Onde se hospedar em Roma: melhores bairros

Assim como em qualquer grande metrópole, saber escolher onde se hospedar em Roma pode fazer toda a diferença durante a viagem.

Fica melhor ainda se a gente te ajudar mais um pouquinho e der as dicas dos melhores bairros para se hospedar em Roma. Maravilha, hein?!

A capital italiana tem alternativas que atendem a diferentes estilos de viajantes – das regiões tranquilas às mais agitadas, com monumentos históricos ou construções modernas, com muitas opções de gastronomia ou arte, dos hostels aos hotéis cinco estrelas…

Afinal, são quase três mil anos de existência e uma das cidades mais importantes do mundo quando a gente fala de história, referência cultural, arte e arquitetura.

Ao mesmo tempo Roma consegue ser um destino moderno e contemporâneo, que atrai muitos turistas. Não à toa é chamada de “Cidade Eterna”.

Mas quando você não conhece a cidade e se depara com todas essas possibilidades, pode se sentir meio perdido na hora de tomar a decisão de onde se hospedar.

Leia também:
+ 7 principais pontos turísticos de Roma
+ Coliseu de Roma: informações e dicas para visitar
+ Onde beber cerveja artesanal em Roma

Por isso é importante conhecer um pouco mais sobre cada bairro de Roma, os chamados “rioni”.

Mas já adianto: uma das vantagens de Roma é que os principais pontos turísticos ficam próximos uns dos outros. Então, dependendo do local escolhido para a hospedagem, fica fácil se deslocar.

Para quem escolhe uma hospedagem num bairro mais distante, existe a opção de se deslocar de ônibus ou metrô. Mas atenção: o metrô de Roma abrange apenas alguns bairros da cidade, devido ao grande número de sítios arqueológicos subterrâneos na região.

Leia também:
+ O que fazer em Roma em 3 dias (roteiro para primeira viagem)
+ Como ir do aeroporto Fiumicino ao centro de Roma

Onde ficar em Roma: melhores bairros

Bairros próximos ao centro histórico

Patrimônio Mundial da UNESCO, o Centro Histórico de Roma é formado por vários bairros. Os principais e mais centrais são Trevi, Pigna e Parione.

Eles são certamente os melhores lugares para se hospedar em Roma em relação à localização. E é onde está a maioria das atrações turísticas.

São, também, bairros com muitos restaurantes, gelaterias (sorveterias) e comércio em geral – ruas de compras como a Via del Corso e Via Condotti estão nesta área.

Tudo isso faz com que os preços sejam mais altos, tanto na hospedagem como em alimentação e outros serviços. Quanto mais distante do centro, mais os valores tendem a baixar.

Evite fila: compre antecipado seus ingressos e passeios em Roma

Por outro lado, ao ficar em uma localização privilegiada o gasto é menor com locomoção e transporte, já que a maioria dos passeios pode ser feita a pé, caminhando sem pressa por tantos lugares que abrigam a história da cidade.

Conheça melhor alguns bairros para se hospedar em Roma:

– Trevi

Como o próprio nome já sugere, é onde está localizada a famosa Fontana di Trevi.

Uma região bem turística, sempre cheia de gente e muito movimentada, são milhares de pessoas tanto durante o dia como à noite.

Tem lojinhas (ótimas para quem gosta de comprar souvenir), restaurantes e gelaterias. É o único bairro do Centro Histórico de Roma atendido pelo metrô, na estação Barberini.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Trevi:
Hotel Fellini
9Hostel Cesari
Hotel Julia
Relais Trevi 95
Hotel Delle Nazioni

– Pigna

Com ruas estreitas, típicas dos bairros mais antigos de Roma, e cheio de bares e restaurantes, é um dos queridinhos dos romanos.

É onde fica o Pantheon, construção milenar que é uma das principais da cidade e atrai inúmeros turistas todos os dias.

Como a região de Pigna não é atendida pelo metrô, para alguns deslocamentos mais distantes pode ser necessário pegar ônibus ou táxi.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Pigna:
Best Suites Pantheon
Le Clarisse AL Pantheon
Hotel Pantheon
Infinity Hotel Roma
Pantheon Inn

– Parione

Dos três bairros do Centro Histórico de Roma, Parione é o que tem a maior efervescência cultural, com muitos artistas se apresentando nas ruas.

Outra característica são as muitas confeitarias, cafés, feiras ao ar livre e lojas descoladas. É um bairro frequentado por um público mais jovem. O Campo de Fiori e a Piazza Navona estão nesta região.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Parione:
Charming Navona
Palazzo Navona Hotel
Hotel Smeraldo
Hub Navona
Albergo Abruzzi

Bairros de Roma fora do Centro Histórico

– Termini

Não é exatamente um bairro, mas sim a região onde está a maior estação de trens da Itália – Estação Termini, que tem, também, duas linhas do metrô, terminal de ônibus e um shopping.

Fica próxima do Centro Histórico, tem fácil acesso a todas as outras partes da cidade e muitas opções de hospedagem com preços mais baixos.

No entanto, não é um local bonito e, em alguns pontos, não muito bem cuidado. Não chega a ser perigoso, mas é tumultuado e requer um pouco mais de atenção.

A gente já se hospedou lá, e a dica é sempre escolher hotéis que fiquem mais perto da estação e/ou que sejam muito bem avaliados pelos outros hóspedes.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Termini:
Hotel Washington
Meininger Roma Termini
Smooth Hotel Rome Repubblica
Porta Maggiore
Yes Rome B&B

– San Lorenzo

Também próximo da Estação Termini, é onde está localizada a Università di Roma La Sapienza, maior universidade da Itália e uma das maiores da Europa.

Diversos bares, casas noturnas, programação cultural e muitos lugares para comer garantem o movimento do bairro, que é muito frequentado por jovens estudantes, intelectuais e artistas.

Tem preços mais em conta, incluindo os hotéis e apartamentos para temporada.

Boas opções de hotéis para se hospedar em San Lorenzo:
Hotel Laurentia
Ateneo Garden Palace
Villa San Lorenzo Maria
Stelle di San Lorenzo
Borghetto di San Lorenzo

– Monti

Cenário do filme “Para Roma com Amor”, de Woody Allen, Monti é um bairro residencial, ótimo para quem quer vivenciar o clima da vida local como um morador da cidade.

Fica entre a região da Estação Termini e a área arqueológica da cidade, com o Coliseu, o Palatino e o Fórum Romano.

Conta com muitas lojinhas, ateliês, bares e restaurantes, dos mais baratos aos mais caros. Atendido pela linha B do metrô na estação Cavour.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Monti:
Cavour Forum Suites
Hotel Antica Locanda
Rome Glam Hotel
Hotel Centro Cavour

– Castro Pretorio

É uma região mais organizada, limpa e tranquila perto da Estação Termini, sem muitas opções de comércio, mas com hospedagens com valores considerados mais econômicos.

Tem uma estação de metrô, que leva o mesmo nome do bairro. Um dos pontos mais conhecidos de Castro Pretorio é a Porta Pia, projetada por Michelangelo.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Castro Pretorio:
iQ Hotel Roma
The Rome Hello Hostel
Smooth Hotel Rome Termini
Starhotels Metropole
Crosti Hotel

– Celio

O Coliseu é o maior símbolo de Roma e, para se hospedar perto dele, uma opção é o bairro Celio.

Apesar dessa proximidade, o bairro é pequeno, simples, seguro, bem residencial e com pouco fluxo de turistas. Não há tantos hotéis se comparado a outras regiões, mas os preços são bons.

O metrô mais próximo é o da Estação Termini, mas de lá pode ser necessário pegar um ônibus para chegar ao bairro.

A gente já se hospedou por lá também e ficamos bem satisfeitos. Fomos e voltamos da Termini a pé, e fomos até o Coliseu a pé também (só precisa de um pouco de disposição para encarar uma subida).

Boas opções de hotéis para se hospedar em Celio:
Colosseum Garden
Celio Hotel
Easy Budget Colosseo
Residence Maximus
Laterano Guest House

– Trastevere

O bairro mais charmoso e boêmio de Roma! Distante do Centro Histórico, fica atrás do Rio Tevere (que, em português, é o significado do nome Trastevere).

Boa escolha para quem prefere ficar fora do burburinho do centro, em um bairro mais frequentado por moradores e mas que ainda recebe um bom movimento de turistas.

Suas ruas têm galerias de arte, construções de época, bares, restaurantes e baladas, o que faz com que seja considerado um dos bairros mais culturais e queridinhos de Roma.

Os hotéis têm preços mais econômicos em relação a outras regiões. A desvantagem é que Trastevere não tem estação de metrô, mas é bem atendido por linhas de ônibus e até trem que se conecta direto com o aeroporto.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Trastevere:
Hotel Trastevere
Trastevere’s Friends
SuitInn 19
Tree Charme
WRH Trastevere Roma

– Campo Marzio

Ideal para quem procura por hospedagens de alto padrão e não se importa em pagar mais caro por isso.

Campo Marzio é um bairro residencial bem localizado, muito bem estruturado e com boas opções de transporte, tendo as estações de metrô Spagna e Flaminio.

Tem, ainda, diversas lojas de grife e restaurantes famosos, todos com preços mais altos.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Campo Marzio:
Hotel Valadier
Hotel Centrale
Hotel San Carlo
Hotel Piazza di Spagna
Manfredi Suite in Rome

– Ludovisi

Outra opção para quem procura hospedagens modernas e luxuosas sem se preocupar com os preços é o Ludovisi, vizinho do Campo Marzio.

O bairro tem vários hotéis cinco estrelas, uma estação de metrô (Barberini), e é onde fica uma das ruas mais sofisticadas e charmosas de Roma, a Via Veneto, com bares e restaurantes.

Fora isso, não tem muito comércio e é um local bem calmo, principalmente durante o dia.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Ludovisi:
Hotel Savoy
Ludovisi Palace
Hotel de la Ville
Hotel Alexandra
Sleep In Rome Ludovisi

– Vaticano

Se hospedar na região do Vaticano é a melhor alternativa para quem tem o turismo religioso como o principal foco.

Embora seja um país independente, ele está localizado dentro de Roma e é a atração turística mais afastada do Centro Histórico.

Se a ideia é conhecer os pontos famosos da cidade e ir um dia ao Vaticano, é possível ficar em outros bairros e fazer o deslocamento de metrô pela linha A.

Mas, dependendo do tipo de viagem, especialmente se pretende estar mais dias na região, ficar nas proximidades na Basílica de São Pedro pode ser vantajoso.

O bairro onde está localizado o Vaticano se chama Prati e conta com as estações de metrô Ottaviano e Lepanto.

Lá está também a Via Cola Rienzo, que é uma rua de compras muito conhecida, além de uma mistura de prédios modernos, construções antigas, lojas de luxo ou de lembrancinhas.

As ruas são tranquilas e região tem muitas opções de hospedagem com bons preços, a menos que seja uma época de algum evento local.

Outro ponto turístico próximo, às margens do Rio Tibre, é o Castelo de Sant’Angelo, de onde se tem uma vista panorâmica do Vaticano de um lado e de Roma do outro.

Boas opções de hotéis para se hospedar em Vaticano:
Hotel Vespasiano
Hotel Sant’Angelo
Twentyone
Vatican Garden Rooms
Hotel Prati

Onde se hospedar em Roma? Qual o melhor bairro?

Esse post traz uma seleção bem completa dos melhores bairros para se hospedar em Roma.

Na hora de escolher o seu hotel, lembre-se que, além da localização, os preços podem variar também de acordo com a baixa ou alta temporada. NO caso de Roma, a alta estação começa em meados de abril e se estende durante os meses de verão, por volta de setembro.

Escolher o hotel não é tarefa fácil, e é uma decisão que tem grande impacto no sucesso de uma viagem, por isso considere escolher de acordo com suas prioridades:

-preço
-proximidade de pontos turísticos
-avaliação de outros viajantes
-tipo de acomodação (hotel, hostel, hotel boutique,…)

Ao fazer o planejamento da viagem, o mais importante na hora de escolher onde se hospedar em Roma é pesar prós e contras e escolher o que é mais adequado ao seu perfil – e ao seu bolso.

Clique aqui para ver outras opções de hotéis e pousadas em Roma

Foto em destaque: Kookay por Pixabay 

Avatar for Redação FSV
Redação FSV
Descomplicando a sua viagem e mostrando que dá pra viajar mais pagando menos.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *