Melhores praias de Florianópolis

Praias de Florianópolis | Florianópolis é um dos destinos mais desejados do Brasil. Com praias espetaculares e uma natureza de cair o queixo, a cidade é famosa também pelos campeonatos de surf internacionais e por atrair muita gente em busca da badalação e festas dos renomados beach clubs.

Famosa por suas praias, Florianópolis tem uma lista imensa de lugares para esticar uma canga e curtir um banho de mar. São muitas praias mesmo, espalhadas de norte a sul da ilha.

Mas verdade seja dita: especialmente para quem viaja no verão, passear em Florianópolis tem alguns contratempos.

Hotéis e restaurantes lotados, praias cheias e o pior de tudo na minha opinião: o trânsito, que dificulta muito o deslocamento pela ilha, fazendo a gente perder um tempão entre uma praia e outra.

O melhor jeito de contornar esse problema é tentar organizar o roteiro de viagem colocando no mesmo dia, praias e passeios que estão mais próximos uns dos outros, para não ter que pegar o carro e cruzar (ou tentar cruzar) a ilha várias vezes no mesmo dia.

Pra ajudar nessa missão, montamos essa lista com as praias de Florianópolis, organizadas por região.

Assim você pode conhecer as principais praias em Florianópolis, ver o que fica perto do que, quais praias ficam mais perto de onde você está hospedado – e montar um roteiro otimizado e com menos deslocamentos.

Inclusive, veja aqui opções de hospedagem em Floripa.

E claro que vamos dar todos os detalhes de cada praia e região, para você saber se aquele ponto turístico te interessa mesmo, e decidir se vale a pena ir até lá.

Melhores praias em Florianópolis: guia detalhado com mapa

Para facilitar o planejamento, vamos deixar aqui um mapa de Florianópolis, com as praias que vamos citar nesse post.

Vamos dividir as praias entre 4 regiões: Praias litoral sul, Praias do centro da ilha, praias litoral norte, e por último, as praias viradas para o continente, uma região que também fica ao norte da ilha mas se diferencia por reunir em um mesmo trecho algumas das praias em Florianópolis mais famosas e procuradas por turistas.

Praias de Florianópolis: litoral sul

Praia da Lagoinha do Leste

Começamos por essa que é considerada por muitos como a praia mais bonita de Florianópolis: a Praia da Lagoinha do Leste.

Mas antes de qualquer coisa, é importante deixar bem claro: não confunda Lagoinha do Leste com Lagoinha! A praia de Lagoinha (apenas) fica ao norte da ilha, e muitos conhecem como ‘Lagoinha da Ponta das Canas’. Falaremos dela mais adiante.

Voltando à Lagoinha do Leste, ela tem uma beleza único, de natureza quase intocada, sabe? Talvez por isso sempre está na lista de favoritas entre as praias de Florianópolis.

Lagoinha do Leste, praia de Florianópolis
Foto: silveirajhonatas por Pixabay

Há quem diga que as cores do mar em Lagoinha do Leste lembram muito as cores do mar do Caribe.

O nome vem de uma pequena lagoa em formato de “S”, que existe do lado esquerdo da praia, nas imediações do costão rochoso. Dependendo da maré, essa lagoa se liga ao mar, num verdadeiro espetáculo da natureza.

Você pode chegar nessa praia de Florianópolis a pé ou de barco, saindo da Praia da Armação (depende das condições do mar, e custa R$35 por pessoa).

Para quem quer encarar a trilha Lagoinha do Leste em Floripa, há dois caminhos possíveis: a trilha do Pântano do Sul (mais fácil e rápida), e a trilha da Praia do Matadeiro (mais longa e difícil).

Embora seja mais difícil, com subidas íngremes e mata fechada, a trilha da Praia do Matadeiro é sem dúvidas o caminho mais bonito até a praia da Lagoinha do Leste.

Os primeiros 30 minutos de caminhada são os mais puxados. Mais ou menos no meio do percurso, você vai encontrar um córrego com água fresca e sombra, o que ajuda a recarregar as energias no percurso.

Depois é seguir margeando o costão. Você vai passar por lugares bem bonitos, como a Ponta do Quebra-Remo, a Ponta do Facão e a Ponta da Lagoinha.

Fique atento para apreciar também a vista privilegiada para a Toca da Baleia, a maior caverna marinha de Santa Catarina. Para visitar a caverna, no entanto, é preciso material de rapel / escalada.

Quando chegar na Praia da Lagoinha do Leste, você pode aproveitar o banho de mar e também as águas calmas da lagoa.

Por ser de difícil acesso, é uma praia bem rústica, deserta. Existem lendas de que bruxas utilizam a praia para rituais, o que faz todo sentido quando se pensa que o visual espetacular é bem capaz de unir os dois mundos, o nosso e o sobrenatural.

Vale avisar: a praia é isolada, não tem qualquer estrutura. Não há sinal de celular, também. Portanto, não vá sozinho, leve água e lanche, e lembre-se de recolher seu lixo.

Para voltar pra casa, você pode trocar o percurso e seguir pela trilha do Pântano Sul, que é mais leve, e assim conhecer os dois caminhos. Quem quer evitar trilhas mais difíceis, pode ir e voltar pela trilha do Pântano Sul.

Uma última dica: evite visitar a Lagoinha do Leste quando o mar estiver de ressaca, porque a trilha e a própria praia podem se transformar num passeio perigoso.

Praia da Armação

Essa praia de Florianópolis fica relativamente próxima do centro da cidade. E o mais interessante é que a Praia da Armação tem uma das atmosferas mais interessantes da ilha.

Combina o clima bucólica de uma antiga vila de pescadores, com bastante estrutura e facilidades para o turista.

A praia tem pouco mais de 3 km de extensão. Vale espiar a praia desde o canto direito, onde corre um pequeno riacho e a vista da praia é uma das mais bonitas. O canto esquerdo tem ondas mais fortes e é muito procurado por turistas.

Na praia da Armação, há várias opções de lazer, como restaurantes e bares, além de algumas casas de veraneio e residências de moradores.

É do fotogênico trapiche, no canto direito da Praia da Armação, que saem os passeios de barco, também merece uma visita.

Trapiche Praia da Armação - praias de Florianópolis
Foto: Rodrigo Soldon via Flickr (CC BY-ND 2.0)

Essa praia de Florianópolis é considerada o segundo lugar mais visitado da cidade. Nos meses de verão, os restaurantes estão sempre movimentados à noite, e mesmo assim você parece que caminha por um bairro de uma cidade do interior.

Para chegar à Praia da Armação, antes você passa pela Lagoa do Peri, que pertence ao Parque Municipal da Lagoa do Peri, uma unidade de conservação ambiental.

Praias de Florianópolis: região central da ilha

Praia do Campeche

É na Praia do Campeche que, todo ano, acontece um dos maiores espetáculos naturais do Brasil: baleias francas passeiam por aquelas águas da praia, sempre entre os meses de julho a novembro.

Em Florianópolis, diversas agências de turismo oferecem passeios de barco para observação de baleias, e é uma ótima oportunidade para amantes da vida marinha viverem uma experiência inesquecível em Florianópolis.

Bem à frente da praia, também é possível visitar a ilha de mesmo nome, que desde 1940 está sob os cuidados de preservação da Associação Couto de Magalhães. Na maré baixa, se formam diversas piscinas naturais que encantam os turistas.

Ilha do Campeche, Florianópolis
Foto: Jackson Rapkiewicz via Flickr (CC BY-NC 2.0)

Pra chegar lá, é possível ir de barco saindo das praias da Armação, Pântano do Sul e Barra da Lagoa.

Praia da Joaquina

A Praia da Joaquina, ou simplesmente, Joaca, é conhecida mundialmente, como o palco de competições internacionais de surfe e alguns dos shows mais concorridos de Florianópolis.

Essa praia de Florianópolis também oferece uma ótima infraestrutura, com lojas, restaurantes, estacionamento, salva-vidas e até mesmo uma boa iluminação noturna.

E por isso mesmo, no verão, é uma das praias mais concorridas de Florianópolis e sempre está muito cheia ao longo do dia.

Praia da Joaquina, melhores praias de Florianópolis
Foto: jdbenthien por Pixabay 

Bem à esquerda da praia, o cenário é transformado por rochas enormes, que atraem bastante gente pra apreciar a paisagem, especialmente nos momentos do por e nascer do sol.

O mar de Joaquina é bem transparente, no entanto o fundo do mar é bem irregular. Com a inclinação, alguns lugares do mar podem ter uma profundidade bem maior, tome cuidado.

Com suas areias claras, as Dunas de Joaquina são uma beleza a parte. Muitos elegeram as dunas de Joaquina como as melhores dunas do Sul do Brasil.

Por lá, é bem comum ver gente vendendo passeios “inusitados”, como aluguel de equipamento para sandbord ou mesmo o mais popular “esqui-bunda”.

Veja opções de hospedagem perto da praia da Joaquina

Praia Mole

Outra praia de Florianópolis que está entre as favoritas dos turistas. Não é a toa que a Praia Mole é considerada uma das mais lindas de todo o estado de Santa Catarina!

O nome foi dado por causa da areia fofa. Por lá, é muito comum a prática de esportes aquáticos, já que a praia costuma ter ondas bem fortes. Inclusive, ali tem uma rampa para decolagem de parapente. Imagina voar com esse visual!

Praia Mole, Florianópolis
Foto: Papa Pic via Flickr (Domínio Público – CC0 1.0)

Além disso, a Praia Mole conta com muito agito, é uma das mais badaladas de Floripa. Se você quer encontrar uma galera animada, esse pode ser um bom point.

A localização próxima ao centro da cidade tem seus prós e contras. Existem bares por toda a orla, restaurantes, música ao vivo e até festas com DJ.

Mas, exceto se você for bem cedo, a Praia Mole está sempre muito cheia e para chegar lá é preciso encarar bastante trânsito (é uma loucura no verão).

Como tem ondas fortes, sendo pouco indicada para mergulho, a Praia Mole pode não ser a melhor escolha de praia em Florianópolis para família com crianças pequenas.

Mas se você só quer pegar um sol, ver gente e ser visto, pode ser uma excelente opção.

Veja algumas pousadas na região da Praia Mole

Praia da Galheta

A Praia da Galheta é a para quem é adepto ao naturismo (embora a nudez não seja obrigatória), e os praticantes dessa modalidade são os maiores defensores da preservação dessa praia de Florianópolis.

Só pra ter uma ideia, o local é um reduto de naturismo desde os anos 1970.

A Praia da Galheta fica bem ao lado da Praia Mole, inclusive dá pra vê-la ao fundo, na foto acima!

Hoje em dia, o local pertence ao Parque Natural Municipal da Galheta, que foi criado a partir das reivindicações dos próprios naturistas, buscando transformar a praia numa área de preservação permanente.

Por essa razão, a praia tem uma atmosfera rústica e bem deserta, sendo acessada somente por meio de trilhas. São dois caminhos possíveis, os dois com nível de dificuldade de média a difícil.

A primeira trilha é menor, e começa na Praia Mole. A segunda tem bem mais subidas, e comunica a Praia da Galheta à Fortaleza e à Prainha da Barra da Lagoa. 

Como não há estrutura, lembre de levar sua água e comida, e recolher o seu lixo.

Praia da Barra da Lagoa

A Praia da Barra da Lagoa é uma região bem procurada por locais e turistas. A paisagem é bonita, sempre tem gente nos restaurantes e mais um tanto de gente praticando esportes náuticos.

Você vai encontrar muitos pescadores por lá, e é frequente ter alguém tocando violão nos bares ou na rua mesmo. Por falar nisso, há uma boa oferta de restaurantes e muitas opções de hospedagem. Muitas, muitas pousadas mesmo.

A praia da Barra da Lagoa é um bom point para quem está em Florianópolis e quer aprender a surfar. As ondas costumam chegar mansas na praia, por conta do canal, o que ajuda a turma iniciante.

O canal da Praia da Barra da Lagoa, aliás, é um atrativo à parte. A água é transparente, por isso muita gente aproveita para fazer mergulhos de snorkel para apreciar a vida marinha. Vale avisar: cuidado com a correnteza.

Canal da praia da Barra da lagoa, Florianópolis
Foto: Douglas Pfeiffer via Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

A ponte suspensa é uma graça. Recomendo atravessar até o outro lado, e entrar pela pequena trilha que começa em meio às casinhas, e segue pela natureza até chegar na também encantadora Prainha de Florianópolis.

Veja algumas opções de hospedagem na Barra da Lagoa

Praias de Florianópolis: litoral norte

Praia do Moçambique

Praia de Moçambique é a mais extensa de Florianópolis. Pra falar a verdade, é a maior praia de Santa Catarina!

O nome vem de um bichinho muito encontrado na região, o molusco Moçambique.

Como ela é parte do Parque Florestal do Rio Vermelho, por lá não há nenhum tipo de construção. Pela falta de estrutura, também não espere encontrar muitos turistas.

A parte boa é que aqui o destaque fica mesmo por conta da natureza. Com muitas dunas de areia claras e um mar agitado, é um bom ponto de surfe em Florianópolis.

O mergulho por lá não é indicado pois suas águas tem alta salinidade, além de ser um mar aberto e com ondas fortes. E não importa a época do ano, a água é sempre muito fria.

Praia dos Ingleses

A Praia dos Ingleses é bastante movimentada durante o ano inteiro. O local tem boa infraestrutura, com barracas de praia, restaurantes, bares e até um shopping.

Em algum momento entre 1683 e 1737 (os historiadores não conseguiram determinar com precisão), uma embarcação inglesa naufragou por ali. Ao que tudo indica, os marujos sobreviventes se estabeleceram na praia, sobrevivendo através da agricultura.

Essa antiga caravela está a cerca de 50 m da praia, em profundidade de dois metros de água e mais alguns debaixo da areia, e foi descoberta em 1989.

Virou ponto de mergulho desde então, e a partir daí a praia passou a ser chamada assim: Praia dos Ingleses.

Praia dos Ingleses, Florianópolis
Foto: atramos via Flickr (CC BY 2.0)

Nos Ingleses, há uma boa faixa de areia e o mar é, em geral, calmo. Mas como acontece em muitas praias em Florianópolis, em algumas partes da praia há formação de ondas e sempre encontramos alguns surfistas.

As dunas da Praia dos Ingleses atraem também praticantes de sandboard, e uma dica é alugar uma prancha e se divertir.

São duas dunas, que ficam mais à direita da praia: uma maior, que se estente até a Praia de Moçambique, e uma menorzinha, que faz fronteira com a Praia do Santinho (e que é mais popular para quem pratica o esporte).

No costão sul da praia há um altar dedicado à Iemanjá e, logo depois, uma trilha que leva a um interessante museu em Florianópolis,Museu Arqueológico ao Ar Livre. Por lá, gravuras pré-históricas de até 4000 anos!

Praia da Lagoinha

Apesar de pequena, a Praia da Lagoinha (também chamada de Lagoinha do Norte, ou Lagoinha da Ponta das Canas, até mesmo para não confundir com a já citada Lagoinha do Leste) atrai por suas águas tranquilas e mornas. É uma das melhores praias de Florianópolis para família!

O clima é muito gostoso. Há uma antiga vila de pescadores, além de muitas residências de locais.

As águas são calmas e costumam ser mais quentes, o que atrai muitas famílias com crianças, além de turistas estrangeiros, especialmente argentinos e uruguaios.

Essa praia de Florianópolis também é muito procurada por quem curte um mergulho de snorkel. No canto direito da praia, em dias de boa visibilidade, é possível curtir um mergulho ao lado de vários peixinhos!

Veja hotéis e pousadas em Ponta das Canas

Praias de Florianópolis: viradas para o continente

Canasvieiras

Praia de Canasvieiras está localizada ao norte da ilha de Florianópolis, entre as praias de Jurerê Internacional e Cachoeira do Bom Jesus.

Com uma faixa de areia larga e de extensão de 2,2 km, Canasvieiras encanta por sua areia branca e fina, água morna e mansa. Também é uma das melhores praias de Florianópolis para família, especialmente crianças pequenas e idosos.

Praia de Canasvieiras, Florianópolis
Foto: leaneske via Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

Uruguaios e argentinos também aparecem muito por aqui. Outro detalhe importante é que essa região é muito procurada por quem quer se hospedar perto das praias mais badaladas de Floripa, pagando um pouco menos.

Veja algumas opções de hospedagem em Canasvieiras

À noite, a orla fica bastante movimentada graças aos vários barzinhos e restaurantes com música ao vivo.

Outra coisa importante a saber sobre Canasvieiras é que de lá partem muitos passeios de escuna em Florianópolis. Uma das mais famosas é o Barco Pirata, onde a tripulação entra no clima com caracterização completa, para a diversão das crianças (e adultos, por que não?)

Pra completar, ainda rolam passeios de lancha e até mesmo de helicóptero, que saem das redondezas dessa praia de Florianópolis.

Jurerê (tradicional e internacional)

A Praia de Jurerê é considerada o point dos ricos e famosos. Mas não se engane, ela se divide em duas partes, bem distintas entre si, apesar de compartilharem o mesmo nome.

De um lado, Jurerê Internacional é um verdadeiro bairro planejado e caríssimo, com verdadeiras mansões de portas incrivelmente maiores do que o necessário, além de uma enorme quantidade de estacionamentos, bares, restaurantes mais caros, lojas e os famosos beach clubs.

Já do outro lado da Ponta de Morrestes está Jurerê Tradicional. Um bairro mais simples, com moradores antigos, casas comuns e restaurantes de comida tradicional da região de Florianópolis.

Até mesmo o The New York Times incluiu a parte internacional da praia em uma matéria, afirmando ser o destino mais valorizado do litoral brasileiro. Alguns veículos já a chamaram de “Miami Brasileira” e outros de “Ibiza Brasileira”. Deu pra sentir o nível, né?

Mas não é só isso, a praia também possui ainda suas belezas naturais. Surpreendentemente, no verão, as águas da Praia Jurerê tem temperatura morna no verão e suas ondas calmas convidam para um banho de mar.

Praia de Jurerê, melhores praias de Florianópolis
Foto: GraceOda via Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

Já no entorno da praia de Jurerê Tradicional, as edificações não costumam fugir à regra de ter, no máximo, quatro andares, para diminuir o impacto visual na orla.

Jurerê tradicional costuma ser um passeio mais barato (e particularmente, eu acho, mais acolhedor). Mas se você procura badalação, seu lugar é um dos beach clubs de Jurerê Internacional.

Veja opções de hospedagem em Jurerê

Praia do Forte

A Praia do Forte fica ao norte da ilha de Florianópolis, sendo uma região de litoral mais tranquilo, ótimo para quem quer desviar da badalação.

Praia Do Forte, Florianópolis
Foto: Tiago Vidal Dutra via Flickr (CC BY 2.0)

Com águas calmas, super limpas e bem morninhas, a Praia do Forte é o cenário ideal para quem viaja com crianças (ou quer fugir de mar gelado).

A faixa de areia é estreita, com alguns poucos bares. Mas isso não chega a ser um problema já que é uma praia pouco procurada por turistas.

Para completar o visual exótico da praia, tem um manguezal no lado esquerdo e uma fortaleza centenária, que é quem dá nome ao lugar: Fortaleza São José da Ponta Grossa, construída em 1740 e restaurada em 1992.

Praia da Daniela

A Praia da Daniela é uma das praias de Florianópolis mais querida entre os turistas. Na beira-mar, há muitas mansões dividindo espaço com casas mais antigas e simples.

A praia tem características de baía, com mar calmo e a areia bem clara e fina, com muita vegetação rasteira espalhada por toda areia e entrando pelo mar.

Uma praia bem tranquila, bastante procurada por ser uma das melhores praias de Florianópolis para família.

Praia de Daniela, melhores praias de Florianópolis para família
Foto: stummjr via Flickr (CC BY 2.0)

Não há muita estrutura de apoio, mas se você levar o que precisa para curtir o dia, pode aproveitar muito a tranquilidade dessa praia de Florianópolis.

O que fazer em Florianópolis – além das praias?

Nossa, só de falar das praias de Florianópolis, já bate aquela vontade de fazer as malas e partir pra lá, curtir uns dias.

Prefiro longe do verão, quando a ilha fica mais calma, mas até em alta estação é possível aproveitar muito, se você escolher uma boa localização para se hospedar e organizar o roteiro para visitar praias próximas no mesmo dia.

Mas além das praias de Florianópolis, há muito mais o que fazer na Ilha da Magia. Você pode fazer um roteiro cultural, passeando por alguns museus de Florianópolis, o que acha?

Outra opção que não pode faltar é o roteiro pelo centro de Florianópolis, com muita gastronomia típica e passeios históricos. É bem bonito e super interessante, vale reservar um dia só pra isso!

Ah, e não deixe de conhecer o charmoso bairro açoriano de Santo Antônio de Lisboa, onde parece que o tempo parou em Florianópolis. Cheio de tradição portuguesa, com muitos restaurantes espetaculares e uma linda vista do mar, o bairro também merece ser visitado de dia e de noite!

Você sabia que em Florianópolis existe um Caminho Brasileiro de Santiago de Compostela? Li essa dica no blog Entre Polos e achei demais. Se você quer descobrir como fazer o caminho do peregrino aqui no Brasil, vale a pena ler o post completo: Caminho Brasileiro de Santiago.

Tem outra dica de Florianópolis que vale a pena incluir aqui? Ou visitou alguma dessas praias de Florianópolis aproveitando nossas dicas? Deixa aqui um comentário e conta como foi!

Foto em destaque: kherian por Pixabay 

Thiago Amaral
Thiago é um professor de Inglês que, apesar dos seus (já) 30 e poucos, ainda vai ser jornalista. Não viaja tanto quanto gostaria, mas também um dia o fará. Por ora, se arrisca escrevendo sobre assuntos aleatórios e eventualmente viaja com sua esposa Marcela e filha Alice. E por isso foi convidado a escrever (eventualmente) neste blog: para dar dicas e contar sobre a experiência de viajar em família e com criança.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *