Atrações da Região dos Lagos, RJ que merecem entrar no roteiro

Região dos Lagos RJ | Destino favorito dos cariocas no verão, a Região dos Lagos é um dos lugares mais bonitos do estado do Rio de Janeiro.

Porém, muita gente que vem de fora do estado provavelmente não conhece todas as cidades da Região dos Lagos e suas atrações.

Por isso, a gente vai contar nossas favoritas nesse post – e quem sabe a gente ajuda você a montar um roteiro bem bacana por lá!

Listamos aqui as melhores atrações da Região dos Lagos, organizadas pelas cidades onde elas se encontram. Assim todo mundo pode planejar sua viagem e conhecer as belezas das cidades da Região dos Lagos RJ.

Lembrando somente que essa lista não está organizada por ordem de preferência. Pra ser sincero, fica difícil até escolher um favorito no meio de tanta beleza! Pode escolher visitar todos esses lugares incríveis? 😀

Região dos Lagos RJ: principais cidades e atrações

Cidades da região dos Lagos RJ: Cabo Frio

Uma das cidades mais procuradas pelos cariocas, especialmente na época de férias escolares e carnaval. A estrutura de Cabo Frio é muito boa, com boa rede hoteleira, restaurantes, supermercados e comércio em geral.

Além disso, há uma infinidade de passeios e paisagens. Desde passeios culturais a rotas gastronômicas e até turismo religioso, Cabo Frio tem de tudo um pouco. Veja nosso post completo sobre o que fazer em Cabo Frio RJ para saber mais.

O único problema é a lotação. Nos meses de verão, a cidade fica tão cheia que o trânsito fica uma loucura, e por vezes falta água em alguns bairros. Se puder evitar essa época de alta procura, visitar Cabo Frio pode ser ainda mais divertido!

Praia das Dunas

A Praia das Dunas tem este nome devido aos bancos de areia branca e fina que se formam na região, que fazem um contraste incrível com a vegetação rasteira da praia.

Chama atenção o visual árido da praia, mas não se engane. Essa praia é ótima para passar um dia tranquilo, pois tem infraestrutura de bares e quiosques que comercializam petiscos e bebidas geladinhas.

Praia das Dunas, Cabo Frio
Foto: Antonio T. Marques

A Praia das Dunas é bem extensa e faz parte de uma área de preservação ambiental.

Se quiser se aventurar pelas dunas, inclusive, prepare-se para encontrar um cenário de novela! Mas é bom ficar atento, porque pela ação dos ventos, as dunas estão constantemente se movendo. Cuidado para não se perder, nunca vá sozinho e leve muito protetor solar e água com você.

O mar de águas cristalinas (marca registrada da Região dos Lagos RJ) é meio agitado e com ondas aqui na Praia das Dunas, com uma forte corrente marítima. Se você não sabe nadar, é melhor não ir pra muito longe da costa.

Pra quem não está acostumado com as praias da Região dos Lagos, pode achar a água muito fria e muito salgada – mas esse é outro componente garantido das praias da Região dos Lagos RJ!

Reserve sua hospedagem em Cabo Frio

Praia do Forte

Por ser o local mais famoso de Cabo Frio, a Praia do Forte está sempre cheia nos meses de verão. A praia fica bem no centro da cidade e é enorme: tem mais de 7 km de extensão!

Com a beleza de seu mar e do forte que dá nome a ela, além do agito das ruas ao redor, muitos cariocas gostam de frequentar o local sempre que podem – rendendo longos engarrafamentos entre o Rio e a Região dos Lagos na alta temporada.

Praia do Forte em Cabo Frio
Praia do Forte em Cabo Frio

A Praia do Forte virou cartão-postal da cidade de Cabo Frio em função das águas transparentes (e geladas), da areia fofa clarinha e do forte São Mateus que fica no canto esquerdo.

Há muitos ambulantes vendendo os mais variados tipos de guloseimas para serem consumidas ali mesmo, e em geral, eles são sempre muito gentis e com preços acessíveis.

Também é possível alugar cadeiras e barracas de praia. Só é melhor evitar na alta temporada, pois nessa época a Praia do Forte fica absurdamente lotada.

Veja hotéis e pousadas em Cabo Frio

Ilha do Japonês

A Ilha do Japonês em Cabo Frio possui águas cristalinas e calmas, perfeita para uma viagem em família. A ilha pode ser acessada facilmente a pé ou de barco.

O acesso principal para a Ilha do Japonês passa pelo bairro Cajueiro em Cabo Frio. Para chegar lá, basta seguir pela Rua dos Espadarte até a entrada do Parque Estadual da Costa do Sol.

Na maré baixa, adultos conseguem fazer a travessia a pé, com água na cintura ou peito (depende da sua altura). É preciso ter cuidado com a corrente, especialmente quando a maré começa a subir.

O trajeto a pé não é recomendado para crianças e/ou idosos, que podem fazer a travessia de barco de forma bem mais segura.

E sem medo de errar: tá aqui uma das atrações mais bonitas da Região dos Lagos RJ!

Ilha do Japonês, Cabo Frio
Foto: RafArt Fotografia _ Rafael Mussel

Há uma taxa de preservação ambiental para visitar o Parque Estadual. O valor cobre o dia todo de permanência e você pode estacionar seu carro perto da ilha ou da Praia das Conchas.

Durante o verão e feriados, há controle de acesso numa tentativa de preservação, para evitar super-lotação.

Vale ressaltar que a Ilha do Japonês não tem nenhuma estrutura. Leve seu lanche e sua água com você.

Veja hotéis e pousadas em Cabo Frio

Cidades da região dos Lagos RJ: Arraial do Cabo

Pontal do Atalaia

Considerado por muita gente como o Caribe brasileiro, o Pontal do Atalaia é um dos lugares mais lindos da Região dos Lagos no Rio de Janeiro, e não é puro exagero.

A escadaria do Pontal do Atalaia, que aparece sempre nas fotos do Instagram, já é um cartão-postal inconfundível de Arraial do Cabo: parece que estamos chegando ao paraíso!

Difícil não ficar apaixonado por essa vista, olha a cor desse mar meio verde, meio azul!

Pontal do Atalaia, Região dos Lagos RJ
Foto: RafArt Fotografia _ Rafael Mussel

A cor do mar muda ao longo do dia, sendo muito mais bonita nos dias de céu limpo e muito sol.

Reserve seu hotel em Arraial do Cabo

Praia do Forno

Mais uma praia que está na lista das mais belas do estado do Rio de Janeiro. A Praia do Forno em Arraial do Cabo é acessível apenas de barco ou por uma trilha.

Praia do Forno - Região dos Lagos - Rio de Janeiro
Foto: RafArt Fotografia _ Rafael Mussel

Por essa razão, ela ainda se mantém relativamente sossegada, exceto quando chega a alta temporada e ela recebe um grande fluxo de turistas em busca de suas paisagens paradisíacas.

Antes de tudo é preciso chegar à Praia dos Anjos em Arraial do Cabo. De fácil acesso, ela fica a apenas 2 km do centro da cidade.

Lá você escolhe entre contratar um barco (mais ou menos R$10 por pessoa) ou percorrer a trilha até a Praia do Forno.

Não se assuste com o nome “trilha”, a caminhada é tranquila e dura não muito mais que 20 minutos, embora seja um pouco íngreme na subida. E no caminho há o mirante com uma das mais belas vistas do litoral brasileiro.

– Hotéis e pousadas em Arraial do Cabo – reserve!

Mergulho com tartarugas e Gruta Azul

A Praia Grande, que fica bem no Centro de Arraial do Cabo, possui uma larga população de tartarugas marinhas.

Por isso, é muito comum observar os simpáticos répteis por lá, principalmente na água, que é cristalina e permite ver o mar até bem lá no fundo.

Com sorte, nos dias de mais sol a água fica ainda mais transparente, melhorando ainda mais a visibilidade e a experiência de snorkel e até mesmo mergulho com cilindro (não sei se você sabe, mas Arraial do Cabo é considerada a capital nacional do mergulho!).

Nessas águas, você vai encontrar corais, diversos peixes e muitas outras formas de vida marinha. E se você nunca mergulhou, não se preocupe!

Na cidade, diversas escolas e agências oferecem o chamado “mergulho de batismo”, que pode ser feito até por quem não sabe nadar! É só não ter medo da aventura e se jogar!

Gruta Azul - Região dos Lagos - Rio de Janeiro
Foto: Marinelson Almeida Silva

Os passeios duram quatro horas e descortinam as mais belas paisagens de Arraial do Cabo. O roteiro inclui paradas no Pontal do Atalaia (Prainhas), praia do Farol (Ilha do Cabo Frio) e praia do Forno, passando pela Gruta Azul, uma salão de 30 metros de extensão e 15 metros de altura.

O nome da Gruta Azul vem dos efeitos causados pelas paredes internas, que têm tons dourados e prateados e que se tornam azuis de acordo com a incidência de luz. As embarcações partem da praia dos Anjos.

O blog Viajando na Janela tem um post completo com dicas sobre a Praia Grande em Arraial do Cabo. Vale conferir.

– Hotéis e pousadas em Arraial do Cabo – reserve!


Cidades da região dos Lagos RJ: Saquarema

Praias de Itaúna e da Vila

Saquarema é conhecida como a capital nacional do surf. Na Praia de Itaúna, cenário de alguns dos principais campeonatos de surf que rolam no Brasil, as ondas podem chegar a até 3 metros!

Entre as praias de Itaúna e da Vila, existe um morro cujo topo abriga a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré. Além da bela igreja, o o morro oferece umas das vistas mais bonitas da região.

Igrejinha de Saquarema, Rio de Janeiro
Vista de Saquarema, Rio de Janeiro

Em Saquarema também fica o Centro de Desenvolvimento de Voleibol, coordenado pela CBV e aberto à visitação. O Museu do Vôlei também funciona ali.

Além das praias, Saquarema também oferece a seus turistas uma opção para quem não é muito fã de ondas ou mesmo de água salgada. Há uma lagoa em Saquarema onde é possível fazer stand-up paddle, um lugar muito convidativo para uma tarde relaxante com a família.

Reserve seu hotel em Saquarema

Praia da Barrinha

Ainda em Saquarema, também há a Praia da Barrinha. Ela fica exatamente onde a lagoa se une com o mar, e por isso, não tem ondas, e há lugares rasos – ótimo para levar as crianças.

Praia da Barrinha, Rio de Janeiro
Praia da Barrinha,Rio de Janeiro

Além disso, Saquarema tem algumas outras boas praias. Algumas sempre cheias, outras quase sempre vazias. Algumas são muito procuradas na alta temporada, como Jaconé, por exemplo.

Reserve seu hotel em Saquarema

Cidades da região dos Lagos RJ: Rio das Ostras

Outra cidade queridinha da Região dos Lagos, menos famosa que suas vizinhas, mas tão agradável que nunca poderia ficar fora de uma lista de favoritos da Região dos Lagos RJ.

Lagoa de Iriri

Popularmente conhecida como Lagoa da Coca-Cola devido à cor de suas águas, que são escuras por apresentar grandes quantidades de iodo.

Mas não se preocupe, mesmo com essa cor peculiar e com a razão para ela ser assim, a lagoa é considerada própria para banho e recebe muitos turistas todo ano.

Lagoa da Coca-cola em Rio das Ostras - Região dos Lagos - Rio de Janeiro
Foto: Thiago Amaral

A Lagoa da Coca-cola é uma ótima pedida para ir com a família e com crianças, pois elas podem brincar e nadar despreocupadas. É preciso apenas ficar atento com a profundidade da lagoa.

É uma experiência muito legal mergulhar em águas cor de coca-cola. É óbvio que não tem gosto diferente, assim como é óbvio que não dá pra ver nada embaixo da água escura.

Mas mesmo assim, a sensação de estar mergulhando numa enorme piscina de coca-cola é bem legal. E como o mar da Praia de Iriri fica bem ali do lado, quem visita a lagoa da coca-cola pode ir até lá, dar um mergulho na água salgada, depois voltar pra água doce da lagoa.

Há uma orla pavimentada que possui quiosques com mesinhas, que servem petiscos. Além disso, o acesso é muito prático (dá pra chegar de carro).

Temos um post completo com muitas outras dicas sobre o que fazer em Rio das Ostras, RJ. Vale a pena conferir!

Reserve seu hotel em Rio das Ostras

Cidades da região dos Lagos RJ: Búzios

Orla Bardot

Búzios ficou muito famosa por causa da sua visitante mais ilustre, a famosa atriz Brigitte Bardot, que deixou as praias desse balneário da Região dos Lagos muito conhecido em todo o mundo.

Ela é, inclusive, homenageada com uma estátua, nessa orla que leva seu nome.

Mas nem só de praias vive o turismo de Búzios. A orla Bardot dá o charme ao centro de Búzios. Lugares para passear apreciando a paisagem de barcos e casarões coloniais ao pôr do sol.

Ideal para sentar nos banquinhos e ver a vida passar bem no meio da agitada vida de Búzios.

Igualzinho, segundo consta, a famosa atriz francesa costumava fazer.

Rua das Pedras

Mas pra quem não abre mão de um destino completo, que tenha uma infraestrutura turística que permita comer bem e se divertir, Búzios traz a badalada Rua das Pedras, que fica a uma quadra da Orla Bardot.

Na verdade, muitos consideram que ambas são parte da mesma grande área de entretenimento.

O forte da Rua das Pedras é o comércio. São muitas lojas (algumas grifes nacionais e internacionais, inclusive), além de restaurantes e agências de turismo. Se você procura um ponto de referência para se hospedar no centro de Búzios, a Rua das Pedras é a melhor!

Reserve seu hotel em Búzios

Dica Bônus: Praias de nudismo na Região dos Lagos RJ

A Região dos Lagos abriga duas das melhores praias de nudismo do Brasil segundo uma lista que a Marie Claire publicou em 2018: A Praia Olho de Boi em Búzios e a Praia Brava em Cabo Frio.

Praia Olho de Boi fica escondida entre alguns morros, que dão beleza ao lugar e privacidade para os praticantes de naturismo.

Para chegar lá, siga a trilha que começa no canto direito da Praia Brava de Búzios (aproximadamente 30 minutos de caminhada, com subidas).

Já a Praia Brava de Cabo Frio, é cercada por paredões rochosos de 20 metros de altura, que também garantem a privacidade da área.

É uma praia muito procurada por surfistas, pelo agito das ondas. E a galera aproveita ao máximo, surfando pelada!

Pra chegar lá, também é preciso encarar uma trilha (bem difícil), mas a paisagem praticamente deserta e preservada vale todo o esforço.

A Ilha do Japonês fica bem pertinho da Praia Brava, por isso você pode dividir um dia entre os dois destinos. Na praia Brava, inclusive, há uma área de uso comum, onde você não precisa tirar a roupa. As duas partes da praia são separadas por uma pedra.

Outra coisa importante que vale avisar: nenhuma dessas duas praias oferece estrutura. Você precisa levar tudo que precisa para passar um dia por lá.

Qual a sua cidade favorita na Região dos Lagos?

Essa foi uma lista bem eclética que trouxe destinos para diversos tipos de viajantes.

E você, já visitou algum deles? Se não, qual você mais se interessou? E tem algum outro que recomendaria que não está na lista?

Conta pra gente nos comentários!

Ah, e confira também outras regiões turísticas do Rio de Janeiro que já publicamos aqui no blog:

Planeje sua viagem

Thiago Amaral
Thiago é um professor de Inglês que, apesar dos seus (já) 30 e poucos, ainda vai ser jornalista. Não viaja tanto quanto gostaria, mas também um dia o fará. Por ora, se arrisca escrevendo sobre assuntos aleatórios e eventualmente viaja com sua esposa Marcela e filha Alice. E por isso foi convidado a escrever (eventualmente) neste blog: para dar dicas e contar sobre a experiência de viajar em família e com criança.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *