Fui Ser Viajante

Praia do Secreto RJ: como chegar e aproveitar

Compartilhar

Já ouviu falar da Praia do Secreto no Rio de Janeiro? Uma praia totalmente fora do roteiro turístico da cidade, mas com uma beleza natural surpreendente. Nesse post, vou te falar como chegar na praia do Secreto, algumas dicas e cuidados para quem quer visitar, e também o que fazer por lá.

Eu confesso que, até uns anos atrás, nunca tinha ouvido falar da Praia do Secreto. O nome tem a ver exatamente dessa particularidade: até bem pouco tempo, quase ninguém sabia da existência dessa praia no litoral carioca. Essa praia era um segredo muito bem guardado por poucos frequentadores.

Leia também: Guia de Praias do Rio de Janeiro

Foi só no verão entre 2016 / 2017 que as redes sociais (pra ser mais específica, o Instagram) colocaram a Praia do Secreto na mídia. A praia virou objeto de desejo entre cariocas e turistas, um daqueles pontos instagramáveis que todo mundo quer visitar para garantir uma foto.

Com esse boom, a Praia do Secreto passou uma temporada de super lotação. Como a praia é bem pequena, isso prejudicava muito a experiência de quem ia visitar.

Mas como toda tendência de redes sociais, depois de um tempo esse pico de procura diminuiu. Hoje já é possível curtir a praia com mais tranquilidade (especialmente se você visitar fora dos finais de semana de verão).

O que é a Praia do Secreto?

A Praia do Secreto no Rio de Janeiro é uma piscina natural, que se forma entre algumas rochas e uma pequena faixa de areia, somente durante a maré baixa. A piscina natural é bem bonita, e lá você pode nadar e apreciar o visual do litoral até a Pedra do Pontal – é uma vista privilegiada.

No entanto, o acesso para a Praia do Secreto é um pouco complicado, já que é preciso descer um paredão de rocha para chegar até a piscina natural. Também é importante dizer que, antes de ir, você precisa conferir a tábua de marés, já que a piscina só se forma na maré baixa.

Leia também: Roteiro Rio de Janeiro: 3, 5 ou 7 dias

Também é importante verificar como estão as ondas, já que em dias de mar agitado a piscina natural pode se tornar perigosa, pelo grande número de pedras. Inclusive, já aconteceram alguns acidentes. Prefira visitar a Praia do Secreto em um dia de poucas ondas.

Com as dificuldades de acesso, o local não é recomendado para idosos nem crianças. Só os visitantes mais aventureiros, ou quem já conhece e aprecia a beleza rústica do local escolhe frequentar a Praia do Secreto.

O local acaba tendo ares de paraíso perdido. É importante dizer que não há qualquer tipo de infraestrutura na Praia do Secreto RJ (nem barracas, nem ambulantes).

Ah, e mais uma dica para quem planeja visitar a Praia do Secreto RJ: vá pela manhã! Durante a tarde, por conta do paredão rochoso, não bate sol na piscina da Praia do Secreto.

Onde fica a Praia do Secreto?

A Praia do Secreto fica entre a Praia da Macumba e a Prainha, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A única forma de acessar é fazendo uma trilha.

Para visitar, o caminho mais recomendado é seguir pela Avenida Estado da Guanabara, que é a estrada que comunica a Praia da Macumba com a Prainha, até o local demarcado onde começa a trilha para a Praia do Secreto.

Não dá pra ver a praia da estrada. Depois de pegar a trilha você vai passar por alguns trechos bastante íngremes para conseguir acessar a piscina natural da Praia do Secreto.

Como chegar na praia do Secreto?

Para chegar até a Praia do Secreto no Rio de Janeiro, você vai precisar fazer uma trilha. Saindo da Praia da Macumba, você tem duas opções para fazer a trilha:

  1. Pela orla: Siga até o final da Praia da Macumba e daí continue caminhando pela areia beirando o mar. A maré tem que estar muito baixa. Você vai caminhar pelo litoral até as pedras que formam a piscina natural. A caminhada é curta, mas tem muita pedra no caminho.
  2. Pela estrada (mais recomendado): No final da Praia da Macumba, você vai encontrar uma estrada asfaltada – é a Avenida Estado da Guanabara, que leva até a Prainha. Você vai subir por esta estrada até encontrar o acesso para a trilha para a Praia do Secreto pela mata. Daí, a trilha segue pela mata e depois você vai descer alguns trechos íngremes no paredão de pedra, até chegar na praia.

Como na entrada da trilha na estrada Avenida da Guanabara não há local para estacionar o carro, o mais indicado é parar o carro na Praia da Macumba e subir a estrada a pé (é uma subida íngreme, mas não muito longa).

Se você subir a Avenida Estrada da Guanabara de carro, o lugar para estacionar fica depois da entrada da trilha, num canteiro não-asfaltado à direita, onde fica o Mirante da Prainha. Daí, dá pra voltar a pé, em direção à Praia da Macumba, até encontrar o acesso para a Praia do Secreto pela mata.

De uma forma ou de outra, você vai encarar pedras e / ou descidas íngremes para chegar na piscina natural. O ideal é ir de tênis e levar pouca coisa.

Trilha até a Praia do Secreto RJ

Eu preferi fazer o caminho subindo pela estrada Avenida Estado da Guanabara, e depois pegando a trilha pela mata até a Praia do Secreto.

O cenário pela estrada é lindo. Dá pra esquecer que estamos no Rio, porque por ali não tem nada que lembre uma cidade grande. A subida é íngreme logo no começo do caminho, mas nada que te faça desistir, ok?

Para quem vem subindo, no lado esquerdo da estrada, procure uma plaquinha: Perigo – Risco de Morte. É bem aí a entrada pra trilha até a Praia do Secreto.

A trilha pela mata é muito, muito curta. A vegetação é baixa e em menos de 5 minutos você já avista a Praia do Secreto. Tem vários caminhos demarcados, espalhados pelo terreno, mas todos dão no paredão de pedras em cima da piscina natural.

Aqui começa a pior parte. O paredão é muito inclinado e achei bem perigoso descer. Tem que ir com calçado adequado e procurar a parte menos íngreme, que fica mais para a esquerda, na direção da Praia da Macumba.

Vale a pena visitar a Praia do Secreto

Tem um lado bom e um lado ruim nessa visita até a praia do Secreto.

O cenário da Praia do Secreto é mesmo muito lindo. A piscina é rasa, em alguns lugares só dá pra molhar o pé. De manhã, com o sol batendo na água, dá pra perceber a transparência da piscina natural. Aquela cara de paraíso.

Por outro lado, como visitei num sábado de verão, tinha bastante gente no local. A Praia do Secreto não estava lotada, mas para quem procura uma praia com ares de paraíso escondido, pode se decepcionar um pouco se visita a praia em um final de semana de verão e sol.

Outro problema é o perigo. Se o mar estiver batendo muito, ou a maré estiver meio cheia, a Praia do Secreto pode se transformar num local perigoso. A água começa a entrar e sair da piscina natural com muita força e velocidade.

É preciso ter atenção porque já aconteceram alguns acidentes fatais na Praia do Secreto. Com a força das ondas não se brinca.

Dicas de segurança para visitar a Praia do Secreto RJ

A Praia do Secreto é um local exótico e surpreendente. Ali não tem estrutura de apoio (leve comida, recolha seu lixo!) e o contato com a natureza é máximo.

Antes de ir até a Praia do Secreto, o mais importante é checar a tábua de marés. Não adianta ir durante a maré alta, porque você não vai ver a piscina.

Vá leve, porque o acesso no final pode ficar complicado pra quem carrega muita coisa. Não esqueça sua câmera fotográfica, porque você vai precisar.

E não esqueça de sentar no paredão e admirar o mar batendo, enchendo e esvaziando a piscina natural. Da Praia do Secreto, temos uma vista linda da Praia da Macumba, que recompensa todo o esforço da trilha.

Como não há faixa de areia e a piscina natural que se forma na Praia do Secreto não é muito grande, evite visitar durante os finais de semana de verão, quando a Praia do Secreto pode estar lotada de visitantes.

Quer conhecer outra praia “secreta” do Rio de Janeiro? Visite a Praia da Joatinga (dica do blog O Diário de uma Viajante).

Dica extra: visite a Praia da Macumba

Se você vai até a praia do Secreto, pode também aproveitar e fazer uma visita à sua vizinha, a Praia da Macumba.

Faz muito tempo que eu frequento a Praia da Macumba, na Zona Oeste do Rio. Ela fica antes da Praia do Secreto e coladinha com a Praia do Recreio. O que marca seu início é justamente a Pedra do Pontal.

Vista desde a Pedra do Pontal, Rio de Janeiro. A praia da Macumba fica à esquerda da foto.

A praia da Macumba é bem mais tranquila que a Praia do Recreio (é incrível ver como o clima muda depois que a gente passa da Pedra do Pontal.

A orla aqui fica mais estreita, perde a cara de praia de cidade grande e em muitas coisas a Praia da Macumba lembra as vilas de pescadores nas cidades pequenas de litoral.

A Praia da Macumba é menos badalada, menos lotada, tem menos infraestrutura… Tem menos glamour.

Mas não fica devendo em nada no quesito beleza para as suas irmãs mais famosas, além de ser um ótimo lugar pra encontrar gente a fim de bater papo nos quiosques da orla. 

A praia é point de surfistas no Rio (inclusive, há uns anos era ali que aconteciam os campeonatos de surf da cidade). Passando por lá, você com certeza vai ver várias escolinhas de surf enchendo as águas com a galera iniciante.

Eu adorava colocar o tênis e dar uma corridinha por lá. A extensão da praia é curta (2.3km de um canto a outro), mas a beleza sempre compensou ficar fazendo bate e volta.

Para os corredores que querem mais alguns Km, a ciclofaixa da praia da Barra até a Praia da Macumba tem, no total, cerca de 20km. Dá pra queimar bastante asfalto.

No meio da Praia da Macumba você ainda encontra a Pedra da Macumba. Vale a pena subir e admirar um pouco a paisagem lá de cima. Vai dar uma paz de espírito que vai valer pelo seu dia inteiro.

Onde se hospedar no Rio de Janeiro perto da Praia do Secreto?

Se você procura uma hospedagem que fique pertinho da praia do Secreto no Rio de Janeiro, a melhor opção é procurar hotéis e pousadas no bairro do Recreio dos Bandeirantes, ou mesmo da Barra da Tijuca.

É bom lembrar que essas praias ficam na Zona Oeste do Rio de Janeiro, bem longe do centro e das atrações mais clássicas da cidade.

Vale a pena ficar na Zona Oeste se você está especificamente procurando ficar mais próximo de atrações como as Praias Selvagens do Rio de Janeiro, Barra de Guaratiba, Grumari, Prainha e a Praia do Secreto, claro!

Essa é uma boa região para surfistas e quem quer ficar mais em contato com a natureza.

Veja onde se hospedar no Rio de Janeiro: melhores bairros

Se essa é sua primeira vez na cidade, é mais provável que você escolha hotéis na Zona Sul do Rio de Janeiro, onde fica a maior parte das atrações clássicas do Rio (Cristo Redentor, Pão de Açúcar, etc).

Nesse caso, para visitar a Praia do Secreto você vai precisar tirar um dia para se deslocar da Zona Sul até a Zona Oeste (metrô + ônibus).

Comece a planejar sua viagem!

Escolhemos parceiros caprichados para te ajudar a transformar a sua viagem em realidade! E quando você faz suas reservas usando os links aqui do site, você apoia nosso conteúdo e faz o blog crescer cada vez mais! 😀   Reserve sua hospedagem no Bookingsão milhares de hotéis e pousadas, para todos os gostos e bolsos. Sem taxa de reserva, com programa de fidelidade (ganhe descontos a partir da 10a reserva) e com muitas opções de hospedagem com cancelamento gratuito!
  Aluguel de carro com a Rentcars: Para viajar no Brasil ou no exterior, sempre fazemos a cotação do aluguel de carro no site da RentCars, que compara o valor das locadoras locais e mostra rapidinho qual o melhor preço para nossas datas. Dá pra parcelar em 12 vezes e o pagamento é sempre em reais (sem IOF!)
  Seguro Viagem com a Real Seguros:  O site compara os diferentes planos e preços oferecidos pelas seguradoras, para você escolher facilmente qual o seguro viagem com melhor custo-beneficio. E clicando por esse link você ainda ganha até 16% de desconto em qualquer seguro do site (11% OFF + 5% para pagamento no boleto)
 Economize e pule a fila: Compre ingressos antecipados para as principais atrações do seu destino. Não perca tempo na fila. Se a atração é muito concorrida, vale garantir seu lugar antecipado! Compare e encontre os melhores preços de ingressos e tours: Tiqets e Get Your Guide
Sair da versão mobile