O que fazer em Montevidéu: dicas para montar o roteiro

O que fazer em Montevidéu | A charmosa capital do Uruguai, Montevidéu, tem todas as facilidades de uma capital mas preserva aquela calmaria de uma cidade de interior.

Além disso, a maior vantagem para quem viaja saindo do Brasil, é que Montevidéu é um destino de viagem internacional que cabe em um final de semana. Você consegue montar um roteiro bem completo com o que fazer em Montevidéu em 2 dias!

Por isso, costumo dizer que Montevidéu provavelmente é a melhor opção de roteiro internacional bate-e-volta saindo do Brasil.

Por outro lado, pra quem tem mais tempo na cidade, não vão faltar opções de o que fazer em Montevidéu!

Você pode esticar e conhecer as cidades vizinhas, como Colonia del Sacramento e Carmelo, ou o balneário de verão uruguaio, a concorrida Punta del Este.

O que fazer em Montevidéu: roteiro de 2 dias

Dia 1 [o que fazer em Montevidéu]

Para seu primeiro contato com a capital do Uruguai, recomendo um rolé pelo centro de Montevidéu, incluindo a Ciudad Vieja (a parte mais histórica da cidade).

Esse circuito pode ser feito a pé sem problemas, você vai andar bastante mas vale a pena. O importante para este dia é começar bem cedo, porque você tem bastante coisa pra ver!

Centro de Montevidéu

Começamos o passeio pela Intendencia de Montevideo (prédio da prefeitura da cidade). Lá tem um mirante (chamado pelos uruguaios de mirador) no 22º andar, de onde se tem uma boa vista da cidade.

Como o local é um órgão público, as visitas ao mirador só são liberadas no final de semana. Mas vale a pena conferir a vista, ainda mais que é gratuito!

É só pedir o ticket de acesso na cabine de informações que fica à direita da Intendencia. Temos um outro post com mais dicas de atrações gratuitas em Montevidéu, ideal para quem quer um roteiro mais econômico.

O prédio da Intendência de Montevidéu fica na Avenida 18 de Julio, a mais importante ali do centro. Seguindo pela avenida, você vai notar que a rua é super movimentada e repleta de prédios com bonita arquitetura.

Você vai passar inclusive pela Fonte de los Cadeados, cheia de cadeados com iniciais de amantes. A fonte fica bem em frente ao Restaurante Facal, um dos mais tradicionais de Montevidéu. 

No final da Avenida 18 de Julio, você encontra a Plaza Independencia. Bem no meio da praça fica o mausoléu do General Artigas, considerado o Pai da Pátria Oriental, tendo papel importante na independência do Uruguai.

Plaza Independência, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Ao redor da praça, outros pontos importantes são:

o Palácio Salvo, que já foi o prédio mais alto da América do Sul.

A arquitetura maravilhosa se destaca, e esse prédio é considerado um prédio irmão do Palácio Barolo em Buenos Aires (os dois tinham um luz de farol no topo, que serviam para comunicação).

Existe um mirador no alto do prédio, com visitação paga. Também são oferecidas visitas guiadas no Palácio Salvo.

Palácio Salvo, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

A Puerta de La Ciudadela, que marca onde ficava a muralha que separava a Ciudad Vieja de Montevidéu.

Puerta de la Ciudadela, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

O famoso Teatro Solis, que não fica bem na praça, mas ali pertinho, um pouco recuado. Para visitar o Teatro Solis, há possibilidade de visitas guiadas em horários determinados. A visita é paga.

Teatro Sólis em Montevidéu, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Ciudad Vieja

Atravessando a Puerta de La Ciudadela, você chegou na Ciudad Vieja, a antiga cidade murada de Montevidéu.

Siga a caminhada pela Calle Sarandi, uma rua de pedestres cheia de charme e artistas de rua. Preste atenção no chão, tem uma mini-calçada da fama na rua.

Visite a Livraria Más Puro Verso, que tem uma arquitetura muito linda, além de um café muito convidativo no segundo andar.

Livraria Más Puro Verso, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Na Calle Sarandi e arredores, você encontra vários museus e galerias de arte. O mais famoso é o Museo Torres Garcia, na Sarandi, mas também há o Museo del Carnaval e o Museo Andes 1972.

Em seguida, visite a Plaza Constitución. Ao redor da praça, entre na Catedral Metropolitana de Montevidéu e aviste o antigo Cabildo

Siga para o Mercado del Puerto para uma parrilla autenticamente uruguaia – cara mas deliciosa!

Comer no Mercado é uma opção que pesa no bolso, lá é tudo bem turístico. Mas valeu a pena investir na experiência porque a comida estava fantástica.

Mercado del Puerto Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Nós comemos no Restaurante El Palanque e recomendamos muito! No blog Espiando pelo Mundo há avaliação de mais 4 restaurantes no Mercado del Puerto, vale a pena conferir se você também planeja comer por lá.

Dica extra: esse post do blog uma viagem diferente dá um monte de dica bacana sobre o que comer no Uruguai, vale a pena para conhecer os pratos típicos.

Punta Carretas

Terminamos o dia passeando pela rambla de Punta Carretas, um espaço delicioso para caminhadas. Você vai encontrar muita gente por lá, fazendo exercícios ou curtindo a paisagem.

Rambla de Punta Carretas, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Seguindo pela Rambla, fomos em direção ao farol de Punta Carretas, que também oferece uma vista bonita do rio de la Plata.

Queríamos ver o por do sol ali, mas não ficamos esperando porque achamos meio deserto e pouco iluminado.

Farol de Punta Carretas, Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

À noite, visitamos o Shopping Punta Carretas, que é bem pequeno e não chega a ser uma atração essencial nessa lista de o que fazer em Montevidéu.

Você pode trocar essa ida ao shopping por um bom restaurante em Punta Carretas, por exemplo.

Dia 2 [o que fazer em Montevidéu]

Feiras de rua em Montevidéu

Comece o dia visitando uma das muitas feiras de Montevidéu. Praticamente, todos os dias há uma feira diferente em um dos bairros da cidade.

Falamos um pouco mais das feiras de Montevidéu em nosso post sobre as atrações gratuitas de Montevidéu.

 A mais famosa e maior delas com certeza é Feira Tristán Narvaja, no centro aos domingo. Particularmente, não gostei. Achei muito difícil circular pelas ruas mais centrais, e nas ruas distantes não achei nada de interessante.

Gostei muito mais de visitar a feira da Villa Biarritz em Punta Carretas (terças e sábados, das 7h às 16h).

Feiras livres de Montevidéu, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Parque Rodó

Depois, pode seguir para o Parque Rodó, o maior parque da cidade, onde os locais adoram passear, descansar, praticar esportes.

O Parque Rodó podia ser um pouco mais bem cuidado, mas ainda assim, você encontra uma linda área verde pra passear em Montevidéu.

Parque Rodó em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Palácio Legislativo e Torre de Las Comunicaciones

Depois do almoço, vale uma esticada até o prédio do Palácio Legislativo para uma visita guiada.

A visita só é possível no final de semana, às 15h. Peça um Uber ou táxi, porque é longe.

Esse foi o prédio mais incrível que visitamos em Montevidéu. A visita é cheia de detalhes históricos e da arquitetura, e vale muito a pena!

Interior do Palácio Legislativo, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Perto dele, fica a Torre de Las Comunicaciones, ou a Torre da Antel, onde existe mais um mirador da cidade com entrada gratuita.

Lá de cima você tem uma bela vista do porto e da cidade, vale muito a pena a visita.

Vista da Torre da Antel, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Pocitos e Buceo

Uma excelente opção para terminar o dia e tirar boas fotos é ver o por do sol da rambla de Pocitos, no letreiro Montevideo, e seguir para jantar ali por Pocitos, em um dos restaurantes do bairro.

letreiro Montevidéu, Rambla de Pocitos, Uruguai
Foto: Fui Ser Viajante

Outra opção é seguir até Buceo, uma região mais perto do Montevideo Shopping, onde ficam vários boliches, restaurantes e bares animados para passar a noite.

O que fazer em Montevidéu se você tem mais dias?

Para quem tem mais de 2 dias em Montevidéu, ainda há atrações interessantes na cidade que valem a pena incluir no roteiro.

Por exemplo, você pode visitar o Estádio Centenário de Montevidéu, onde fica o Museu do Futebol.

Estádio Centenario de Montevidéu e Museu do Futebol
Foto: Fui Ser Viajante

Pouca gente sabe, mas Montevidéu também tem um Obelisco onde você pode tirar fotos, chamado Obelisco a los Constituyentes. Ele fica meio fora da rota turística, mas era perto da rodoviária, por onde chegamos em Montevidéu.

Obelisco de Montevidéu, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

Para os amantes de vinho, existem bodegas próximas a Montevidéu, sendo a Bodega Bouza a mais famosa e visitada. A bodega fica fora da cidade e é preciso contratar um serviço de transporte.

A bodega conta também com um restautante bem recomendado, por isso a dica é se programar para visitar e almoçar por lá.

O Museu Naval de Montevidéu é pequeno mas interessante para os amantes do tema. 

O misterioso Castillo Pittamiglio, um prédio bem diferente e cheio de histórias em Punta Carretas, oferece visita guiada (inclusive uma “visita com magia” que funciona à noite).

Vale muito um bate-e-volta em Colonia del Sacramento (ou mesmo pernoitar por lá).

Punta del Este, o balneário de verão mais badalado do Uruguai, também tem seu charme e é mais uma opção para conhecer saindo de Montevidéu. Para ir a Punta, reserve um hotel na cidade e pernoite por lá, porque a distância dificulta fazer um bate-e-volta.

O que fazer em Montevidéu: dicas para planejar a viagem

Seguro viagem para o Uruguai

O Seguro Viagem não é obrigatório para viajar para o Uruguai. Mas mesmo sendo uma viagem bem perto do Brasil, a gente não abre mão de viajar com seguro para lá.

A gente nunca sabe o que pode acontecer, desde pequenos incidentes, bagagem extraviada ou qualquer outra intercorrência na viagem, é melhor viajar tranquilo contando com o seguro.

Na hora de fazer a compra de seguro viagem, eu sempre uso o site da Seguros Promo. Esse site funciona como um comparador de preços entre as seguradoras. 

Basta colocar o destino e as datas da sua viagem, que você descobre facilmente qual o seguro que oferece o melhor custo-benefício pra você.

> Faça uma cotação com a Real Seguros e aproveite o super desconto de até 16% no seguro viagem (11% OFF pelo link + 5% de desconto para pagamento em boleto).

Se você não entende muito bem como funciona o seguro viagem, pode ler mais sobre Seguro Viagem aqui no site.

As pessoas de Montevidéu

Sério, nunca visitei um lugar com pessoas tão simpáticas, tão abertas à conversa com estranhos, tão educadas, tão prestativas.

Minha maior dica não poderia ser outra: fale com os locais! O pessoal de Montevidéu é demais!

Aeroporto e transporte na cidade

O aeroporto de Montevidéu (Aeroporto de Carrasco) fica afastado da cidade (aproximadamente 30min de carro).

Você consegue ir de ônibus, de táxi (os oficiais tem preços tabelados) ou de Uber. Conta a lenda que tem wi-fi disponível gratuitamente no aeroporto. Eu até consegui conectar, mas navegar que é bom, fiquei só na vontade…  

Há um site com as tarifas atualizadas de táxis oficiais do Aeroporto para diferentes bairros de Montevidéu. Pra quem vai usar o Uber, a cobrança vai vir no seu cartão como compra internacional, acrescida de IOF.

Os ônibus que seguem de Montevidéu para Punta del Este fazem parada no aeroporto, que fica na rota entre as duas cidades.

Portanto, dá pra seguir direto para Punta del Este do aeroporto, pegando o ônibus na área de desembarque (empresas COT ou Copsa).

Aproveitamos isso na volta: viemos de Punta del Este e paramos direto no aeroporto, sem precisar ir até Montevidéu.

Os ônibus são confortáveis, com ar-condicionado. A empresa COT oferece wi-fi nos ônibus, e estes eram um pouco mais modernos que os da Copsa.

Câmbio, IVA, e saque no caixa eletrônico

A cotação do aeroporto e da rodoviária, como quase sempre, não é das mais convidativas.

O melhor para quem viaja levando reais, é trocar nas casas de câmbio do centro.

A gente usou muito o cartão de crédito internacional para alimentação e hospedagem no Uruguai, pela enorme vantagem que os turistas tem no país de receber o retorno do IVA (imposto uruguaio), que de longe compensa os gastos com IOF.

Em Montevidéu também fizemos saques em caixa eletrônico. A rede de caixas Redbrou (caixas do Banco da República) aceita cartões de bandeira Mastercard, e a rede de caixas RedBan aceita cartões de crédito Visa.

Utilizamos um cartão Visa do Banco do Brasil e o saque foi realizado com débito na conta, recebi a confirmação no celular imediatamente. Por uns dias, a movimentação ficou na fatura do meu cartão, como se tivesse sido feita no crédito.

Mas uns dias depois, eles retiraram do cartão e ficou só a movimentação na conta. É bom guardar os comprovantes só pra certificar que vai correr tudo certinho.

Hospedagem: onde ficar em Montevidéu por bairros

Se você quer ficar perto da maior parte das atrações, o melhor bairro é Ciudad Vieja. O problema é que essa área não é das mais convidativas para um passeio noturno, chega até a ser um pouco perigoso.

Pocitos é um excelente bairro, próximo à orla, com boas opções gastronômicas e bem tranquilo. Tem um shopping no bairro, o Montevideo Shopping, mas não gostei de lá. O shopping era lotado, tinha poucas opções de alimentação e quase nenhuma loja interessante.

Punta Carretas, onde ficamos, seria minha escolha de novo e de novo para hospedagem em Montevidéu! O bairro é bonito, com excelentes opções de restaurantes, além de contar com o pedaço mais bonito da rambla (orla) de Montevidéu.

Ficamos hospedados em um flat no prédio 27 Suites. O quarto era super amplo, com uma mini-copa e frigobar. Tudo muito limpo e com serviço de quarto diário. Só não estava incluído o café da manhã, mas resolvemos isso fácil com compras no mercado.

Tem uma delicatessen e uma lavanderia super perto do 27 Suítes. O shopping de Punta Carretas fica na vizinhança e foi super útil pra gente.

No shopping tem um mercado enorme, onde compramos suprimentos, vinhos, comidinhas pra petiscar em casa. Tem várias lojas interessantes no shopping também e a praça de alimentação tem boas opções.

Veja outras opções de hospedagem em Montevidéu:

Esplendor by Wyndham Montevideo Punta Carretas 

Pocitos Plaza Hotel

Punta Trouville Hotel

Ainda não achou seu hotel ideal em Montevidéu? 

Veja aqui mais opções de hotéis e pousadas em Montevidéu e escolha o seu.

Onde comer em Montevidéu

Come-se muito bem em Montevidéu, especialmente as carnes são deliciosas!

Os nossos favoritos com certeza foram o La Otra – Parrilla (Punta Carretas) e o El Palanque (Mercado Municipal, Centro). Esses dois lugares são opções mais caras de cardápio, para quem quer comer carne e passar muito bem.

Uma opção mais em conta é o Parrillada Tintos y Rubias (Punta Carretas), que é um restaurante menos badalado mas com preço muito honesto e cozinha saborosa.

O Facal (centro) é um restaurante de muita tradição e gostamos de comer lá também. O restaurante é conhecido por ter o melhor sorvete artesanal de dulce de leche.

Onde tiver oportunidade, experimente o Medio y Medio, uma bebida típica do Uruguai, preparada com vinho branco e espumante.

Medio y medio, O que fazer em Montevidéu
Foto: Fui Ser Viajante

O La Pasiva, uma rede de restaurantes em Montevidéu, foi nossa escolha para provar o chivito, o lanche mais popular do Uruguai.

O Café Brasilero é uma boa opção para um lanche ou um café. A praça de alimentação do Shopping Punta Carretas também salvou na hora de uma refeição rápida por um bom preço.

O Baar Fun Fun é super recomendado pelo ambiente e pelos os shows de candombe, o equivalente ao tango no Uruguai, mas acabamos não visitando.

O que achou das nossas dicas sobre o que fazer em Montevidéu?

Gostou das nossas dicas sobre o que fazer em Montevidéu? Compartilhe com a gente nos comentários se você já conhece a cidade ou se pretende visitá-la com nossas dicas!

Nós achamos a cidade é muito charmosa e acolhedora, poderia voltar mais e mais, só pra comer bem e conversar com os simpáticos moradores!

Avatar for Klécia
Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Laís Ariane disse:

Klécia, adorei as dicas! Principalmente dessa feirinha em Punta Carretas. Adoro feirinhas e não vou tá na cidade em um fim de semana, bom saber que tem essa na terça! E achei ótimo que vou me hospedar no mesmo local que você ficou, excelentes dicas das redondezas! Parabéns pelo site, tudo bem completinho! =)

Klécia disse:

Oi Laís! Que bom!! Montevideo é uma cidade linda, você vai adorar! A cidade tem várias feirinhas, espalhadas pelos dias da semana. Tem até outro post aqui do blog que dá horários e descreve tudo também. Espero que você curta muito por lá! Ficar em Punta Carretas é muito gostoso! O bairro é um charme! 🙂

Seu post me fez relembrar nossa viagem para Montevideu. O post ficou completo. Parabéns!

Klécia disse:

Que bom que te trouxe boas memórias 🙂

Paula Abud disse:

Post super completinho, adorei, Klécia! Quero muito conhecer Montevideu, espero unir juntamente ao roteiro Punta, Carmelo e Colonia, essas fotos ficaram lindas, fiquei ainda mais curiosa pra conhecer!
Beijos.

Klécia disse:

Dá pra juntar sim Paula, só pegar mais alguns dias. O deslocamento é tranquilo!

Juliana disse:

Pena que não existia esse seu post quando fui a Montevideu no ano passado. Não aproveitei quase nada da cidade 🙁 Consegui enxergar a cidade com outros olhos depois do seu relato.

Em compensação, conheci outros vilarejos do litoral uruguaio que fiquei apaixonada: Punta del Diablo e Cabo Polonio. Super valem a visita.
Vou deixar o link aqui para complementar sua postagem! 🙂
http://paraondefomos.com.br/punta-del-diablo-a-nossa-primeira-agradavel-surpresa-no-uruguai/
http://paraondefomos.com.br/cabo-polonio-paraiso-escondido-uruguai/

Beijão!!

Klécia disse:

Obrigada Juliana!!! Eu ainda não conheci esses vilarejos, então vou viajar com você nos seus posts!!! E os leitores agradecem também, por acharem mais opções no lindo Uruguai 🙂

Adorei o post, ficou muito informativo! Fiz um roteiro parecido, mas não deu tempo de visitar as Feiras de Rua, o estádio e o Paque Rodo. O que mais gostei na cidade foi Pocitos! <3

Klécia disse:

Pocitos é mesmo incrível 🙂

Excelente roteiro para conhecer Montevideu! É uma cidade que se fala muito pouco, mas deve ser fabulosa! Vou guardar este artigo para um dia visitar este destino, obrigado!

Klécia disse:

É fabulosa sim, e muito aconchegante! Tomara que você visite um dia!

Que legal ler esse post, estou querendo muito conhecer Montevieu e o Uruguai…
Adorei as dicas 🙂
bjo

Klécia disse:

Vale super a pena, Mirella! Você não vai se arrepender!

Laura Sette disse:

O Uruguai parece ser um charme! Há tempos queria conhecer – agora que me mudei pra Dinamarca vai ficar mais complicado do que “dar um pulinho ali no fds” 😛 hehe
Parabéns pelo post, bem detalhado!
Bjos!

Klécia disse:

Tomara que um dia você encaixe uma visita, Laura. O país é lindo!

Lindas fotos! E quanta coisa legal pra fazer, hein?! Fiquei babando aqui com essa Parrillada. Dica anotada! 😉

Klécia disse:

Tava mesmo uma delícia! A gente come bem demais no Uruguai 🙂

O post que eu estava procurando! rs. Em 2017 pretendo visitar Montividéu e essas dicas vão ser muito úteis! Parabéns pelo post. Fiquei encantada com o seu olhar na cidade!

=* Keul
http://www.turistandonomundo.com.br

Klécia disse:

Obrigada Keul! Certeza que você vai amar essa cidade linda!

Ruthia disse:

Olá Klécia, a sua descrição foi ao encontro do que eu acho da cidade, charmosa e com muitas atrações, mas sem os inconvenientes das grandes metrópoles. Adorei as fotos da livraria de do interior do Palácio Legislativo.
Abraço desde Portugal
Ruthia d’O Berço do Mundo

Klécia disse:

Abraços, Ruthia! Montevideo é mesmo uma graça, acho que não tem como não se apaixonar 🙂

Patricia disse:

ótimo post! Super completo e cheio de dicas. Parabéns!
Deixei guardado aqui para usar quando for para a cidade (espero que isso aconteça logo!)

Klécia disse:

Tomara que seja em breve, Patrícia!

É mesmo uma cidade muito fofa, Montevidéu né?! Você viu bastante da cidade, a explorou muito.Eu já visitei o país duas vezes e acho que nunca vi o nome. 🙂

Parabéns Klécia! Mais um texto excelente! Me senti novamente na cidade, passeando pelas ramblas, visitando o lindo Solis, comendo a deliciosa comida uruguaia! Obrigada por esse passeio agradabilíssimo. beijos Ana

Klécia disse:

A cidade é uma graça, Ana. Adorei cada dia que passei por lá, e voltaria com certeza! Adoro suas visitas por aqui! Obrigada pelos comentários sempre carinhosos!