Vamos conhecer Cunha!

O Brasil tem lugares maravilhosos que nem sempre são muito divulgados. A cidade de Cunha, no interior do estado de São Paulo, é um deles. A charmosa cidade de Cunha fica bem na divisa entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Recentemente, a cidade ganhou fama por causa do bonito lavandário de Cunha (isso mesmo, campos de lavanda no Brasil!). Mas quando for pesquisar o que fazer em Cunha, você vai encontrar vários outros lugares pra conhecer e se deliciar, mostrando que a cidade vai bem além do Lavandário.

E o bom é que é tudo pertinho, em um roteiro de 3 dias na cidade você consegue conhecer lugares maravilhosos e comer em deliciosos restaurantes.

Reserve sua hospedagem em Cunha! Aproveite os descontos do Booking!

O que fazer em Cunha, São Paulo

O que fazer em Cunha: um roteiro de três dias

Como esse é um blog de viagem, vou falar primeiro dos passeios e depois dos restaurantes. Vamos lá:

Pedra da Macela

Uma das vistas mais bonitas que já vi em uma trilha, e olha que já fiz muitas. O legal desse trilha é a surpresa, pois você está em São Paulo e começa a fazer a trilha sem noção do que vai ver.

Quando chega lá em cima, você simplesmente vê o mar, isso mesmo, você vê toda cidade de Paraty. É muito lindo!

O que fazer em Cunha, São Paulo - Pedra da Macela

As fotos não fazem jus ao lugar. É um mirante bem distante, mas acreditem em mim quando digo que vale a pena.

Deve dar 1 hora de subida, o caminho é quase todo asfaltado e aberto, então bastante protetor solar e água. No topo tem uma antena, você precisa entrar na mata da direita pra poder ver Paraty.

O que fazer em Cunha, São Paulo - Pedra da Macela

Cervejaria Wolkenburg

Sei que ia falar dos restaurantes no final, mas vale muito após descer a trilha da Pedra da Macela e já passar por essa cervejaria pra matar a sede. Fica bem no caminho de volta.

Não sei se há como visitar a fábrica, mas você pode descansar, apreciar a vista enquanto bebe uma cerveja artesanal gelada e gostosa. Além disso pode bater um papo com os donos que estão sempre lá são muito bacanas.

O que fazer em Cunha, São Paulo - Cervejaria Wolkenburg

O Lavandário de Cunha

Esse deve ser um dos lugares mais conhecidos da cidade, a atração que não pode faltar em um planejamento sobre o que fazer em Cunha.

Vale muito passar por lá e se perder entre entre os mais de 40 mil pés de lavandas plantados.

A vista é linda além das plantações de lavanda a área é cercada por montanhas, então você fica em contato o tempo inteiro com a natureza.

O que fazer em Cunha - Lavandário
O que fazer em Cunha, São Paulo - Lavandário

Há também um espaço café com uma lojinha onde é possível comprar produtos fabricados lá.

As receitas são todas da casa e você pode comer biscoitos, tomar chá e sorvete de lavanda. É uma saudável e gostosa experiência.

O que fazer em Cunha - Lavandário
O que fazer em Cunha - Lavandário

Opa! Crédito dessa foto linda pra minha amiga Marcela Rodrigues do A Naturalíssima.

O Contemplário

Bem pertinho do Lavandário você pode conhecer o Contemplário, outro lugar incrível.

Lá há além de lavandas outras espécies de plantas. Há vários espaços para se fazer picnic e admirar a paisagem. também há um café com produtos fabricados lá e lembrancinhas pra levar pra casa.

O melhor é ficar pra admirar o pôr do sol em um dos mirantes. É incrível!

O que fazer em Cunha - Contemplário
O que fazer em Cunha - Contemplário
O que fazer em Cunha - Contemplário

Cachoeiras em Cunha

Há 4 cachoeiras na cidade, infelizmente eu não pude ir em todas pois havia uma competição na cidade que fechava uma parte da estrada. Meu marido estava na competição e tirou a foto da Cachoeira da Serra do Mar.

Essa é uma das pequenas, a melhor mesmo é a Cachoeira do Pimenta, que fica um pouco mais afastada. Mas também há a cachoeira do Desterro que não cheguei a visitar.

O que fazer em Cunha - Cachoeiras
O que fazer em Cunha - Cachoeiras

Cerâmica e antiguidades

Cunha é conhecida como cidade das cerâmicas. Há vários ateliês com peças dos artistas locais.

Seguem os sites/fanpages para você ver o que mais gosta e marcar na sua rota: Carvalho CerâmicaAtelier Suenaga & Jardineiro, Oficina de Cerâmica e Cerâmica Flávia Santoro.

Mas há outros, no centro mesmo há perto do Mercado Municipal muito atêlies e no Mercado também é possível encontrar mais peças de artistas locais.

Leia também: + O que fazer em Campos do Jordão: as principais atrações 

Onde comer em Cunha?

Quando a gente pensa sobre o que fazer em Cunha, não podem faltar as dicas gastronômicas!

Minha visita por Cunha foi rápida mas 2 lugares me marcaram muito pela qualidade e sabor da comida. Recomendo muito a todos esses dois:

Fazenda Aracatu

Eu nunca havia conhecido um lugar assim. Todo lado que você vira dá uma foto e tudo que você come é muito gostoso. É demais!

O lugar é um antiquário com café e restaurante dentro. Tirei muitas fotos e comi muito. Pena ter perdido boa parte das fotos mas dá pra ter uma noção com essas.

Onde comer em Cunha - Fazenda Aracatu
Onde comer em Cunha - Fazenda Aracatu

E esse fogão a lenha com pães e queijos?! É de salivar só de olhar.

Onde comer em Cunha - Fazenda Aracatu

Comam, gente, comam muito lá. Eles oferecem degustação dos queijos e não vale a pena ter vergonha. Pode aceitar pois eles oferecem com prazer.

Onde comer em Cunha - Fazenda Aracatu

Restaurante Drão

Esse arrebenta não só no sabor como na decoração. O Drão começou começou como uma ateliê e em alguns anos também abriu um bistrô, que logo depois virou restaurante.

O lugar é muito aconchegante e você não vai querer sair. Por isso é importante ligar ou passar lá antes pra ver se é necessário fazer reserva.

Como visitei em época de competição, o cardápio era especial e pensado nos atletas. Mas eles estão sempre mudando, então de tempos em tempos terá coisa nova e deliciosa te esperando.

Onde comer em Cunha - Restaurante Drão
Onde comer em Cunha - Restaurante Drão

Não deixem de visitar Cunha além do Lavandário!

Bem é isso, pessoal. Quando for planejar sua viagem com o que fazer em Cunha, separe cerca de 3 dias você para conhecer esses lugares encantadores, e volte pra casa já cheio de saudades dessa cidade linda!  <3

Daniele Dutra
Metade mineira, metade carioca. Moradora do Rio de Janeiro, torcedora do Botafogo e ouvinte do bom e velho Rock and Roll. Gosto de experimentar novos sabores e compartilhar minhas experiências. Mantenho o Instagram @pracomerbem pra lembrar dos bons momentos e sugerir bons pratos aos amigos.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Suzana disse:

Vá visitar minha produção de cogumelos: Suzana Shiitake. Fica perto das cachoeiras do Desterro e do Pimenta. Entrada gratuita com degustação de cogumelos, também gratuito.
Te aguardo.
Aberto todos os dias de 8 as 17h.

Lila Cassemiro disse:

Oi Suzana! Numa próxima vez em Cunha, iremos com certeza!

Celia disse:

Ameeeeei a dica estamos indo dia 15 até 18/ 9/21, seguirei tds as dicas. Bjs

Lila Cassemiro disse:

Oi Celia, que bom que gostou! Boa viagem 😀

Claudia Machado disse:

Adorei a reportagem sobre Cunha.
Gostaria de saber como está a estrada de Cunha a Parati,pois ouvi dizer q é muito perigosa e em alguns trechos não tem nem acostamento.
Muito obrigada e aguardo sua resposta.

Lila Cassemiro disse:

Oi Claudia! A estrada é asfaltada, mas é realmente bem sinuosa. Com chuva, é preciso atenção redobrada.

Valdemir piva disse:

Oi meu nome e Valdemir Piva e parabéns pelo blog eu já havia visitado cunha, realmente uma pacata cidade e linda. Eu fui até cunha saindo de Guaratinguetá pois e maravilhosa está estrada, o meu destino era Parati mas não sabia que tinha todos esses mananciais um dia voltarei fazendo estes três dias. Valeu.

Rafael Cassemiro disse:

Oi Valdemir, Obrigado pelo comentário, ficamos muito felizes em ajudar outros viajantes com as nossas histórias!
Cunha é realmente uma graça e merece ser visitada com calma!
Grande Abraço e boas viagens!

sONIA luCIO disse:

estarei em SP ( cidade ) . em final de junho quero conhecer cunha .Não tenho carro .Tem onbus de Sp pra Cunha;

Rafael Cassemiro disse:

Oi Sônia, não tem ônibus direto de São Paulo para Cunha.

É necessário pegar um ônibus até a cidade de Guaratinguetá, saindo do Terminal Tietê pela Viação Pássaro Marron ou Viação Cometa.
E de lá (Guaratinguetá) pegar outro ônibus até Cunha pela Viação São José.
Obrigado pelo comentário e boa viagem!

Julia disse:

Acabei de conhecer o blog de vocês e já amei. Estou planejando fazer uma viagem sozinha e não dirigo. Sou de SP e por isso queria lugares próximos. Acha que seria possível uma viagem legal para Cunha sem carro?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Julia, A cidade de Cunha é pequena, mas todas as atrações naturais estão fora (e longe) do centro. A não ser que você contrate uma agencia com transfer, fica difícil a locomoção por lá.
Obrigado pelo comentário e boa viagem

Luh disse:

Você deveria ter visitado o parque estadual Serra do mar núcleo cunha, Onde há cachoeiras e trilhas. Fazem parte do roteiro turístico de cunha. Até a próxima bjo

Klécia disse:

Oi Luh! Anotamos a dica e vamos incluir no roteiro da próxima visita! Obrigada por contribuir! 🙂

Celi Fernandes da Silva disse:

Amei a matéria sobre Cunha e gostaria de conhecer.

Rafael Cassemiro disse:

Oi Celi, a cidade de Cunha é realmente encantadora, espero que você consiga conhecer em breve!