Guia histórico com as principais atrações do Fórum Romano

Atrações do Fórum Romano | Se você é um apaixonado por história, o Fórum Romano é um dos lugares mais impressionantes para visitar em Roma.

Mas como eu expliquei no post sobre as dicas e mapa para visitar o Fórum Romano, o lugar peca em organização e sinalização, o que dificultou muito a minha visita. 

Como eu não consegui um áudio-guia, tudo foi mais difícil: Quais as principais atrações do Fórum Romano (que é enorme!)? Quais as funções e particularidades de cada prédio na época do Império Romano?

Leia também:
+ Onde se hospedar em Roma: melhores bairros
+ Roteiro de 3 dias em Roma (ideal para primeira viagem)

Com essas perguntas em mente, preparei um pequeno Guia Histórico sobre as principais atrações do Fórum Romano.

Espero que ajude os próximos viajantes em Roma a se encontrarem na visita às ruínas, e a entenderem a grandiosidade do que representavam os edifícios que existiam por ali. Vamos juntos, então?

Entendendo o Fórum Romano

Aqui, vale explicar um pouco mais o porquê de ser tão difícil ‘entender’ o Fórum Romano.

Evite filas: compre antecipado o ingresso Fórum Romano + Coliseu + Palatino

Por mais de mil anos, o Fórum Romano era o centro do poder de Roma. Arte, poder e religião se misturavam pelas ruas.

Primeiro, surgiram os templos religiosos. Em seguida, vieram os edifícios públicos e o comércio. Como em toda cidade que cresce, os prédios começaram a disputar espaço.

A região do Fórum Romano se tornou um complexo emaranhado de construções antigas e novas, que se sobrepunham umas às outras.

Junte essa pequena bagunça aos efeitos do fim do Império e do subsequente abandono das instituições. Mais terremotos, saques… E os efeitos da cristianização, que cismou em destruir ou remodelar os antigos templos ‘pagãos’.

Por séculos, a área do antigo Fórum Romano foi usada como pedreira. Materiais eram retirados dos antigos edifícios para dar origem a novas construções. Animais pastavam por ali.

Isso durou até os século XVIII e XIX, quando as primeiras ruínas começaram a ser descobertas, embaixo de uma camada de sujeira e escombros de até 15 metros.

O que vemos hoje é uma mínima fração do que foi o Fórum Romano nos tempos áureos do Império, um dos maiores que já existiu na Europa e no mundo.

Cada arco, cada coluna quebrada no chão, cada edifício e cada inscrição representam anos de glória, que até hoje impressionam os visitantes apaixonados por história da humanidade.

Leia também:
Visita ao Fórum Romano e Palatino: dicas e mapa – você vai precisar!
Monte Palatino: da fundação de Roma aos palácios do Império

Principais atrações do Fórum Romano: um guia

Vou começar deixando o mapa do Fórum Romano aqui, pra você identificar onde fica cada atração.

Fórum Romano e Palatino
Adaptado de http://www.capitolium.org

Via Sacra (no mapa, 22)

Você provavelmente vai entrar no Fórum Romano pela Via Sacra. Muita gente se distrai com a fila e não percebe que está caminhando por uma das principais ruas da história!

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

A Via Sacra era uma das principais e maiores ruas da Roma Imperial. Começando no Capitólio, no monte Capitolino, a rua cruzava todo o Fórum Romano até chegar no Coliseu.

Por ali, tradicionalmente passavam os triunfos romanos. Era um misto de cerimônia civil e religiosa, que homenageava os comandantes militares bem-sucedidos nas campanhas de expansão do Império.

Por séculos, essa rua acompanhou os passos de multidões que iam, diariamente, ao mercado, às basílicas ou às termas romanas.

A Via Sacra conduziu tanto os imperadores quanto as prostitutas de Roma. Hoje, o pavimento de pedras largas está gasto dos séculos e apresenta algumas pedras soltas.

Mas é impossível não imaginar que você está pisando na rua onde caminhou Júlio César!

Arco de Tito (no mapa, 1)

Seguindo em frente pela Via Sacra, você vai cruzar o Arco de Tito. Uma das construções mais preservadas que você vai encontrar no Fórum Romano.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

O Arco de Tito foi construído no século I d.C. em comemoração à conquista de Jerusalém pelas legiões romanas comandadas pelo imperador Tito Flávio.

Uma coisa tem que ficar clara desde já: os romanos adoravam ostentar as suas glórias!

Esse arco é um dos mais célebres de Roma, feito totalmente em mármore e rico em detalhes, esculpidos com precisão. Ainda são visíveis, apesar dos séculos, símbolos judaicos muito representativos, gravados nas paredes do Arco.

O que mais me chamou atenção foi o Menorá, o candelabro de sete braços, símbolo do Judaísmo.

No topo do Arco, está escrito em Latim: “SENATVS POPVLVSQVE ROMANVS DIVO TITO DIVI VESPASIANI F[ILIO] VESPASIANO AVGVSTO”, que significa “O senado e o povo romano [dedicam] ao divino Tito Vespasiano Augusto, filho do divino Vespasiano”.

As partes [entre colchetes] não constam na inscrição. Foram acrescentadas em tradução livre para melhorar o entendimento.

Uma curiosidade interessante sobre o Arco de Tito: nenhum judeu, nem de Roma nem de nenhum lugar do mundo, passava embaixo do Arco de Tito, desde sua criação até 1948.

Neste ano, o Estado de Israel foi criado e os judeus fizeram uma grande parada em Roma. Neste dia, passaram todos embaixo do Arco, para comemorar a reconquista da sua terra!

Templo de Vênus e Roma (no mapa, 3)

Depois de passar no Arco de Tito, vire à direita e siga até o Templo de Vênus e Roma, que fica bem em frente ao Coliseu. Localizado num plano mais alto do Fórum, o templo foi construído pelo Imperador Adriano.

Fórum Romano e Palatino

Foi dedicado às deusas Vênus Felix (deusa do amor e da beleza) e Roma Aeterna (divindade que representa o Estado Romano). Esse era o maior de todos os templos pagãos da antiga Roma.

O templo original era formado por duas câmaras, que ficavam uma de costas para a outra. Cada câmara era dedicada a uma divindade.

Do Templo de Vênus, hoje podemos ver apenas o nicho semicircular que fica de frente para o Coliseu. O Templo de Roma, por sua vez, foi convertido na Igreja de Santa Francesca Romana, no século XVII.

Basílica de Magêncio (no mapa, 2)

Bem ao lado do Templo de Vênus e Roma, fica a Basílica de Magêncio.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

Essa foi uma das construções que mais me impressionou no Fórum Romano.

Tanto pelo seu tamanho quanto pelo reforço estrutural que foi necessário para preservar a estrutura, muito prejudicada por um terremoto em 847 d.C.

O nome é uma homenagem ao Imperador Magêncio, mais conhecido como Marco Aurélio, que foi quem começou a construção, embora tenha morrido antes de vê-la terminada.

A Basílica de Magêncio foi uma das últimas basílicas civis construídas no Fórum Romano, usada para atividades comerciais e administrativas. Foi aqui que eu aprendi que basílica não é um termo religioso.

Em arquitetura, as basílicas são espaços grandes cobertos, destinados à realização de assembléias.

As basílicas romanas derivam das ágoras gregas, e eram espaços multifuncionais, aplicados a comércio, política, áreas públicas e sociais.

As basílicas romanas foram absorvidas pelo cristianismo, porque juntavam dois fatores: grandes espaços e suntuosidade. E por isso hoje a gente vê tanta basílica católica por aí!

Templo de Rômulo e Templo da Paz (no mapa, 5)

Rômulo era filho do Imperador Magêncio, e morreu ainda adolescente. Seu pai mandou construir esse templo em sua honra – os imperadores romanos eram divinizados após a morte.

principais-atrações-para-visitar-no-Fórum-Romano-6

Nada mais justo que um templo para o recém-eleito Divino Rômulo! A estrutura era circular e a enorme porta de bronze da entrada é original da época romana.

Ao lado do Templo de Rômulo ficava o Templo da Paz, construído também para celebrar a conquista de Jerusalém em 75 d.C., embora deste não reste mais quase nada.

Com o fim do Império Romano, os dois templos foram convertidos em uma Igreja Cristã, a Basílica de São Cosme e Damião, que permanece lá até os dias de hoje.

Templo de Antonino e Faustina (no mapa, 6)

Logo ali do lado, fica o templo dedicado a Antonino e Faustina. Mais uma das construções razoavelmente bem preservadas do Fórum Romano, embora tenha sido bastante modificada ao longos dos séculos.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

O templo foi construído em 141 d.C. para honrar a Imperatriz Faustina quando ela morreu – mais uma nova divindade! Depois da morte de seu esposo Imperador Antonino, o templo foi dedicado também a ele.

Do templo original, restam seis imponentes colunas, que ficavam na frente do templo, e mais um par de colunas nas laterais. Cada uma tem 17 metros de altura e detalhes coríntios na decoração.

Dá pra ler mais uma inscrição no topo das colunas, que diz “DIVO ANTONINO ET DIVAE FAVSTINAE EX S.C.”, que significa “Ao Divino Antonino e à Divina Antonina, por decreto do Senado”. 

O templo foi convertido em Igreja, dedicada a São Lorenzo, provavelmente ainda no século VII, por acreditarem que ali o santo havia sido martirizado pelos romanos.

As colunas ‘pagãs’ tem fortes riscos, provavelmente causados por tentativas de derrubar o pórtico que sobrou do antigo templo.

No século XVI, parte das reformas foram demolidas, para tentar deixar o templo mais parecido com sua forma original – tudo por conta da visita do Imperador Carlos V à Roma.

Infelizmente os visitantes não podem chegar perto da porta, muito menos entrar no antigo templo.

Há um enorme vão separando a escadaria da enorme porta verde que dá acesso à Igreja, e a gente fica só na curiosidade de imaginar como é lá dentro. Lá em cima, dá pra ver uma cruz marcando a propriedade católica sobre o templo.

Templo de Vesta (no mapa, 9) e Casa das Virgens Vestais

Pegando a rua em frente ao Templo de Antonino e Faustina, você vai passar pela Régia (no mapa, 8), pelo Templo de Cesar (no mapa, 7) até chegar no Templo de Vesta.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

Esse era um dos edifícios mais sagrados e importantes da Roma Antiga, pois ali ficava o Fogo Sagrado, em honra à deusa Vesta. O Fogo era protegido pelas Vestais, seis sacerdotisas escolhidas entre as crianças das mais respeitadas famílias romanas.

Hoje restam apenas algumas das vinte colunas que circundavam o templo circular. Provavelmente existia uma abertura no telhado, que permitia que a fumaça saísse do templo.

Ao lado do Templo de Vesta ficava a Casa das Virgens Vestais, um dos lugares mais bonitos do Fórum Romano. 

A Casa das Virgens Vestais era um palácio suntuoso, com três andares e 50 cômodos, construído em volta de um átrio alongado e delicadamente decorado com três espelhos d’água.

É incrível como ainda senti a presença e delicadeza feminina quando andei por lá. No pátio, estão estátuas das jovens vestais que presidiam os grupos de seis sacerdotisas, com inscrições de suas virtudes nos pedestais.

Há algumas rosas que ainda dão um toque a mais ao lugar.

Templo de Castor e Pólux (no mapa, 10)

Bem próximo ao Templo de Vesta fica o que resta do Templo de Castor e Pólux. São apenas três colunas, cada uma com 12 metros de altura.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

O templo foi construído como agradecimento aos irmãos Castor e Pólux, os irmãos-gêmeos da constelação de Gemini.

Os romanos acreditavam que, graças aos irmãos, eles saíram vencedores da Batalha do Lago Região, em 495 a.C.

Uma lenda romana conta que, após a vitória, Castor e Pólux saíram cavalgando por Roma, e deram de beber a seus cavalos numa fonte do Fórum Romano, e por isso o templo foi construído ali.

O templo original foi destruído, sendo reconstruído por Tibério do século I d.C. Esse também não resistiu aos séculos. As três colunas sobreviventes, chamadas de Três Irmãs, foi tudo que restou para contar a sua história.

Basílica Julia (no mapa, 11)

Atrás das Três Irmãs fica (ou melhor, ficava) a magnífica Basílica Júlia (Giulia, em italiano). O nome é uma homenagem ao Imperador Júlio César.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

O prédio era utilizado durante o período inicial do Império Romano, abrigando os tribunais civis, para reuniões e debates oficiais do Estado.

Infelizmente, não sobrou muita coisa do que foi um dia um prédio rico e super ornamentado.

Podemos ver apenas as bases do edifício, alguns pisos, uma parede com alguns arcos que pertenciam à parte de trás da Basílica, e uma única coluna que permaneceu de pé.

Templo de Saturno (no mapa, 19) e Coluna das Focas (no mapa, 21)

Depois de percorrer o que restou da Basílica Júlia, chegamos ao Templo de Saturno. Um dos mais importantes da época republicana de Roma.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

Construído em 497 a.C., foi o primeiro templo na região do Fórum, e dedicado ao Deus Saturno, divindade suprema para a fé romana.

O prédio foi destruído pelo fogo inúmeras vezes, e repetidamente reconstruído. Hoje, do Templo restam oito colunas jônicas, que resistiram aos séculos.

Ao lado do templo fica o Marco Dourado, o ponto de onde se mediam todas as distâncias de Roma até as províncias do Império. O Marco Dourado também era o ponto de partida da Via Sacra.

E bem pertinho fica a Coluna de Focas, construída em homenagem ao imperador Focas. Essa é uma das mais jovens construções do Fórum Romano (aproximadamente 600 anos d. C.) e talvez por isso permaneça tão bem preservada.

Arco de Séptimo Severo (no mapa, 16)

Já deu pra perceber que o povo romano adorava construir um arco para celebrar seus triunfos, né? O Arco de Séptimo Severo tem 23 metros de altura e permanece praticamente intacto.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

Foi construído como uma homenagem ao Imperador Séptimo Severo e seus filhos Caracalla e Geta, após suas vitórias em guerras. Talvez por isso a estrutura do Arco Triunfal seja tripla.

No arco, estão gravados em relevos profundos algumas cenas dessas guerras, além do nome do Imperador Severo e seus filhos. Quer dizer, de um deles.

Quando Caracalla tornou-se imperador, mandou matar o irmão e retirou o nome de Geta do monumento.

Uma coisa que achei engraçada: Ali no arco de Séptimo Severo fica o Umbilicus Urbis, ou seja, o umbigo, ou centro simbólico de Roma.

Curia (no mapa, 15)

A Curia Julia era o lugar oficial onde o Senado Romano se reunia. Foi inaugurada por Julio Cesar para substituir a antiga, Curia Hostilius, destruída por um incêndio em 52 a.C.

Principais atrações para visitar no Fórum Romano

Esse é um dos edifícios mais antigos e preservados do Fórum Romano. Talvez por ter sido preservado ao ser convertido na igreja de São João de Latrão pelos católicos, durante o século VII.

Um edifício simples e sem ornamentos, de forma circular, que acomodava até 300 senadores.

Fora da Curia e protegido por um telhado baixo, há um bloco de mármore preto. Conta a lenda que ali é o túmulo de Rômulo, um dos gêmeos fundadores da cidade. 

Atrações do Fórum Romano: dicas finais para sua visita

O Fórum Romano é uma área enorme, e frequentemente está lotado de turistas.

Sozinho, sem guia, mapa e / ou sem material impresso, é uma missão praticamente impossível entender o que se passou ali, onde está cada coisa e como elas se relacionam.

Este é um guia básico, e mesmo assim ficou bastante extenso. Não dá pra descrever cada uma das atrações, porque são muitas e cada uma com suas peculiaridades.

Fiz essa compilação das principais atrações do Fórum Romano, trazendo bastante informação histórica, porque senti muita falta disso na minha visita.

Se tivesse lido isso antes, teria aproveitado muito mais as horas que andei pelas ruas do antigo Fórum Romano.

Se você tiver a oportunidade, contrate um guia ou um audio-guia. Faz toda diferença para entender os detalhes das principais atrações do Fórum Romano.

Talvez assim você consiga aproveitar melhor a grandeza que esse lugar representa para a história da humanidade.

Caso não seja possível, use e abuse do nosso guia, do mapa e das dicas do post Visita ao Fórum Romano e Palatino: dicas e mapa – você vai precisar! É um ótimo começo para entender o Fórum Romano.

Leia também:
O Coliseu de Roma: informações e dicas para sua visita
Coliseu além do básico: Conhecendo o subterrâneo e o terceiro anel

Se você se interessou pelo Fórum Romano, um ótimo material complementar é o vídeo do professor Bernie Frischer, que em colaboração com outros pesquisadores, construiu uma reprodução 3D de Roma na época áurea do império, incluindo o Coliseu, o Fórum Romano e o Palatino. Você pode conferir o vídeo aqui.

Ah, e espero que você, ao terminar sua visita ao Fórum Romano, não esteja tão cansado! Agora é hora de visitar o Monte Palatino, e ver Roma lá do alto!

Avatar for Klécia
Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Diego disse:

Me deu saudades de Roma e ver de perto todas essas ruinas lendo seu post! o Forun Romano é um dos lugares que mais gostei de conhecer em Roma, vale super a pena.

Klécia disse:

É um lugar muito emblemático da cidade, né? Fiquei impressionada com o tanto de ruínas maravilhosas!

Yulia disse:

Parabéns pelo site! Achei sem querer e já devo ter lido umas 7 postagens! Simplesmente amei as dicas sobre Roma! Seu modo de escrever é fascinante na medida certa pra nos passar informações riquíssimas sem ficar massante!!!
Eu gostaria de fazer uma pergunta, que não vi nos seus posts, você chegou a visitar a prisão de Paulo? Me lembro que li que era no fórum romano, mas não cheguei a ver quando fui, e pesquisando agora, não me parece que esteja dentro do complexo onde é feito a visitação. Você viu algo sobre isso?
bjs! E mais uma vez parabéns pelo site, já vou favoritar! *

Rafael Cassemiro disse:

Oi Yulia, Nós não visitamos a Prisão Mamertina, ela é localizada abaixo da Igreja de San Giuseppe dei Falegnami. O acesso é externo ao Fórum Romano e a entrada não está incluída no ingresso.
Obrigado pelo comentário e boas viagens!

Angelica disse:

Parabeeeens, salvou nossas vidas!

Mais um post espetacular. Já me sinto em Roma e ainda faltam duas semanas para a viagem.

Klécia disse:

Oi Rodrigo! Que bom que a gente está viajando junto por aqui então! Comentários assim alegram o nosso dia por aqui!
Que você tenha uma excelente experiencia de viagem em Roma! Buon viaggio!!!

Juliana Moreti disse:

Amei, amei, amei!
Este teu post està completaço! Vai seguir de guia para meus alunos!

Não me pergunte o motivo, mas eu sabia o nome de todas essas ruínas. Acho que foi para uma apresentação sobre Roma na faculdade…. algo assim. Hoje os nomes me fogem a memòria, mas ler este post me fez relembrar de todos!

Uma coisa é fato: como você pegou fila, Klécia! O Foro Romano é famoso exatamente por oferecer uma entrada mais ràpida ao mundo antigo.

Klécia disse:

Acho que Roma, depois de entrar na alma, não sai nunca mais, Ju! E sim, foram filas intermináveis ahahah

Juliana Moreti disse:

Te contei que passei a amar Roma aqui em Sampa né? Se eu tivesse pego essa fila, estaria xingando até agora!
hahahahah

Klécia disse:

hahahahah Filas e Roma pra mim são quase sinônimos ja hahah

Juliana Moreti disse:

pois é! hahahahahaha

Já estive em Roma 3 vezes. Uma das quais foram alguns dias e vi tudo com calma. O Fórum foi um dos locais que adorei…

Klécia disse:

Que maravilha, Catarina! Deu pra aproveitar bastante entao!

Fiz arqueologia e por dois semestres a prova final de uma das disciplinas foi o fórum… E aqui no post revivi as minhas provas, … As fotos estão lindas

Klécia disse:

Nossa, você deve manjar muuuito do Fórum entao! EU bem queria uma aula sobre o assunto, deve ser incrível aprender cada detalhe sobre um lugar tao importante!
Obrigada pelo comentario!

Carolina Belo disse:

Oi Klécia !!! Quanta coisa tem nesse lugar. E você ainda disse que isso é um parte de tudo o que existia antes. Sinistro!!! Parabéns pelo post mega completo. Já salvei aqui para uma consulta futura. Abraços. Carolina.

Klécia disse:

É mesmo surreal, Carolina! EU fico impressionada sempre que lembro de tudo que tem no Fórum! É um capitulo a parte da historia do mundo! 🙂

Klécia, que excelente post! Venho acompanhando sua viagem por Roma e me dou conta que embora eu tenha visitado a cidade em 2009 eu nunca estive em Roma! Foi minha primeira viagem para a Europa e eu estava em outra fase, onde história não me fascinava e ruínas para mim eram só pedras. =x

Tenho vontade de imprimir o seu post e caminhar pelo fórum romano, caminhar pela cidade de Roma lendo o FSV. Hoje, com outra cabeça eu com certeza iria me deliciar com cada uma das “pedras” e iria contemplar cada um dos arcos.

História da arte e templos religiosos são as minhas novas paixões e eu adorei o que eu descobri sobre as Basílicas.

Obrigada por um post tão completo!

Klécia disse:

Mayte, desejo entao que essa ‘atual Mayte’ revisite Roma. Certeza que sua sensibilidade e veia artística vão se sentir tao fascinadas quanto eu me senti! E sua paixão por templos religiosos vai encontrar em Roma um dos lugares mais incríveis para ser feliz! 😀

Klécia, não tenho dúvidas que será uma viagem completamente nova! E com certeza estarei com todos os posts do FSV no celular para não perder nenhum detalhe.

Ruthia disse:

Lembro-me que não passei tanto tempo quanto gostaria aqui, por causa da confusão de turistas e também porque me senti um pouco perdida, com tanta coisa para ver. Com certeza, um dia que volte, desfrutarei muito mais, graças ao seu post. Fantástico!

Klécia disse:

Obrigada, Ruthia! Espero voltar la um dia tambem, e aproveitar ainda mais cada pedaço do Fórum e sua rica historia!

Que perfeição de post já vou salvar para voltar e reler de novo, pra me organizar direitinho, quero muito visitar mas confesso que não sabia que era tão desorganizado por iria ficar perdidinha.

Klécia disse:

É bom ir preparado com material extra, Deisy. Assim você aproveita ao máximo! 😀

Viviane Carneiro disse:

Adorei o post! Super completo, com dicas e informações valiosíssimas! Esse lugar é fantástico e guarda muito da história da humanidade, vale muito a pena ser visitado e revisitado. Bjs

Klécia disse:

Concordo com cada palavra Viviane. Obrigada pela visita e pelos elogios!

Camila disse:

Que paciencia e que super guia! Eu que nao sou fa de contratar guia, vou guardar esse post aqui para imprimir e nao me perder entre tantas atracoes 🙂

Klécia disse:

Eba! Aproveita o post ao máximo entao, Camila!

Adorei esse post e ele é realmente um daqueles para salvar, imprimir e guardar com a gente! Já visitei o Foro Romano mas também achei o lugar gigante e tão rico em historia e detalhes que senti não ter aproveitado tanto o passeio. Em uma próxima visita com certeza aproveitarei mais depois de ler esse seu post que explicou e dividiu bem as atrações do local. Abraços

Klécia disse:

Obrigada pelo comentario e elogios, Monique! Espero mesmo que o post seja útil no futuro pra você!

Parabéns, Klécia, que presentão para seus leitores! Eu me odeio porque sempre perco tanta coisa durante as viagens e quando escrevo os posts aprendo mais sobre os lugares que visitei e deixo as dicas de lambuja no blog, igual você fez! rsrsrs
Mas acho que mesmo com visita guiada a gente se perde no meio de tanta informação. Na minha primeira vez na Itália, tivemos guias especializados em Roma, Florença e no Vaticano, mas não me lembro quase nada. Acho que o melhor é pesquisar e escrever, sou autodidata! rsrsrs

Klécia disse:

Eu também adoro ler – muito – sobre meus destinos. Acho que viajo mais preparada e mais interessada no lugar. Sou autodidata também, Marcia, igualzinho a você 😀

Sabrina disse:

Já estive em Roma e me perdi um dia quase inteiro no Fórum Romano. Adorava olhar para cada uma das construções e imaginar tudo que acontecia ali, cada pessoa ou história que ali estiveram ou ai se passaram. Recomendo a qualquer pessoa deixar pelo menos metade do dia.

Klécia disse:

Pois é Sabrina! É tanta coisa pra ver que é impossível aproveitar com pouco tempo!

angiesantanna disse:

oooorrra que post super completo! eu com ctz vou me perder quando for la, entao vou deixar salvo este post no celular pra ir acompanhando, olha so q pratico aheuahe mas acredito q visitarei depois do verao pra q as filas nao sejam tao gigantescas e o sol n vai estar tao tenebrooso

Klécia disse:

Evitar as filas é o melhor negocio que você pode fazer em Roma, Angie! 😀

Eu estou completamente apaixonada por este lugar! Vi apenas uma nesga dele, no escuro, quando passei aquela tarde em Roma e de todos os lugares que passei este foi o que mais me chamou! Viajando por este texto, sei que vou chorar de tanta felicidade no dia em que estiver bem aí!

Achei impressionante a trajetória e a importância do Fórum. Klécia, como não devem ter sido os anos de glória de Roma?! O lugar, mesmo em ruínas (eu amo ruínas) deve ser impressionante e agora graças do FSV eu vou bem preparada para aproveitar o máximo o privilégio de estar aí.

Amei conhecer a origem do nome Basílica. Já li muita coisa sobre templos católicos, mas isso eu não sabia e fiquei elétrica com a descoberta. Parei até de ler o texto para contar logo a Léo!!!! rsrsrsr

Para concluir: tenho especial curiosidade em ver ao vivo a Basílica de São Cosme e São Damião já que nasci no dia deles. rsrsr beijocas e muito obrigada por este lindo passeio!

Klécia disse:

Eu também fiquei assim ao ler e descobrir a origem das basílicas, Ana! Bom as coisas que viajar ensina pra gente, né? O Fórum me impressionou muito, tanto pela grandeza quanto pela quantidade de informação que a gente tem que buscar alem do que esta lá pronto pra gente. Foi um lugar que me ensinou muito!

um passeio imperdível, uma pena que quando visitei estava fechado, pois haviam várias obras acontecendo, já é uma desculpa pra voltar a Roma e tentar visitá-lo!

Klécia disse:

Até hoje tem muita obra por lá, com a expansão do metro em Roma. Mas a gente deu sorte em achar aberto! 😀

gente esse lugar é maravilhoso! Um dos meus pontos preferidos em Roma! Tiro o chapéu pra vocês que conseguiram fazer um post tão completo e detalhado de um lugar tão grande e complexo. Excelente post mesmo! Parabéns!

Klécia disse:

Obrigada, gente! O Fórum Romano é mesmo encantador!