Castelos em Portugal que você pode visitar

Castelos para visitar em Portugal | Já imaginou fazer um roteiro que inclua os castelos de Portugal?

Esse não é um tema muito abordado quando pensamos em turismo no país, porque Portugal realmente não fez uma grande fama internacional relacionada aos castelos que você pode visitar por lá.

Mas fique sabendo que há muitas construções interessantes desse tipo para visitar no país. Algumas foram construídas ainda na Idade Média e hoje estão em ruínas. Outras, continuam de pé. Muitas delas são abertas para visitação.

Os castelos em Portugal podem te surpreender, e vale a pena conferir onde eles estão para tentar incluir algum no roteiro. Afinal, visitar castelos é uma forma de conhecer mais sobre a história de um país.

10 castelos para conhecer em Portugal

Os castelos em Portugal estão espalhados por diversas regiões do país e são verdadeiros monumentos. Entrar neles é uma forma de voltar no tempo e imaginar como era viver ali, além do tanto de batalhas que já foram disputadas em suas muralhas.

A maioria dos castelos em Portugal não eram residências, mas sim fortificações, com grandes torres, feitas com a função de vigiar e também de proteger nas batalhas para defender as fronteiras.

Ao longo da história, houve centenas deles que foram completamente destruídos. Mas ainda existem muitos castelos em Portugal que você pode visitar.

Veja alguns dos mais famosos:

Castelo de São Jorge, Lisboa

Construído pelos muçulmanos no século XI sobre uma das colinas da cidade de Lisboa, era um local de defesa, mas chegou a ser também a residência real – de Dom Afonso Henriques, o primeiro rei do país, passando por outros, até o século XVI.

A partir daí até o século XX, o Castelo de São Jorge ganhou caráter militar e funcionou como prisão e fortificação.

Hoje o Castelo de São Jorge é um dos principais símbolos da cidade e um dos pontos mais visitados pelos turistas.

Castelo de São Jorge: pontos turísticos de Lisboa
Foto: Fui Ser Viajante

Um local bem grande onde é possível ver canhões de ferro, mais de 10 torres, fosso, vestígios do antigo paço real e outros ambientes característicos, além de exposição de objetos antigos e vestígios do passado.

Já passou por várias obras de restauração e, desde 1910, é considerado Monumento Nacional.

E devido à sua localização privilegiada, no alto, tem uma vista panorâmica para a cidade e o Rio Tejo, paisagem clássica digna de um cartão-postal e considerada por muitos como a vista mais bonita de Lisboa.

– Funcionamento: de novembro a fevereiro de 9h às 18h (fechado 24, 25 e 31/12 e 01/01) e de março a outubro de 9h às 21h (fechado 01/05).

Veja onde se hospedar em Lisboa

Castelo dos Mouros, Sintra

O Castelo de Sintra, mais conhecido como Castelo dos Mouros, é um dos locais mais visitados da cidade de Sintra, que é vizinha a Lisboa e que pode ser conhecida em um bate e volta a partir da capital.

A construção, iniciada pelos mouros no século IX, tem grande importância histórica e foi um dos principais castelos da região.

Castelo dos Mouros, Sintra Portugal
Foto: Fui Ser Viajante

No século XV foi abandonado com a expulsão dos judeus do país. Depois sofreu com incêndio e terremoto.

A estrutura passou por restaurações ao longo do tempo, mantendo suas características originais e ruínas bem preservadas. Está aberto para visitação do público desde o século XIX.

Os destaques deste castelo em Portugal são as enormes torres, o jardim e, principalmente, a muralha, além da bela vista que se tem de lá, pois está localizado no alto de uma serra.

– Funcionamento: todos os dias, no verão de 9h30 às 20h e no inverno de 10h às 18h.

Veja onde se hospedar em Sintra

Castelo de Guimarães, Guimarães

Guimarães fica a cerca de 1h da cidade do Porto e é considerada a terra onde Portugal nasceu.

Um dos lugares emblemáticos da cidade é o Castelo de Guimarães, considerado desde 2007 como uma das 7 maravilhas de Portugal quando se fala em monumentos históricos.

Castelo de Guimarães, Portugal
Foto: Fui Ser Viajante

A construção medieval do século XI tinha como objetivo de defender o mosteiro da região dos constantes ataques dos mouros.

O local chegou a ser residência de condes e condessas e possivelmente foi onde nasceu Dom Afonso Henrique, primeiro rei do país. Há uma estátua em sua homenagem no interior do castelo.

Foi palco de conflitos da realeza, passou por fases de abandono e, a partir do século XX, foi restaurado e declarado como Monumento Nacional.

Localizado no centro histórico, no topo de uma colina e com sete grandes torres, chama a atenção e se tornou o principal cartão-postal da cidade.

– Funcionamento: todos os dias de 10h às 18h (fechado em 25/12, 01/01, 01/05 e Domingo de Páscoa). Entrada: 2 euros (gratuito aos domingos e feriados para moradores de Portugal).

Veja onde se hospedar em Guimarães

Castelo de Óbidos, Óbidos

A cidade de Óbidos fica a 90 km de Lisboa e seu ponto turístico mais famoso é o Castelo de Óbidos, que também está na lista de 7 maravilhas de Portugal.

Mas, ao contrário de outros castelos em Portugal, ele foi completamente adaptado para ser transformado em um hotel de luxo (chamado Pousada Vila Óbidos), e não é exatamente um ponto turístico. O interior só pode ser visitado pelos hóspedes.

Veja como se hospedar no Castelo de Óbidos

Construído sobre uma colina também no período medieval, passou por restaurações e reformas ao longo dos séculos, mantendo algumas partes conservadas, inclusive as muralhas.

Cidade murada de Óbidos Portugal

Em 1950, o hotel entrou em funcionamento. Além de uma hospedagem luxuosa, o local também sedia eventos como festivais de literatura, de chocolates, entre outros. O Castelo de Óbidos é classificado como Monumento Nacional.

Para quem é turista, é possível apenas ver a área externa do castelo – e caminhar pelas muralhas, que é muito legal! A muralha de Óbidos tem cerca de 1,5 km e contorna toda a vila central. Esta visitação é gratuita.

Veja onde se hospedar em Óbidos

Castelo de Santa Maria da Feira

A cidade de Santa Maria da Feira fica a cerca de 20 minutos da cidade do Porto e tem um dos castelos portugueses mais importantes historicamente.

Construído a partir do século IX, é um dos símbolos da arquitetura medieval no país e funcionou como ponto de defesa de território entre os séculos XI e XVI. Depois disso, foi feito um palacete e uma capela dentro dele.

Castelo de Santa Maria da Feira, Portugal
Foto: José Ribeiro por Pixabay 

Mais tarde sofreu um incêndio e só no século XIX começou a se falar em uma restauração, que veio a acontecer no início do século XX, quando foi classificado como Monumento Nacional e passou a ser aberto à visitação.

É um local cercado de árvores, com destaque para as muralhas na parte externa e, na parte interna, as torres, a capela e ruínas do palacete.

A melhor época para conhecer este castelo é em julho e agosto, quando acontece na cidade um evento medieval, recriando a atmosfera da época.

– Funcionamento: de terça a domingo de 10h às 12h30 e de 13h30 às 18h30 no verão (abril a setembro) e de 9h às 12h30 e de 13h30 às 17h30 no inverno (outubro a março).

Veja onde se hospedar em Santa Maria da Feira

Castelo de Bragança, Bragança

Imponente, este castelo é Patrimônio Cultural e Arquitetônico de Portugal. Possui 15 torres e, da principal, chamada Torre da Princesa por causa da lenda de uma princesa prisioneira, há uma bela vista panorâmica. Conta ainda com um museu militar.

Castelo de Bragança, Portugal
Foto: bildundso por Pixabay 

Ele está localizado no centro histórico da cidade de Bragança, que fica na fronteira com a Espanha. É uma construção do século XII que permanece como uma das mais preservadas do país.

As muralhas, derrubadas em batalhas, foram reconstruídas nos séculos XIII e XIV. E, nos arredores do castelo, permanecem ainda hoje algumas ruas estreitas e casinhas medievais.

Funcionamento: de terça a domingo de 9h às 12h e de 14h às 17h. Entrada: 3 euros.

Veja onde se hospedar em Bragança

Castelo de Almourol, Praia do Ribatejo

Considerado por muitos o castelo mais bonito de Portugal, fica na região central do país, localizado em uma pequena ilha no Rio Tejo, cercada por pedras e árvores, compondo uma paisagem singular.

Castelo de Almourol, Portugal
Foto: Luis Valverde por Pixabay 

O acesso ao Castelo de Almourol é feito apenas de barco, que saem de hora em hora.

Os dados sobre sua origem não são muito precisos, devido ao fato de ser realmente muito antigo, mas há vestígios arqueológicos que datam do período romano (século I a.C.) e do período medieval.

O que se sabe é que a região foi ocupada pelas forças portugueses a partir do século XII, quando o castelo foi reconstruído com as características que permanecem ainda hoje, tendo sofrido danos e passado por restaurações.

– Funcionamento: todos os dias de maio a setembro e de terça a domingo de outubro a abril, sendo de 10h às 13 e de 14h30 às 19h no verão e às 17h30 no inverno.

Veja onde se hospedar na Praia do Ribatejo

Castelo de Montalegre

A Vila de Montalegre fica na divisa com a Espanha, em uma região que se destaca pelas belezas naturais e pela gastronomia tradicional, mas que conta também com um dos castelos em Portugal de grande importância para a história do país.

Castelo de Montalegre, Portugal
Foto: José Antonio Gil Martínez via Flickr [Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)]

Sua construção data do fim do século XIII, no topo de um monte, cercado de muito verde, a quase mil metros acima do nível do mar, e tem características bem tradicionais, como torres, fosso e muralha.

A região era deserta e, a partir do castelo, a vila foi de desenvolvendo nos arredores.

Já na década de 1990 passou por obras de recuperação e valorização e ganhou também um museu. Ainda hoje são realizadas escavações para descobrir mais sobre a história do local.

– Funcionamento: todos os dias de 10h às 18h. Entrada gratuita.

Veja onde se hospedar em Montalegre

Castelo de Arraiolos, Évora

Também conhecido com o Paço dos Alcaides, foi construído no século XIV, sendo bem mais recente que a maioria dos castelos portugueses.

Com o terremoto de 1755 foi destruído e só no século XX passou por obras de restauro e reconstrução, além de pesquisas arqueológicas que encontraram diversos objetos e partes da construção original.

O Castelo de Arraiolos fica em cima de um dos montes mais altos da região, tem estilo gótico, formato circular, muralha em bom estado de conservação e duas torres principais, de onde é possível avistar Évora e outras localidades.

Castelo de Arraiolos, Portugal
Foto: Vitor Oliveira via Flickr [Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)]

Do lado de dentro tem ainda a Igreja do Salvador. É considerado Patrimônio Arquitetônico de Portugal.

– Funcionamento: todos os dias, aberto por 24h. Entrada gratuita.

Veja onde se hospedar em Évora

Castelo de Porto de Mós

As duas torres em formato piramidal com cerâmicas verdes, no alto de uma pedra, de longe já chamam a atenção para a construção.

Castelo de Porto de Mós, Portugal
Foto: Vitor Oliveira via Flickr [Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0)]

O castelo da cidade de Porto de Mós em Portugal tem estilo gótico e renascentista e foi um dos castelos de Portugal mais importantes no século XII, durante as guerrilhas entre portugueses e mouros.

No século XV, funcionou como residência real e depois acabou abandonado.

Parte de sua estrutura foi danificada no terremoto de 1755 e novamente no de 1909, mas em menor grau.

Apenas no século XX passou por obras de recuperação. Hoje se encontra muito bem conservado e é considerado Patrimônio Cultural do país.

Na visita, é possível ver uma linha do tempo com os principais marcos da história local, além de exposições temporárias.

– Funcionamento: de terça a domingo de 10h às 12h30 e de 14h às 17h30 (fechado em 25/12, 01/01, 01/05 e Domingo de Páscoa). Entrada: 1,50 euro.

Veja onde se hospedar em Porto de Mós

Tire a dúvida: é palácio ou castelo?

Vale lembrar que, embora muita gente confunda, os castelos em Portugal e os palácios são coisas diferentes.

Os palácios foram construções luxuosas que eram residência de membros da realeza e possuem ainda hoje cômodos com mobiliário e outros itens da época.

Já os castelos, embora eventualmente também tenham servido de residência, foram construções de defesa desde o período medieval e geralmente em lugares altos.

E aí, gostou da nossa lista de Castelos em Portugal? Já conhece algum deles? Que tal incluir pelo menos um castelo de Portugal no seu roteiro? Conta pra gente nos comentários!

Planeje sua viagem a Portugal

Posts com dicas de cidades e atrações

Sabia que aqui no blog tem muitos outros posts com dicas de roteiros, cidades para visitar e atrações de Portugal?

Para ver a lista completa, consulte nosso índice de posts de Portugal e veja todos os posts que já escrevemos sobre o país.

Seguro viagem para Europa

Seguro viagem é obrigatório para toda viagem para a Europa. Para visitar Portugal, você precisa escolher um seguro com cobertura mínima de € 30.000,00. 

Na hora de fazer a compra de seguro viagem, eu sempre uso o site da Seguros Promo. Esse site funciona como um comparador de preços entre as seguradoras. 

Basta colocar o destino e as datas da sua viagem, que você descobre facilmente qual o seguro que oferece o melhor custo-benefício pra você.

Se você não entende muito bem como funciona o seguro viagem, pode ler mais sobre Seguro Viagem aqui no site.

Redação FSV
Descomplicando a sua viagem e mostrando que dá pra viajar mais pagando menos.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *