Museus de São Paulo para conhecer

Museus de São Paulo | São Paulo é uma cidade multi-cultural, e isso está representado muito bem nos museus da cidade, atrações que costumam fazer parte do roteiro de viajantes de passagem pela cidade.

E além de importantes passeios turísticos, os museus de São Paulo também fazem parte do dia a dia dos moradores da capital paulista, que também têm o hábito de frequentá-los.

Se você é da turma dos que adora um rolé cultural, confira aqui uma lista com alguns dos principais museus de São Paulo, dos mais diversos estilos – arte, ciência, história, esportes, entre outros.

No final do post você me conta qual seu favorito?

8 museus de São Paulo para conhecer

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP)

Fundado por Assis Chateaubriand em 1947, é mais conhecido apenas como MASP, e é provavelmente o museu mais famoso de São Paulo.

O prédio onde funciona, na Avenida Paulista, é um dos cartões-postais da cidade e foi projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi, que desenvolveu também o projeto interno das áreas onde ficam as exposições.

Reserve seu hotel em São Paulo – aproveite os descontos do Booking.com

Museu de Arte de São Paulo, MASP
Crédito: Rogério Cassimiro – MTUR [Public Domain Mark 1.0]

Foi o primeiro museu moderno do Brasil e, hoje, é o principal museu de São Paulo e um dos principais da América do Sul.

O MASP ossui um enorme acervo fixo, que conta com mais de 10 mil obras, entre esculturas, pinturas, fotos e objetos, muitas de artistas renomados como Van Gogh e Portinari.

Leia também: O que fazer em São Paulo em 2 dias (gastronomia e cultura)

Além disso, recebe sempre exposições temporárias que costumam atrair um grande número de visitantes e também realiza palestras, seminários e exibição de filmes.

Em 2019, ano temático de exposições sobre histórias feministas e de mulheres, o MASP bateu o recorde histórico de visitação com uma exposição de Tarsila do Amaral, que levou mais de 402 mil pessoas ao museu em pouco mais de três meses.

O recorde anterior era de 401 mil pessoas em 1997 em uma exposição de Claude Monet.

Museus de São Paulo – como visitar o MASP:
Endereço: Avenida Paulista, 1578 (estação de metrô Trianon-Masp)
Funcionamento: terça a domingo de 10h às 18h, quinta de 10h às 20h
Valor: R$ 40,00 – gratuito às terças

Pinacoteca

A Pinacoteca, chamada por muitos apenas de Pina, é o museu de arte mais antigo de São Paulo, fundado no início do século XX. Hoje é um dos mais importantes em todo o país.  

Em seu acervo, que conta com mais de 9 mil peças, há uma grande coleção de obras brasileiras desde o século XIX até os tempos atuais.

Pinacoteca de São Paulo
Crédito: Rogério Cassimiro – MTUR [Public Domain Mark 1.0]

E do lado de fora fica o Jardim da Luz, um espaço com muito verde, lagos, árvores e algumas esculturas.

A Pinacoteca também realiza exposições temporárias diversas e conta com uma programação educativa com projetos multidisciplinares.

E, atualmente, disponibiliza também a opção de fazer um tour virtual passando por alguns ambientes.

Uma curiosidade é que a Pinacoteca de São Paulo funciona em uma construção que não chegou a ser finalizada – as paredes de tijolinhos, que se tornaram marca registrada do lugar, só estão à mostra porque não foi feito o revestimento externo, como estava previsto no projeto original.

Mesmo já tendo passado por reformas, a Pina mantém ainda o seu estilo original – e ficou linda assim, né?

A estrutura é formada por dois prédios abertos ao público: a Pinacoteca Luz (que era a antiga sede do Liceu de Artes e Ofícios) e a Pinacoteca Estação (que originalmente abrigava os armazéns e escritórios da Estrada de Ferro Sorocabana).

Museus de São Paulo – como visitar a Pinacoteca de São Paulo:
Endereço: Praça da Luz, 02 (estação de metrô Luz)
Funcionamento: de quarta a segunda de 10h às 17h30
Valor: R$ 6,00 – gratuito aos sábados

Museu da Imigração

A antiga Hospedaria do Brás era o local onde viviam os trabalhadores que chegavam ao Brasil vindos de outros países.

Ao longo dos anos, entre 1887 e 1978, passaram por lá cerca de 2,5 milhões de pessoas de 70 nacionalidades diferentes, o que fez com que se tornasse um ponto de grande importância para o crescimento e o desenvolvimento de São Paulo.

Depois de encerrar suas funções, o local se tornou patrimônio público, foi tombado e, em 1993, se transformou no museu, criado para preservar a história dos imigrantes.

Museu da Imigração de São Paulo
Crédito: Instagram do Museu da Imigração

No acervo há vários objetos, documentos, fotos, mobiliário, vestimentas – muitos destes itens doados pelos imigrantes e seus descendentes.

Tem, também, um acervo digital com relatos orais, imagens, banco de dados online, cópias digitalizadas de documentos importantes, entre outros.

O Museu da Imigração também recebe exposições temporárias, além de um belo jardim com muitas árvores e um grande gramado onde acontecem apresentações culturais.

Conta ainda com cantina, loja, auditório, salas para palestras e seminários e espaço temático para tirar fotos com trajes antigos.

Museus de São Paulo – como visitar o Museu da Imigração:
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca (estação de metrô Bresser-Mooca)
Funcionamento: terça a sábado de 9h às 17h e domingo de 10h às 17h
Valor: R$ 10,00 – gratuito aos sábados

Museu do Futebol

Visita imperdível para os fãs do esporte mais popular do Brasil.

O Museu do Futebol fica dentro do Estádio do Pacaembu e conta com 15 salas, onde estão a exposição permanente, que mostra desde a história da chegada do futebol no Brasil até ele se tornar parte de nossa cultura.

Museu do Futebol em São Paulo
Crédito: Rogério Cassimiro – MTUR [Public Domain Mark 1.0]

Os principais clubes, as camisas famosas, os craques da seleção brasileira, os momentos inesquecíveis, curiosidades do futebol nacional e internacional, tudo está lá.

E o melhor: o acervo é mostrado de forma divertida e interativa, proporcionando uma experiência diferente para o público.

Fundado em 2008, rapidamente se tornou um dos museus de São Paulo mais visitados e atrai até mesmo quem não acompanha o esporte, mas se interessa por conhecer um pouco mais sobre a história e a paixão que ele desperta.

Tem ainda exposições temáticas, programação cultural e, desde 2013, a primeira biblioteca pública do Brasil especializada em futebol, com mais de três mil obras brasileiras e estrangeiras.

Museus de São Paulo – como visitar o Museu do Futebol:
Endereço: Praça Charles Miller, s/n, Pacaembu (estação de metrô Paulista ou Clínicas)
Funcionamento: terça a domingo de 19h às 17h (horários especiais quando há jogos no Pacaembu)
Valor: R$ 20,00 – gratuito às terças

Museu da Imagem e do Som (MIS)

Fotografias, vídeos, dança, teatro e música são os focos principais das exposições realizadas pelo MIS, que foi criado em 1970 com a proposta de preservar as manifestações ligadas ao audiovisual brasileiro.

Na programação, há sempre shows, mostras de cinema e apresentações diversas voltadas para todos os tipos de público, o que faz com que seja um dos principais centros culturais de São Paulo.

Além disso, recebe exposições itinerantes de fotos, artes gráficas e artes visuais, e tem um grande acervo com mais de 200 mil imagens, mais de 1500 fitas de vídeo, entre outros itens. Tudo ligado às novas mídias e experimentações artísticas.

O recorde de visitação do MIS foi com a exposição Castelo Rá-Tim-Bum, em 2014, que teve mais de 400 mil pessoas – o número fez com que ele fosse o museu mais visitado do estado de São Paulo naquele ano.

Museus de São Paulo – como visitar o Museu da Imagem e do Som:
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa (estação de metrô Fradique Coutinho)
Funcionamento: terça a sábado de 12h às 22h, domingos e feriados de 11h às 21h
Valor: R$ 4,00

Museu Afro Brasil

Localizado dentro do Parque do Ibirapuera, foi criado em 2004 pelo artista plástico baiano e ativista do movimento negro Emanuel Araújo a partir de seu acervo particular.

O acervo do Museu Afro Brasil compreende pinturas, esculturas, objetos, fotos e documentos tanto do Brasil quanto da África.

Museu Afro Brasil, São Paulo
Foto: Instagram Museu Afro Brasil

O objetivo do espaço é valorizar a cultura negra e mostrar as ligações entre Brasil e África. O acervo atualmente conta com mais de 6 mil obras que abordam temas como escravidão, religião, arte, cultura e outros.

Recebe também exposições, sempre com foco na importância da história, da memória e das influências africanas para a identidade brasileira e o cenário cultural do Brasil. O prédio tem, ainda, um auditório e uma biblioteca.

Museus de São Paulo – como visitar o Museu Afro Brasil:
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, Parque do Ibirapuera, Portão 10
Funcionamento: de terça a domingo de 10h às 17h
Valor: R$ 15,00 – gratuito aos sábados

Museu Catavento

Uma combinação de ciência e lazer, o Catavento Cultural é um lugar que apresenta o conhecimento de uma forma lúdica, o que faz com que seja um dos principais museus em São Paulo para o público infantil e jovem. Mas também agrada aos adultos.

É um espaço de muita interatividade, com diferentes ambientes como Universo, Vida, Engenho e Sociedade, todos com instalações que despertam a curiosidade e levam ao aprendizado.

Inaugurado em 2009, funciona no Palácio das Indústrias, um dos prédios históricos mais importantes da cidade, que já foi sede da prefeitura. E está sempre na lista dos museus mais visitados do estado.

Museus de São Paulo – como visitar o Museu Catavento:
Endereço: Avenida Mercúrio, Parque Dom Pedro II, s/n (estação de metrô Dom Pedro II ou São Bento)
Funcionamento: terça a domingo de 9h às 17h
Valor: R$ 10,00

Museu da Língua Portuguesa

Depois de sofrer um incêndio em 2015, o museu passou por obras de reconstrução e está pronto para ser reaberto ao público. A data estimada para que volte a funcionar é no segundo semestre de 2020.

São Paulo é a cidade que tem a maior população de pessoas que falam português em todo o mundo.

O objetivo do museu, criado em 2006, sempre foi o de valorizar a diversidade da língua portuguesa, mostrando a origem e a historia da construção da língua, passando pelas influências sofridas em cada lugar e as mudanças pelas quais ela passa.

Tudo de forma interativa, com vídeos, imagens, textos e plataformas digitais.

O Museu da Língua Portuguesa fica em um casarão histórico na Estação da Luz e, depois das obras, ganhou um café no terraço com vista para o Parque da Luz. O acervo foi renovado e, quando reabrir, o museu contará também com outras exposições.

Museus de São Paulo – como visitar o Museu da Língua Portuguesa:
Endereço: Praça da Luz (estação de metrô Luz)
Funcionamento e valor: a definir.

Museus de São Paulo: qual seu favorito?

Seria impossível listar todos os museus em São Paulo, já que a cidade tem mais de 100 e é a 5ª maior do mundo em número de museus, atrás apenas de Londres, Berlim, Paris e Nova York.

Mas esta lista dá uma pequena amostra de como eles são diversos e para todos os gostos!

Se você quer ter mais dicas de outros museus na cidade, veja nosso post sobre a Japan House São Paulo, outro lugar muito bacana para visitar – e fica perto do MASP.

Tem também o Museu Histórico da Imigração Japonesa, no bairro da Liberdade em São Paulo, que vale uma visita!

Agora diz pra gente: qual seu museu favorito em São Paulo? Quais você já visitou? Qual ainda quer visitar? Qual não pode ficar de fora em um roteiro turístico na cidade?

Conta pra gente nos comentários!

Redação FSV
Descomplicando a sua viagem e mostrando que dá pra viajar mais pagando menos.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *