Barreirinhas MA: passeios, pousadas e dicas

Passeios em Barreirinhas MA | Barreirinhas é um dos principais destinos do Maranhão, servindo como base para a maioria dos turistas que viajam para visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Já fomos duas vezes aos Lençóis Maranhenses para ficar hospedados em Barreirinhas. Existem outras cidades-base? Sim. Você também pode ficar em Atins e em Santo Amaro do Maranhão, e cada um desses destinos oferece um conjunto de lagoas diferentes para conhecer.

Vale a pena visitar os três, tá? Não é a mesma viagem, não dá no mesmo ficar em qualquer um.

Mas esse post aqui vai ser exclusivo para falar dos passeios em Barreirinhas no Maranhão. A cidade fica bem perto do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, e isso facilita muito os deslocamentos.

É a sua primeira viagem para os Lençóis Maranhenses? Eu apostaria minhas fichas em me hospedar em Barreirinhas.

Apesar de ser uma cidade bem pequena, Barreirinhas conta com uma boa estrutura de restaurantes e pousadas. Todas as vezes que ficamos por lá, escolhemos pousadas que atenderam muito bem nossa demanda de um lugar limpinho e confortável para descansar dos passeios.

Vou dar as dicas de hospedagem no final desse post, se liga!

Outra coisa bacana de ficar em Barreirinhas é que, além dos passeios no Parque dos Lençóis Maranhenses, as agências de turismo da cidade oferecem outros passeios muito legais pela região.

As opções podem incluir programas culturais, turismo de aventura e muitos passeios por cidades vizinhas / arredores.

Vale a pena ficar pelo menos de 2 a 3 dias em Barreirinhas, MA para curtir um pouquinho mais do que a cidade tem a oferecer!

Principais passeios em Barreirinhas MA

1 – Circuito Lagoa Azul

Um dos passeios mais procurados em Barreirinhas MA. Dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o Circuito Lagoa Azul te leva para conhecer o conjunto de lagoas que fica no caminho da Lagoa Azul, que dá nome ao passeio.

Saindo de Barreirinhas, você atravessa o Rio Preguiças numa balsa e dali segue por 12 km de estrada de terra num veículo 4×4 (os turistas vão em cima do carro, estilo pau de arara). É importante guardar os pertences e amarrar o chapéu, porque balança MUITO e o vento é forte.

Leia também: Rota das Emoções: como fazer a viagem pelo Maranhão, Piauí e Ceará

Quando os carros estacionam já na área do Parque Nacional, começa a trilha de mais ou menos 2 km pelas dunas e lagoas dos Lençóis Maranhenses.

O trajeto não é definido, o guia escolhe por onde o grupo vai. Como o cenário nos Lençóis Maranhenses muda todo ano, vai depende de quais lagoas estarão mais bonitas, mais cheias, com a água mais transparente.

Lagoa da Preguiça, Lençóis Maranhenses

As lagoas mais famosas do Circuito Lagoa Azul são a Lagoa da Preguiça (essa da foto aí em cima), a Lagoa da Esmeralda, a Lagoa da Paz, a Lagoa do Peixe e, por fim, a Lagoa Azul. Mas seu guia pode escolher não passar em alguma dessas e incluir alguma outra lagoa recém-formada, se ela estiver mais bonita.

Tem muita gente que defende que esse é o circuito menos bonito dentro do Parque dos Lençóis Maranhenses (porque feio, não é). Mas uma coisa é certa: esse é o circuito mais fácil de visitar.

As dunas não são muito altas, não há grandes dificuldades na trilha. Por isso, quem viaja com crianças, quem tem dificuldades para se deslocar na areia e até aquele seu amigo mais “preguiçoso” vai preferir visitar os Lençóis Maranhenses pelo Circuito Lagoa Azul, o roteiro mais “mamão com açúcar” dentro do parque.

Você pode fazer o passeio em grupo, com saídas regulares tanto de manhã quanto de tarde (o passeio sempre dura meio dia). Quem vai à tarde, tem o privilégio de ver o por do sol nas dunas.

Também é possível fazer um tour exclusivo (e maravilhoso) para ver o nascer do sol nos Lençóis Maranhenses (a gente fez e AMOU!).

2 – Circuito Lagoa Bonita

Outro circuito de lagoas super procurado no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O Circuito Lagoa Bonita ganha a fama de ser o circuito mais bonito – e também o mais difícil de encarar.

Da mesma forma que acontece com o Circuito Lagoa Azul, o Circuito Lagoa Bonita também pode mudar a cada ano, dependendo das chuvas e da beleza das lagoas do roteiro.

As lagoas mais famosas nesse lado do Parque são, além da Lagoa Bonita, a Lagoa do Descanso, a Lagoa do Maçarico e a famosa Lagoa do Clone (que apareceu na novela global, lembram?).

Pra fazer o Circuito Lagoa Bonita, também é preciso subir na caçamba das Toyotas 4×4 e percorrer 15km de estrada de terra e dunas até o local de estacionamento dos carros.

A marca registrada do passeio, na verdade, é o começo da trilha, marcada por uma duna bem íngreme, que precisa ser “escalada” com a ajuda de uma corda.

Não é nada impossível de ser fazer, não se assuste. Mas exige algum esforço físico para esquentar o começo do passeio. E lá de cima, a vista compensa todo o esforço!

É possível fazer esse passeio tanto nos grupos da manhã quanto à tarde (que fica para ver o por do sol na duna da Lagoa Bonita).

3 – Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses

Fizemos esse passeio na nossa segunda vez nos Lençóis Maranhenses, e agora recomendo para todo mundo. Foi uma experiência espetacular.

Levantar ainda no escuro (a saída é às 3h da manhã!), fazer a trilha nos carros 4×4 observado os rastros e sons da vida noturna dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, chegar a tempo de ver o sol se levantar atrás de uma duna e refletir os primeiros raios nas lagoa.

É um sentimento inacreditável de tão especial!

Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses

Outro privilégio é ser o primeiro grupo a chegar no parque (os grupos são sempre pequenos para esse tour, 6-10 pessoas), poder caminhar pelas dunas ainda intocadas, sem nenhuma pegada. Além de mergulhar numa lagoa só para você!

É como ter o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses só pra você. E o passeio ainda inclui um café da manhã nas dunas que fecha a experiência com chave de ouro.

Veja nosso post com o relato completo do passeio do nascer do sol nos Lençóis Maranhenses para saber mais!

4 – Passeio de traineira pelo Rio Preguiças (Vassouras, Mandacaru e Caburé)

Depois de conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, chegou a hora de explorar o que mais a região nos arredores de Barreirinhas MA tem a oferecer.

Atracadouro da Pousada Murici

Uma opção interessante e bastante procurada por turistas é o passeio de barco (chamado de traineira), que te leva até a foz do Rio Preguiças, passando pelos povoados de Vassouras, Mandacaru e Caburé.

O passeio tem duração de um dia inteiro. No caminho, observar a fauna e flora do Rio Preguiças é um atrativo à parte.

Em Vassouras, a primeira parada convida para um banho nas lagoas dos Pequenos Lençóis, e a beleza das dunas emoldura o cenário das fotos. Nas árvores do povoado, os saguis atraem a atenção dos turistas.

Só tenha muito cuidado com seus pertences fáceis de carregar (como óculos, boné), porque os danadinhos são muito rápidos e gostam de levar coisas embora, rs.

A parada em Mandacaru é para visitar o Farol Preguiças, que oferece uma linda vista da região (com um misto de mar e rio) para todo mundo que encara a subida.

Leia também: Roteiro de 9 dias pela Rota das Emoções

Depois o barco segue até a Praia de Caburé, onde o rio Preguiças desemboca no mar. O cenário é daqueles espetaculares e a gente aproveita a parada para relaxar, almoçar e curtir o cenário.

Em geral, a maioria dos passeios não inclui o almoço, por isso você fica livre para escolher o restaurante que mais agradar.

Depois do almoço, a pedida é relaxar mais ou pouco ou alugar um quadriciclo para ir até a foz propriamente dita do Rio Preguiças, onde você vê o rio se misturando com o mar (e até avista, do outro lado, o povoado de Atins).

5 – Passeio de quadriciclo até a Praia de Caburé

Quer visitar Caburé de um jeito diferente do concorrido passeio de barco? A dica é fazer o trajeto de quadriciclo!

Os grupos saem de Barreirinhas por volta das 9h e o passeio dura o dia inteiro. O passeio é guiado, o guia vai num quadriciclo na frente do grupo, e as pessoas acompanham (até 2 pessoas por quadriciclo).

Entre ida e volta, o grupo percorre cerca de 80km, passando pelo cenário espetacular dos Pequenos Lençóis do Maranhão.

O mais interessante desse passeio é que, com o quadriciclo, você consegue ter acesso a locais muito bonitos, mas que são isolados, de difícil acesso – e por isso mesmo, pouco visitados.

O cenário vai alternando entre dunas, lagoas, restinga e praias. Ou seja, paisagem incrível é o que não vai faltar.

6 – Passeio cultural até a comunidade Marcelino

Esse é um passeio alternativo na região de Barreirinhas, que foi incluído há pouco tempo no cardápio turístico.

Ele também inclui uma navegação no rio Preguiças, mas no sentido contrário ao do passeio que vai até Vassouras e Caburé.

Navegando contra o fluxo das águas do Rio Preguiças, você vai visitar o pequeno povoado Marcelino, uma comunidade ribeirinha onde as mulheres formaram uma associação para trabalhar o artesanato da fibra de buriti, palmeira típica da região.

Buriti tonalizado com Urucum

No passeio, além do bate-papo com as mulheres da comunidade Marcelino, aprendemos um pouco sobre o trabalho e o dia-a-dia da vida na beira do rio.

E pudemos colocar a mão na massa também, aprendendo a retirar a fibra da palmeira, colorir as fibras e até ver como funciona a fabricação da bolsas, roupas e objetos de decoração.

É uma imersão cultural fantástica, uma oportunidade de aprender e incentivar o trabalho dessas mulheres incríveis do Maranhão.

Veja mais sobre nossa visita ao Povoado Marcelino em Barreirinhas, Maranhão.

7 – Bóia cross

Depois de sacudir na caçamba dos jipes 4×4, subir e descer dunas e dirigir um quadriciclo por um dia inteiro, o corpo vai pedir um bom descanso.

A dica é se jogar num passeio de boiacross, descendo o rio flutuando numa bóia!

O passeio dura cerca de 1 hora e é ótimo para curtir a região de um jeito bem sussa, sabe? A navegação começa em Cardosa, um povoado bem pertinho de Barreirinhas.

Daí é só relaxar e admirar a paisagem, com os buritis na margem do rio Formiga. E você vai se surpreender em como o rio segue com um fluxo de água tão calmo!

8 – Sobrevoo nos Lençóis Maranhenses

Se vistos do chão, os Lençóis Maranhenses são lindos, imagina vistos de cima, uma lagoa depois da outra formando o cenário mais bonito da viagem?

O passeio não é dos mais baratos, mas compensa o investimento quando a gente vê a belezura dos diferentes contornos das dunas e lagoas lá de cima.

Lençóis Maranhenses em novembro

Há diferentes roteiros de voo, você pode escolher na hora de contratar. Os voos são operados em aeronaves pequenos, do tipo Embraer Minuano ou Cessna 172 e saem do aeroporto de Barreirinhas.

9 – Bate e volta até Atins ou Santo Amaro

Se você não tem tempo de se hospedar nas outras cidades-base dos Lençóis Maranhenses, mas mesmo assim quer ter um gostinho de como são as paisagens por lá, a gente dá um jeito.

É possível organizar passeios bate-e-volta saindo de Barreirinhas, tanto para Atins quanto Santo Amaro do Maranhão.

O contra dessa ideia é que a viagem fica muito cansativa. Mas se você quer mesmo conhecer esses destinos, vale o esforço.

Quem vai passar um dia em Santo Amaro consegue visitar as lagoas que são consideradas as mais bonitas dos Lençóis Maranhenses: Lagoa da Gaivota, das Andorinhas, das Cabras e Lagoa da Betânia.

Já em Atins, você pode ver a foz do Rio Preguiças e a praia do Canto de Atins, os passeios mais clássicos da região.

10 – Roteiros personalizados

Esses passeios clássicos de Barreirinhas MA preenchem muito bem o roteiro de um viajante que quer explorar a região dos Lençóis Maranhenses.

Mas se você tem um tempo apertado de viagem, ou quer combinar atrações porque não acha que os tours em grupo são pra você, é possível contratar variações de todos esses passeios.

Guias particulares podem te levar para essas atrações, no seu tempo e ritmo. O preço sobe, mas a experiência é mais exclusiva.

Você pode, por exemplo, fazer o passeio até Caburé com o grupo, e contratar o tour de quadriciclo para voltar até Barreirinhas. Ou qualquer outra combinação de tours que você imaginar.

Com um roteiro personalizado, você tem a opção de fugir das regiões e horários mais procurados pelos turistas, e viver uma experiência exclusiva nos Lençóis Maranhenses.

Quer montar um roteiro assim? Mande um e-mail para gente que vamos indicar as melhores agências para você!

Ah, e quando for viajar para lá, vale ficar de olho nas dicas de comidas típicas para experimentar. Para isso, indico o blog Caminhos me Levem, que tem um post repleto de dicas de comidas típicas e frutas do Maranhão.

Onde se hospedar em Barreirinhas?

É possível escolher pousadas bem confortáveis em Barreirinhas, ideias para repousar depois de um dia inteiro de passeios, muita duna e muito sol.

Veja algumas pousadas que nós conhecemos e recomendamos em Barreirinhas:

Pousada Murici (além de linda, tem um píer de onde saem muitos passeios de barco na região)

Pousada Paraíso dos Lençóis (simples, mas muito confortável, e com café da manhã até as 10h da manhã!)

Hostel Lençóis Park (econômico)

Você já conhece Barreirinhas MA?

Ou está começando a planejar uma viagem?

Deixa aqui nos comentários quais são as suas dúvidas sobre a cidade de Barreirinhas MA que nós queremos te ajudar!

Lila Cassemiro
Pernambucana, contadora de histórias e bem curiosa. Geminiana apaixonada por artes e culturas, sempre com a mala pronta pra viajar de novo. Eu gosto de gente.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Angelina Conde disse:

Olá Klécia, obrigada por compartilhar…Gostei das suas sugestões. Eu peguei o sobrevoo desde São Luís. Não sei se estão operando mais. Faz uns 10 anos.

Rafael Cassemiro disse:

Ainda se faz esse passeio de sobrevoo nos lençois sim, Angelina! Deve ter sido incrivel!