Museus em Curitiba para colocar no roteiro

Museus de Curitiba | Normalmente quando se pensa nas principais atrações turísticas de Curitiba, a primeira coisa que vêm à mente são os parques.

E embora seja uma cidade que tenha muito essa pegada da vida ao ar livre, Curitiba tem muito a oferecer também nos ambientes fechados.

Lembrando que é uma cidade bastante fria, e com muitos dias cinzentos / chuvosos ao longo do ano, por isso ter dicas do que fazer em Curitiba além dos parques é sempre uma boa ideia.

Leia também:
+ Onde ficar em Curitiba: melhores bairros
+ Curitiba geek: lugares para visitar
+ Cervejarias de Curitiba para colocar no roteiro

Pensando nisso, preparamos essa lista com alguns museus em Curitiba – a cidade tem vários, muitos deles com qualidade reconhecida nacionalmente, por isso confesso que foi difícil escolher os favoritos para colocar aqui.

Para quem curte um rolé cultural, ou mesmo quer uma dica de passeio para fazer em Curitiba com chuva, vale conferir as dicas.

Melhores museus de Curitiba: a lista definitiva

Museu Oscar Niemeyer

Uma lista que fala de museus em Curitiba só pode começar com o mais famoso de todos, o Museu Oscar Niemeyer. Muita gente chama apenas de MON, mas a maioria dos curitibanos o conhece mesmo como o ‘Museu do Olho‘.

O motivo é fácil de entender, basta ver uma imagem da fachada e da arquitetura projetada por Oscar Niemeyer em 1967 – aposto que você vai perceber o formato de olho.

O projeto inicial nasceu para abrigar o Instituto de Educação do Paraná. Até 2002, o prédio funcionou como sede de diversos órgãos públicos.

Depois disso, foi reinaugurado como museu de Curitiba. Hoje, o MON é um dos principais-cartões postais da cidade.

Museu do Olho em Curitiba
Foto: martinskariny por Pixabay 

O MON é totalmente dedicado à arte, tendo um apreço especial por design, arquitetura e urbanismo, muito em referência ao arquiteto-artista que o projetou, Oscar Niemeyer.

O Museu Oscar Niemeyer é o maior espaço de exposições da capital paranaense. O acervo fixo e temporário conta com nomes renomados, como como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Caribé, Tomie Ohtake, Andy Warhol, Di Cavalcanti.

Além disso, o MON está sempre promovendo eventos culturais. Até mesmo a Bienal de Curitiba, evento internacional dedicado à arte contemporânea, aconteceu por lá.

Outra turma que sempre visita o MON são os arquitetos que passam por Curitiba – tanto para conferir a obra de Niemeyer mais de perto quanto para buscar inspiração entre os trinta e cinco mil metros dedicados a arte e a cultura desse museu de Curitiba.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu Oscar Niemeyer fica na Rua Mal. Hermes, 999 no Centro Cívico de Curitiba. Ele funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com horário estendido até as 20h na primeira quarta-feira do mês.

A entrada custa R$20 e existe meia-entrada para diversos casos.

Toda quarta-feira o museu é gratuito para todos, então fica esperto e tenta encaixar uma visita a ele nesse dia em seu roteiro.

Museu do Holocausto

Um outro museu de Curitiba que faz muito sucesso é o Museu do Holocausto, que como o nome sugere, é totalmente dedicado a esse episódio tão triste na história da humanidade.

Esse foi o primeiro museu sobre o tema construído no Brasil. No Museu do Holocausto em Curitiba encontram-se fotos e documentos que retratam com o sofrimento e dificuldades do povo judeu durante a Segunda Guerra Mundial.

Tamanha é a intensidade do que é visto por lá, que fotos não são permitidas (com exceção de um pequeno espaço externo ao museu), e, exceto por bebês de colo, apenas maiores de 12 anos podem visitá-lo.

O acervo tem milhares de peças e até hoje recebe anualmente doações de objetos feitas por famílias de judeus e refugiados.

O espaço desse museu em Curitiba também tem como objetivo estimular e ampliar o debate contra a intolerância, o ódio, a discriminação, o racismo, a homofobia e o bullying em geral.

Visitar o Museu do Holocausto em Curitiba é uma verdadeira aula de tolerância e civilidade, que todos deveriam experimentar.

Leia também: Visita a casa de Anne Frank em Amsterdam

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu do Holocausto fica na Rua Cel. Agostinho Macedo, 248, no bairro Bom Retiro. Ele funciona somente com horário agendado, de domingo à sexta, entre 8h30 e 11h30 e de 14h30 às 17h30. A entrada é gratuita.

Museu Paranaense

O Museu Paranaense foi o terceiro museu a ser inaugurado no Brasil, sabia?

Lá você encontra mais de 400 mil peças em exposição, de forma que você poderia fazer diversas visitas e ainda assim, não conseguir admirar toda a grandiosidade do acervo, que conta um pouco da história do Paraná.

Museu Paranaense, museus para visitar em Curitiba
Foto: Mathieu Bertrand Struck via Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

As exposições vão desde arqueologia e antropologia até obras de artes de artistas de diversas partes do mundo. E como se não fosse o suficiente, o museu conta com uma arquitetura admirável, que dá ao local um certo ar de castelo.

A capital da cidade recebe destaque no acervo desse museu em Curitiba. Afinal, a cidade foi uma das primeiras comarcas do estado, além da região do litoral. O museu inclusive tem uma grande maquete da Curitiba antiga.

Como bônus para a visita ao museu, vale a pena explorar a região do centro de Curitiba, onde ele se encontra, que é um verdadeiro museu a céu aberto.

Se for domingo então, perfeito! Afinal, nesse dia funciona a Feira do Largo da Ordem ali bem pertinho, a maior feira de comida e artesanatos da cidade.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu Paranaense fica na Rua Kellers, 289 no bairro São Francisco. Ele funciona de de terça a domingo, das 9h00 às 17h30 e tem entrada gratuita.

Museu da Imagem e do Som

O Museu da Imagem e do Som (mais conhecendo apenas como MIS) é um dos mais diferentes e interessantes museus de Curitiba. Dentro do seu tema, ele é o segundo museu mais antigo do país e tem como objetivo preservar a memória audiovisual do Paraná.

Em seu acervo encontram-se tipos diversos de câmeras, filmadoras, rádios, cassetes, televisores, discos de vinil e gravações originais de momentos históricos, filmes em seus arquivos originais e centenas de outros objetos relacionados a imagem e som.

O MIS é também um ponto de encontro para quem gosta de debater sobre arte. A programação é diversificada, como mostras de videoclipes, filmes e debates.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu da Imagem e do Som fica na Barão do Rio Branco, 395 no Centro. Funciona de de terça à sexta-feira, das 9h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. A entrada é gartuita.

Museu das Drogas

E já que falamos de museus incomuns, o que dizer do Museu das Drogas?

Pois é, em Curitiba há um. E olha, se você deixar de lado o preconceito, vai ver que essa é uma temática muito interessante para um museu – e poderiam haver muitos outros museus assim espalhados por aí.

No Museu das Drogas de Curitiba são expostas amostras de substâncias, junto com explicações sobre seus os efeitos que causam, assim como os danos que podem causar ao organismo. 

Por lá o visitante também poderá identificar utensílios utilizados para consumo, objetos e adereços que fazem apologia às drogas, e (para causar mais impacto) até mesmo fetos que foram abortados devido ao uso de entorpecentes.

O nome oficial do museu das drogas de Curitiba é Museu Professor Elias Abrahão. É uma iniciativa do CAPE (Centro Antitóxicos de Prevenção e Educação) da Polícia Civil, e o objetivo maior é desenvolver ações preventivas e educativas com relação a dependência química.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu das drogas fica na Rua José Loureiro, 376 no Centro. Ele funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h e tem entrada gratuita.

Museu da Vida

O Museu da Vida em Curitiba é completamente interativo e é perfeito para crianças. Ele busca valorizar a vida e a importância de auxiliar pessoas.

Ele foi criado pela Pastoral da Criança de Curitiba em 2014, com o objetivo de informar a respeito dos cuidados com a saúde e nutrição, educação e cidadania. Tudo isso é feito através de espaços divertidos e lúdicos, com atividades pedagógicas e exposições interativas.

Entre as atrações do museus, temos a Rua do Brincar – um pátio externo colorido com muitos brinquedos; um pequeno bosque que conta até mesmo com uma trilha (bem fácil, pra crianças né?) e a área interna, que tem uma sala de brincar e as duas exposições principais.

Sem dúvida, mais um museu em Curitiba super interessante para colocar em seu roteiro pela cidade.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu da Vida fica na Rua Jacarezinho, 1691 no bairro das Mercês. Ele funciona de Segunda à Sexta das 8h às 18h; sábados e domingos das 10h às 19h e tem entrada gratuita.

Museu Egípcio e Rosa Cruz

Gosta da história e da cultura egípcia? Pois Curitiba tem um museu especialmente dedicada ao assunto!

Museu Egípcio é um complexo com exposições focados na cultura e história do Egito, trazendo réplicas de objetos, símbolos e artefatos que fizeram parte da história antiga.

Museu Egípcio de Curitiba
Foto: Instagram do Museu Egípcio de Curitiba

Um dos destaques do museu é a Múmia Tothemea, que está em exposição com o seu sarcófago, um objeto fascinante que atrai a curiosidade de crianças e adultos.

O complexo possui uma área externa com réplicas de esfinges, um portal e um pátio com um Obelisco. Há outros prédios para estudos e administração que podem ser vistos do lado externo também. Essa área é chamada de Complexo Luxor.

E em 2019, um outro edifício, do outro lado da rua, foi inaugurado. Lá há uma exposição permanente dedicada ao Faraó Tutankhamon, contando a história de como sua tumba foi descoberta e trazendo réplicas de objetos relacionados a ele.

Esse é um museu que fica um pouquinho mais afastado do centro da cidade, mas que fica bem ao lado de um dos parques mais charmosos da cidade, o Parque Bacacheri, e perto de um bom centro gastronômico, o Ca’dore.

Isso valoriza muito o deslocamento, fazendo valer a pena visitar a região para aproveitar todas essas atrações de uma vez.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O complexo que engloba o Museu Egípcio e Rosacruz + o Complexo Luxor + o Museu Tutankhamon fica na Rua Nicarágua, 2641, no bairro Bacacheri.

Os ingressos tem valores que variam entre R$ 10 e R$34, dependendo do tipo de visita e da área visitada.

Museu de Arte Indígena

O Museu de Arte Indígena (ou apenas MAI) foi inaugurado em 2016 e é o primeiro museu particular cujo acervo é composto integralmente por produções de indígenas brasileiros.

Ele inicialmente ficava no interior do Paraná, onde ainda existem algumas comunidades indígenas, mas foi transferido para a capital em 2016 buscando uma maior repercussão para seu acervo.

Com cerca de 700 peças em exposição, o museu visa preservar a cultura e direitos da comunidade indígena, bem como tradições das mais diversas etnias.

No museu encontram-se expostos instrumentos musicais, objetos de cerâmica, máscaras ritualísticas, cestas de palha, adornos feitos de penas, entre outros artefatos indígenas, muitas vezes bastante raros.

Destacam-se os delicados e belos cocares utilizados pelos caciques das tribos. Como muitos desses objetos são sensíveis, fotos em seu interior não são permitidas.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu de Arte Indígena fica na Av. Água Verde, 1413 no bairro Água Verde. Ele funciona de segunda a sábado, das 10h às 17h30 (sábado fecha às 17h).

A entrada custa R$ 24 e há diversas possibilidades de meia-entrada.

Museu do Automóvel

Pra quem é amante de carros e motos, uma visita ao Museu do Automóvel em Curitiba é indispensável. Lá você encontrará filmagens e fotografias além de, é claro, automóveis históricos.

O acervo possui não apenas carros, mas motocicletas e caminhonetes pequenas, entre outros. São 150 veículos catalogados entre vintage, nacionais e até de corrida.

O local se dedica a catalogar e expor peças que tem grande valor histórico, mostrando a evolução do automóvel e do automobilismo no mundo. Fica exposta lá a McLaren M23 1974 que pertenceu ao piloto Emerson Fittipaldi.

E como bônus, este museu está localizado dentro de um dos maiores e mais bonitos parques em Curitiba – o Barigui.

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu do Automóvel fica na Av. Cândido Hartmann, 2300 no bairro das Mercês. Ele funciona de terça à sexta das 13h as 16h45, sábados, domingos e feriados das 10h00 as 11h45 e das 13h30 as 17h45.

Os ingressos custam R$10 e há meia-entrada.

Museu do Expedicionário

Se você curte aprender sobre guerras e/ou admira artefatos das forças armadas, o Museu do Expedicionário é uma dica muito interessante pra você.

Entre os objetos em destaque, existe um acervo de peças da Segunda Guerra Mundial, que inclui uniformes, medalhas, espadas e objetos alemães, obtidos pelos oficiais brasileiros que estiveram no combate.

O Museu do Expedicionário está junto a um local conhecido pelos curitibanos como “Praça do Avião”, afinal, lá se encontra um modelo antigo de avião de guerra (Thunderbolt).

Como visitar esse museu de Curitiba?

O Museu do Expedicionário fica na Rua Comendador Macedo, 655 no Alto da XV. Ele funciona de terça à sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h; aos sábados e domingos das 10h às 12h e das 14h às 17h e tem entrada gratuita.

Conhece mais museus em Curitiba?

Nesse texto procuramos destacar os museus mais interessantes de Curitiba, seja por sua importância cultural e/ou histórica ou por serem mais diferentões, o que valoriza a experiência.

Mas a cidade tem dezenas de outros museus, memoriais e outros pontos de interesse cultural.

Você pode nos ajudar sugerindo alguns desses outros lugares que talvez conheça e ache interessante e, quem sabe, não fazemos uma segunda parte dessa lista!

Então diz pra gente aí nos comentários: Qual museu de Curitiba ficou faltando nessa lista?

Foto em destaque: Marcella Menezes Marcella por Pixabay 

Avatar for Thiago Amaral
Thiago Amaral
Thiago é um professor de Inglês que, apesar dos seus (já) 30 e poucos, ainda vai ser jornalista. Não viaja tanto quanto gostaria, mas também um dia o fará. Por ora, se arrisca escrevendo sobre assuntos aleatórios e eventualmente viaja com sua esposa Marcela e filha Alice. E por isso foi convidado a escrever (eventualmente) neste blog: para dar dicas e contar sobre a experiência de viajar em família e com criança.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Lulu Freitas disse:

Curitiba tem muitos museus para visitar! Só tive tempo de conhecer o lindo MON. Queria ter ido no Museu Egípcio e no Museu do Holocausto. Esse post já está salvo para a próxima viagem.