também).

É bom ler as placas pra saber se a área que você está é própria pra banho. A coisa mais legal de Encantadas é que lá tem um senhor que aluga pranchas pra SUP, e os restaurantes à beira-mar tem o bônus da vista.

O que fazer na Ilha do Mel
Praia das Encantadas com os restaurantes a beira-mar.

As praias ao lado da Gruta das Encantadas (praia da Bóia e Mar de Fora) são lindas, fácil acesso (trilha fácil de 15 minutos), mais desertas e perfeitas para um fim de tarde.

O que fazer na Ilha do Mel
Praia da Bóia com vista para a Gruta das Encantadas

A praia do Miguel é mais afastada e exige um esforço maior para a visita (uma trilha de intensidade leve a média, de 30 minutos), mas é muito linda também.

O que fazer na Ilha do Mel
Praia do Miguel, e o Morro do Meio lá na frente.

A praia Grande vem logo depois da Praia do Miguel, acessada por trilha média pra quem vem da praia do Miguel (atravessando as pedras do Morro do Meio), ou por trilha fácil pra quem vem da Vila do Farol/Nova Brasília.

A praia Grande é um point de surfistas, sendo a praia em frente ao Surf Resort Grajagan.

O que fazer na Ilha do Mel
Praia Grande

A praia de Fora, a praia do Farol e a praia do Istmo são de fácil acesso também pra quem vem da Vila do Farol/Nova Brasília.

A praia de Fora tem uma curta faixa de areia, e é meio que abraçada por pedras e um morro, achei bem bonita.

O que fazer na Ilha do Mel
Praia de Fora

Mas difícil mesmo é competir com a praia do Istmo, que é a praia na porção mais estreita da Ilha do Mel. É incrível ver o mar tão perto dos dois lados da ilha.

E pra terminar tem a praia da Fortaleza, que é um cartão-postal da Ilha do Mel. É uma praia grande e super tranquila, que é ainda mais pitoresca porque abriga uma construção militar do século XVIII, a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres.

Praia da Fortaleza, Ilha do Mel
Foto: Renato Soares – MTUR via Flickr [Public Domain Mark 1.0]

Dica importante: um roteiro de 3 dias na Ilha do Mel é o recomendado pra quem quer fazer as trilhas e visitar os principais pontos turísticos. Mas tem que contar com a boa vontade do clima e se planejar conforme a tábua das marés na baía de Paranaguá.

Outra opção para ajudar nos deslocamentos na Ilha do Mel é pegar o taxi náutico entre as vilas – assim você consegue conhecer lugares mais distantes em menos tempo.

O que fazer na Ilha do Mel: fazer as trilhas

Quando comecei a pesquisar o que fazer na Ilha do Mel, logo percebi que as trilhas seriam determinantes para o tempo de cada passeio.

Como a Ilha não tem estradas nem carros, todo deslocamento por lá tem que ser feito por meio de trilhas ou táxi náutico. A boa notícia é que, nas proximidades das vilas, as trilhas são muito sinalizadas e fáceis de fazer. 

O que fazer na Ilha do Mel
Trilha da Vila de Encantadas para o Mar de Fora. Foto: Fui Ser Viajante

Mas quanto mais você se afasta dos povoados principais da Ilha do Mel (Encantadas e Nova Brasília), mais a trilha fica rústica e é preciso ter uma noção prévia do caminho a fazer – tipo as dicas que vou te dar abaixo.

Trilhas da Ilha do Mel: distância e tempo aproximado entre os principais atrativos:

Nova Brasília – Encantadas: 4.8Km, 2h30min
Nova Brasília – Farol: 1.6km, 30 min
Nova Brasília – Fortaleza: 4km, 1h
Encantadas – Farol: 6,4km, 3h
Encantadas – Fortaleza: 8,8km, 3h30min
Encantadas – Gruta: o,6km, 15min.

O que fazer na Ilha do Mel
Foto: Fui Ser Viajante

As trilhas mais distantes das vilas são razoavelmente demarcadas, o suficiente pra gente não se perder – muito.

Como ir da Vila de Encantadas até a Gruta das Encantadas, Praia da Bóia e Mar de Fora

A trilha que liga a Vila de Encantadas com a Gruta das Encantadas – Praia da Bóia – Mar de Fora é super fácil e toda demarcada, leva cerca de 10 minutos e dá pra fazer até de chinelo.

Como ir do Mar de Fora para a Praia do Miguel

Pra ir até o Miguel, basta seguir pela praia, sempre para a esquerda até o final da Praia do Mar de Fora. Ao chegar na Pedra da Nhá Pina, é preciso atravessar o monte para encontrar a Praia do Miguel, do outro lado.

Para isso, o caminho é por uma escada de pedra, que fica mais afastada da Pedra da Nhá Pina. Mais ou menos onde está demarcado de vermelho no mapa da Ilha do Mel. É preciso entrar um pouco para dentro da Ilha para encontrar o ponto de subida.

Por ali, a travessia é garantida. Só subir pelos degraus e dá pra fazer o percurso de chinelo, mas um tênis fica bem mais confortável. 

Atenção: quando a maré está bem baixa, dá pra atravessar de uma praia a outra pelo litoral, evitando a subida das escadas do Morro da Nhá Pina. Mas fique atento: nem tente se a maré não estiver completamente baixa.

Eu fiz a bobabem de tentar a travessia para a Praia do Miguel pelo litoral, com a maré ainda um pouco alta.

E não dá, amigos. Não dá, mesmo! E só deu pra descobrir que não dava já na metade do caminho, quando tinha subido metade das pedras e consegui ter visão para a praia e para o enorme paredão de pedras que me impedia de seguir.

Como se errar uma vez não tivesse sido suficiente, quando voltei vi um pessoal subindo algumas pedras, por outro caminho morro acima. Achei que dava para ir por ali, tinha gente subindo, né?

Claro que não dava. E ainda me enfiei num caminho de mato, cheio de espinhos. E quando cheguei lá em cima, dei de cara com o paredão – de novo.

Ou seja, na maré alta, o caminho é o da escada de pedras. Só.

Como ir da Praia do Miguel até a Praia Grande

Seguindo da praia do Miguel até a praia Grande, dá pra fazer o percurso pela praia, mesmo que a maré esteja um pouquinho cheia.

Mas tem que ter muita atenção porque o caminho é pelas pedras que margeiam o Morro do Meio, que podem estar bem escorregadias e molhadas.

Aqui precisa de um certo preparo físico, porque tem muito sobe-e-desce e necessidade de equilíbrio. Mas não é impossível, tá?

Eu fui de chinelo e errei feio, de novo! Tive que fazer descalça porque o chinelo não me deu segurança nas pedras.

O que fazer na Ilha do Mel
Final da travessia do Morro do Meio pelas pedras

Como ir de Nova Brasília até o Farol das Conchas

Para ir de Nova Brasília até o farol das Conchas, a trilha é fácil e muito sinalizada.

A parte mais difícil é subir os muitos degraus de pedra até o farol, mas nada que uma disposição extra de ver a beleza toda lá de cima não resolva.

No caminho, você passa pelo acesso para as trilhas para a praia de Fora, praia do Farol e praia do Istmo. Tudo super fácil de achar e sem dificuldades no percurso.

Além dessas trilhas principais, mais sinalizadas, os outros caminhos pela Ilha do Mel costumam ser mais rústicos e de difícil acesso.

Para dar um exemplo, quando a gente estava voltando do farol, pegamos um caminho para Vila de Nova Brasilia, que não era a trilha principal.

Como tinha chovido, enfrentamos lama, terreno alagado e mato alto pra todo lado. Foi super divertido, rimos muito dos atoleiros, mas o outro caminho teria sido bem mais fácil, com sinalização e percurso mais bem desenhado.

O que fazer na Ilha do Mel: andar de bicicleta pela ilha

Uma opção muito bacana pra quem quer cruzar a ilha de um jeito diferente é alugar uma bicicleta pra fazer as trilhas pela praia.

Os pontos de aluguel ficam principalmente em Nova Brasília, mas preste atenção nas marés.

Não adianta fazer o caminho com maré cheia, porque você vai dar de cara com um paredão intransponível cedo ou tarde.

Ilha do Mel
Bicicletas pedalando pelo Mar de Fora

O que fazer na Ilha do Mel: Conhecer a Gruta das Encantadas

A Gruta das Encantadas é um dos principais pontos turísticos da Ilha do Me. A gruta em si tem pouca profundidade, mas a formação chama atenção de longe, como um rasgo na pedra que fica ao lado da praia da Bóia.

O que fazer na Ilha do Mel
Passarela para a Praia da Bóia e Gruta das Encantadas

A Gruta das Encantadas é cheia de mistérios e lendas. Contam os caiçaras que, em noite de luar, lindas mulheres seduziam visitantes que andavam distraídos pela praia e os arrastavam para a Gruta das Encantadas, fazendo-os desaparecer. Parece um pouco com as histórias de sereia, né?

Fique esperto: em maré alta a entrada da Gruta das Encantadas fica inacessível. Em maré baixa dá pra entrar e ir até o final.

O que fazer na Ilha do Mel
Gruta das Encantadas

O que fazer na Ilha do Mel: visitar o Farol das Conchas

A vista ao Farol das Conchas também é um destaque entre as atrações da Ilha do Mel. 

O farol foi construído em 1872, no topo do Morro das Conchas. Infelizmente a visita interna não é permitida, mas vale muito a pena subir os 150 degraus de pedra para ter uma vista panorâmica da Ilha do Mel.

Saindo de Nova Brasília, o percurso leva cerca de 20 minutos, e saindo de Encantadas, são cerca de 2 horas de trilha. 

O que fazer na Ilha do Mel

O que fazer na Ilha do Mel: conhecer a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres de Paranaguá

A Fortaleza da Ilha do Mel foi erguida entre 1767 e 1769, para proteger a antiga vila de Paranaguá e garantir a segurança do porto onde embarcavam ouro, madeira e erva-mate.

A fortaleza fica a beira-mar, e está em excelente estado de conservação.

A trilha para a Fortaleza é feita pela praia, leva mais ou menos uma hora e só pode ser feita na maré baixa. Em dias de maré cheia, há uma trilha alternativa pela mata, que é mais longa.

O que fazer na Ilha do Mel: Aproveitar a noite nas vilas

A noite nas vilas da Ilha do Mel costumam ser bem animadas. Quase todos os restaurantes tem apresentação de música ao vivo, e fica aquele clima de luau à beira -mar.

Ficamos as duas noites em Encantadas, e acho que por lá o fim de tarde é mesmo mais charmoso, por conta da proximidade da vila com o mar. O quiosque Fim de Tarde foi o nosso favorito.

Em Nova Brasilia, os restaurantes tem um pouco mais de estrutura mais incrementada, com cardápios mais elaborados e ambientes com mais decoração e conforto.

Roteiro na Ilha do Mel: O que fazer em 2 ou 3 dias na Ilha do Mel?

Na hora de montar o seu roteiro na Ilha do Mel, não esqueça de consultar a tábua das mares para confirmar se é possível realizar o passeio pretendido nos dias da sua viagem, e qual o melhor horário.

Nessa nossa viagem, ficamos parte da sexta, todo o sábado e metade do domingo na Ilha do Mel.

Recomendo sempre um roteiro de 3 ou 4 dias para aproveitar as principais atrações da ilha, fazendo as trilhas.

Organizamos nosso roteiro assim:

Dia 1:

1 – Chegada na ilha por volta de 13h da sexta feira.

2 – Check in na pousada na Ilha do Mel e almoço na Vila de Encantadas

3 – Trilha até a gruta de Encantadas e fim de tarde nas praias da Bóia e Mar de Fora.

4- Fim de noite + jantar no Quiosque Fim de Tarde (música ao vivo)

Dia 2:

1- Trilha da Vila de Encantadas até a Praia do Miguel + tempo na praia 

2 – Trilha da Praia do Miguel até a Praia Grande, circundando o Morro do Meio

3 – Almoço em Vila Nova Brasília

4 – Trilha até o farol das Conchas (que pode combinar com qualquer das praias próximas: de Fora, praia do Farol e Praia do Istmo)

5 – Volta de Nova Brasilia a Encantadas com táxi náutico 

6 – Fim de noite + jantar no Bistrô Feel Good (música em DVD+telão)

Dia 3: 

1 – Trilha até a Praia da Fortaleza

2 – Volta para a praia de Encantadas com táxi náutico

3 – Volta ao continente por volta das 15h.

Uma dica para quem está hospedado em Encantadas mas quer ganhar tempo, ou percorrer menores distâncias nas trilhas, é fazer o percurso de Encantadas até Nova Brasília no táxi náutico e, saindo de lá, fazer as trilhas até o farol e a fortaleza.

Saindo de Nova Brasília as trilhas são menores e exigem menos esforço.

O que fazer na Ilha do Mel

Gostou das dicas da Ilha do Mel?

Se você está planejando uma viagem para a Ilha do Mel, esperamos que esse post tenha te ajudado a ter uma ideia do que te espera nesse destino maravilhoso do Brasil.

Confira o post com as dicas de planejamento (o que saber antes de ir a Ilha do Mel) para conferir mais dicas sobre a ilha e aproveitar a viagem ainda mais.

Conte pra gente nos comentários se você aproveitou alguma dica, ou mesmo se acha que faltou alguma informação importante no post. Queremos melhorar o conteúdo cada vez mais!

Ah, e sabia que você pode ajudar nosso blog?

Reserve seu hotel na Ilha do Mel com os links aqui do site! Você aproveita as ofertas do Booking.com e ainda ajuda muito nosso site – sem pagar nada a mais por isso!

Avatar for Klécia
Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Zuleide disse:

Muito Obrigada Klécia pelas dicas, irei conhecer neste final de semana.
Valeu

Anna Karoline disse:

Oi curti muito o post de vocês e queria fazer essa viagem com minha companheira mais estou em dúvidas do lugar para ficar por questão de bar, restaurante etc e por comodidade do lugar onde ficar pelo lugar onde dormi enfim… Queria saber onde me recomendam ficar ou qual voces passaram a noite!?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Anna, nós ficamos hospedados em Encantadas e a estrutura da vila nos atendeu super bem. No post Como Planejar a sua viagem pra Ilha do Mel contamos mais sobre como se planejar pra essa viagem.
Obrigado pelo comentário e boa viagem.

Candido disse:

Ótimas dicas. Vou pra Ilha nessas férias e suas dicas serão muito úteis. Também gostaria de saber qual o melhor ponto para hospedagem, ficando próximo da estrutura comercial (bares, restaurantes, vila, etc..). Uma vez que todo deslocamento na Ilha será a pé, essa é uma informação bem importante.

Rafael Cassemiro disse:

Oi Candido,

Na ilha do Mel vc tem 3 Vilas, Encantadas, Nova Brasília e a Vila do Farol (tendo ainda a Vila da Fortaleza do Norte), Nós ficamos em Encantadas, mas NOva Brasília e Farol também possuem boa estrutura de comercio, bares e restaurantes próximos (passamos por estas durante as trilhas). Não visitamos a vila de Fortaleza do Norte, então não temos como opinar sobre a estrutura de lá.
Quaisquer das 3 Vilas principais é uma boa escolha para ficar. No post Como Planejar a sua viagem pra Ilha do Mel damos mais dicas para organizar sua viagem pra lá.
Obrigado pelo comentário e boa viagem

Eliane Berté disse:

Amei as dicas e agradeço por dividir aqui sua experiência na Ilha do Mel, vou pra lá amanhã! Beijos

Rafael Cassemiro disse:

Oi Eliane, que bom que o post foi útil pra você!!
Boa viagem e divirta-se..

Sensacional o blog de vocês..
Obrigada por cada dica sobre a ilha do Mel, Dicas valiosíssimas.

Klécia disse:

Muito obrigada pelo comentário e pelo elogio! 🙂 Esperamos que você aproveite muito a ilha! 🙂

Margareth Vasconcellos disse:

Nossa, bateu uma injeinha agora…fui pra lá em Novembro de 2015…mas só peguei chuva e não curti quase nada. Um dia, saí para ir da Encantadas até Brasília a pé…descobri que era possível e teria que passar por algumas pedras. Me perdi um bocado, subi umas pedras que pensei…não pode ser por aqui…e não era mesmo! hahahaha Depois de me ralar inteira voltando, finalmente achei o caminho certo. Mesmo com a chuva, eu gostei do lugar. Quero voltar um dia com sol para aproveitar de verdade. =)

Klécia disse:

Fiz esse caminho a pé, de Encantadas até Brasilia. Passa por uma parte de pedras bem complicadinha (especialmente com maré subindo). E eu tenho certeza que você subiu nas mesmas pedras erradas que eu subi, jurando que o caminho era por ali hahaha Mas no fim acabei achando o caminho 🙂

Adorei teu post, Klècia!
Sempre tive vontade de ir para a ilha do Mel, mas nunca deu certo!
🙁
Eu não sabia essa coisa da maré e acho que eu também me perderia naquela trilha (e iria ficar p. da vida por causa disso! hahahaha)

Klécia disse:

hahahaha eu nao fiquei muito p. porque estávamos em grupo e acabamos rindo muito de tudo. Mas foi meio desesperador errar tantas vezes o caminho hahah

A Ilha do Mel é maravilhosa! E passei um perrenguezinho na gruta porque a maré começou a subir, socoooorrooo, hahahahaa! Também adorei fazer o passeio de barco pra baía dos golfinhos <3

Klécia disse:

ainnn que medo, Roberta! Eu ficaria morrendo de medoooo hahaha Lá é lindo demais né? <3

Patricia disse:

Encantada com esse lugar! Adoro lugares assim, natureza, trilhas, praias e passeios de barco <3
Já quero ir!

Klécia disse:

Encantei também, Patricia 🙂

Luan Perez disse:

Que legal, gostei muito das dicas! Sabe é possível chegar de carro até a ilha? Abraço!

Klécia disse:

Oi Luan! Até a ilha nao. Você consegue ir de carro até Paranaguá ou Pontal, lá deixa o carro em um dos estacionamentos, e tem que pegar o barco que faz o transfer ilha- continente 🙂

A Ilha do Mel, é um paraíso faz tanto tempo que eu fui para lá, deve ter mudado muito, espero que tenho preservado a natureza

Klécia disse:

Tem bastante coisa preservada sim! A ilha tem aquela cara de destino roots, com certeza. Só achei uma pena que o esgoto das vilas ainda é jogado direto no mar :/

Otimas dicas!
Adorei a foto da passarela até a gruta! Parece um passeio incrível!
Obrigado por compartilhar!

Klécia disse:

Um dos meus lugares favoritos por lá também 🙂

Temos maravilhas da natureza aqui no Brasil, a Ilha do Mel é um destes lugares que todos deveriam conhecer. Parabéns pelo post recheado de boas informações!

Klécia disse:

Com certeza! O Brasil é rico demais!

Maryanne disse:

Preciso conhecer a Ilha do Mel, faz tanto tempo que ouço falar super bem, mas nunca tive chance de ir até lá.

Klécia disse:

Eu voltei completamente encantada e recomendando a todo mundo hahah

Patricia Zaina disse:

Ótimas dicas, e mesmo no verão a praia não é lotada. A passarela Gruta das Encantadas e Farol das Conchas, ótimo cenário para varias fotos. Obrigada por compartilhar! 😉

Klécia disse:

é mesmo lindo demais <3