Trilha Morro da Urca: uma das melhores vistas do Rio de graça!

Todo turista que chega ao Rio de Janeiro tem pelo menos dois sonhos: visitar o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. O famoso bondinho do Pão do Açúcar é um dos passeios mais tradicionais – e mais caros! – para fazer no Rio de Janeiro.

Anota essa super dica de economia: é possível fazer a trilha Morro da Urca, para chegar ao primeiro morro do complexo Pão de Açúcar, que também é a primeira parada do Bondinho do Pão de Açúcar, que já oferece uma vista inacreditável do Rio de Janeiro!

Bondinho do Pão de Açúcar: Vista da trilha Morro da Urca, Rio de Janeiro

Durante todo o passeio da trilha Morro da Urca, você vai aproveitar uma paisagem linda, ter contato com a natureza e ainda economizar no passeio ao bondinho, já que a trilha é completamente gratuita.

Depois de chegar no Morro da Urca por meio da trilha, você tem a opção de comprar o ticket para subir para o Morro do Pão de Açúcar de bondinho (esse não dá pra acessar via trilha, só escalada), ou voltar para a Praia Vermelha, ponto de partida do bondinho.

Ou você pode economizar ainda mais, fazendo o caminho de ida e volta via trilha Morro da Urca – com o bônus de uma vista incrível, totalmente gratuita!

Reserve seu hotel no Rio de Janeiro pelo melhor preço!

Como é a trilha Morro da Urca no Rio de Janeiro?

Uma trilha de intensidade leve a moderada, numa região de fácil acesso no Rio de Janeiro, que oferece ao mesmo tempo segurança e paisagens espetaculares. Essa introdução resume bem a trilha Morro da Urca!

ATENÇÃO: essa trilha não leva até o Pão de Açúcar, o morro mais alto e mais famoso do complexo. Lá, só é possível chegar com o bondinho ou com escalada. A trilha vai até o Morro da Urca, onde fica a primeira parada do bondinho.

Mas não se engane: não é porque é menor que o Pão de Açúcar que o Morro da Urca não impressiona: a vista é tão espetacular quanto!

Mirante na trilha Morro da Urca

A trilha Morro da Urca é uma das mais fáceis do Rio de Janeiro. Mas se aventurar na subida do Morro da Urca é uma boa pedida pra qualquer roteiro, seja você um iniciante ou iniciado no mundo das trilhas.

Não espere muitos desafios da subida. Na verdade, é bem comum ver famílias com crianças encarando o percurso. Eu confesso que sofro um pouco por causa do joelho, já que há um bom trecho de subida com degraus, logo no início da trilha.

degraus na trilha Morro da Urca, Rio de Janeiro

Mas depois desse primeiro “aperto”, é só caminhar e curtir a natureza, a beleza da baía que aparece aqui e ali entre as árvores, dar a sorte de encontrar algum pássaro bonito ou até pequenos macaquinhos.

O acesso à trilha é totalmente gratuito e a entrada acontece bem no meio da pista Cláudio Coutinho, trecho pavimentado que circunda o morro da Urca e possibilita mais algumas paisagens incríveis para o visitante.

Em geral, a subida leva cerca de 40 minutos, um pouco mais ou menos dependendo do seu ritmo.

Lá em cima, você vai ter acesso ao complexo turístico do Morro da Urca, que além de abrigar uma das estações do bondinho do Pão de Açúcar, conta com restaurantes, um espaço de exposição, heliponto com saídas para passeios e uma das melhores vistas do Rio de Janeiro.

Tudo isso, de graça.

Morro da Urca, Rio de Janeiro

Isso mesmo, nem precisa desembolsar a fortuna do ingresso do bondinho para curtir o Morro da Urca, que pra mim é a melhor parada do passeio!

Mas se você quiser ainda viver a experiência do bondinho, pode subir até o Morro da Urca de graça com a trilha, e de lá pegar o bondinho, seja para ir e voltar até a próxima parada, no morro mais alto (Pão de Açúcar), ou pra voltar do Morro da Urca para a Praia Vermelha.

Praia Vermelha Vista da trilha Morro da Urca, Rio de Janeiro

Mas eu garanto: nem precisa ir até o morro do Pão de Açúcar para apreciar uma bela vista do Rio. A vista do Morro da Urca não fica devendo em absolutamente nada! É maravilhosa!

Ou seja, a trilha do Morro da Urca te proporciona uma baita experiência e ainda te ajuda a economizar no Rio de Janeiro! Quer coisa melhor?

Trajeto da trilha Morro da Urca

O Rio de Janeiro tem algumas trilhas que ficaram bem famosas. E a trilha do morro da Urca é uma das mais fáceis dentro desse circuito de trilhas do Rio de Janeiro que é tão desejado por moradores e turistas.

Primeiro, porque nem precisa de muito deslocamento. Ela fica dentro da zona urbana, e ainda melhor, na zona sul da cidade, a mais frequentada pelos turistas que vêm ao Rio.

Segundo, porque o trajeto é pouco íngreme e completamente coberto por copa das árvores, ou seja, nada de sol. Só um pouco de calor e suor em dias com mais umidade.

Praia Vermelha e estação do bondinho

A sua aventura pela trilha Morro da Urca começa pela Praia Vermelha, uma das menores e mais bonitas praias do Rio de Janeiro.

A Praia Vermelha fica bem ao lado da Praça General Tibúrcio, onde está localizada a estação de embarque dos bondinhos do Pão de Açúcar. Não tem como errar.

Aproveite a praia e quando quiser começar a trilha, siga para o canto esquerdo de quem olha o mar, procurando pelo começo da pista Cláudio Coutinho.

Praia Vermelha, Rio de Janeiro

Pista Cláudio Coutinho

A pista Cláudio Coutinho é outra maravilha da cidade do Rio, mas que é pouco explorada, até mesmo por cariocas.

Um trajeto curto que vai circundando o Morro da Urca, com a melhor vista do mar. Metade do caminho é asfaltado, a outra metade é pavimentado, em um total de 2,5km ida e volta.

Pista Cláudio Coutinho, Rio de Janeiro

A Pista Cláudio Coutinho é explorada principalmente por quem quer fazer uma caminhada ou dar uma corridinha apreciando a vista. Ah, e tem também os pescadores, que se encontram lá no final da pista, onde montam suas linhas de pesca.

Eu mesma passei correndo pela Cláudio Coutinho, como parte dos treinos imensos para a maratona do Rio.

A pista é pequena, mas compensa em beleza. Você vai encher o trajeto com suspiros pela bela vista da Praia Vermelha, do Pão de Açúcar e do mar.

O portão da Pista Cláudio Coutinho abre de 6 da manhã e fica aberto até 18h, todos os dias.

Você vai encontrar o acesso para a trilha Morro da Urca um pouco antes da metade do percurso, mas pela vista, vale a pena ir até o final da Cláudio Coutinho, seja antes ou depois de encarar a trilha.

Subida até o Morro da Urca

Quando saímos da Pista Cláudio Coutinho e começamos a trilha Morro da Urca em si, a caminhada pela mata vai levando a gente cada vez mais pra cima.

Logo no começo da trilha, encontramos algumas escadarias de troncos, e essa é a parte mais sofrida do percurso porque é uma subida com uma boa inclinação.

O ideal é evitar fazer a trilha em dias de chuva, ou logo após um dia de chuva, porque esse trecho molhado escorrega muito, tanto pra subir quanto pra descer. Já escorreguei uma vez aqui e adivinhem? Isso mesmo, dei com a bunda no chão! hahaha

Depois dos degraus, a caminhada se mantém com uma inclinação bem leve.

Trilha Morro da Urca, Rio de Janeiro

É impossível se perder se você se mantiver na trilha demarcada, porque a trilha Morro da Urca é muito bem sinalizada e praticamente não existem bifurcações.

A única bifurcação realmente marcante vai te levar, à direita, até um mirante. Lá você vai curtir uma linda vista da Praia da Urca e do bairro que leva o mesmo nome.

Mirante Trilha Morro da Urca

Depois é só voltar e seguir pelo outro caminho, à esquerda. Você já está quase chegando no portão que dá acesso ao complexo turístico do bondinho no Morro da Urca.

ATENÇÃO: esse portão abre às 8h, que é quando o bondinho do Pão de Açúcar começa a funcionar. Por isso, não adianta chegar muito cedo, você vai ter que esperar.

Pela tarde, o portão fecha às 18h, por isso quem pretende voltar de trilha tem que se programar para passar do portão antes disso. De preferência, o ideal é contar o tempo para chegar lá embaixo antes do por do sol, ok?

Lembre que são 40 minutos de caminhada e ninguém quer fazer isso no escuro.

Complexo Turístico do Morro da Urca: de graça!

Depois que você chegar lá em cima, pode curtir todas as atrações do Morro da Urca, igual a quem comprou o bilhete do bondinho.

A vantagem é que você pode fazer isso, totalmente de graça!

E o que fazer no Morro da Urca?

Tem a vista, claro. Preciso nem elogiar muito, você vai se apaixonar, tenho certeza.

Também tem um exemplar do primeiro bondinho que andou pelos cabos do Pão de Açúcar, ali esperando você pra tirar uma foto. Tem o heliponto com sua bilheteria, onde você pode comprar o passeio para sobrevoar a cidade do Rio.

Bondinho do Pão de Açúcar. Vista da trilha Morro da Urca, Rio de Janeiro
Morro da Urca. trilha Morro da Urca, Rio de Janeiro
Heliponto do Morro da Urca

Ainda tem um pequeno centro de exposições, com uma mostra contando a história do complexo turístico Pão de Açúcar, e a relação dos cariocas com o espaço.

Pra completar, toda estrutura de apoio com banheiros, lojas, lanchonetes e restaurantes. Só se prepare para o preço: as coisas não costumam ser nada baratinhas lá em cima.

Se quer economizar, a dica é levar seu próprio lanche na mochila.

O que levar para a trilha Morro da Urca?

Apesar de ser uma trilha bem fácil de fazer, é bom ir preparado com o básico.

-repelente para insetos
-protetor solar
-roupa leve e confortável (ideal para prática de exercícios)
-tênis
-água e lanche
-máquina fotográfica

O ideal também é nunca entrar na mata sozinho, por questões de segurança. Se você torcer o pé, por exemplo, precisa de um amigo pra ajudar, certo?

Dá pra fazer a trilha Morro da Urca de chinelo? Dá. Mas a gente indica? Não. Entrar na mata sempre de tênis, por segurança também.

Outra coisa importante é levar uma sacolinha para recolher seu lixo. Nada de poluir o meio ambiente!

Quem pode fazer a trilha Morro da Urca?

Dá pra dizer que essa é uma trilha para todas as idades.

Só é preciso ter uma boa disposição para caminhar e contar com força extra nos joelhos para encarar os degraus da subida mais íngreme, no comecinho da trilha. Depois é correr pro abraço.

Trilha Morro da Urca, com vista para o Pão de Açúcar

Melhor época para fazer a trilha

É bom evitar subir a trilha Morro da Urca em dias de chuva, ou logo depois de um dia de chuva. Evite acabar como eu, escorregando pela trilha.

No Rio de Janeiro, a temporada de chuvas ocorre geralmente no verão, de janeiro a março. A partir daí, a chuva fica mais rara.

Nos meses mais frios do inverno, quase nunca chove no Rio de Janeiro. O clima fica perfeito para trilha!

Horários para fazer a trilha Morro da Urca

A pista Cláudio Coutinho abre das 6h às 18h, mas o portão de acesso ao complexo turístico do Morro da Urca abre das 8h às 18h.

Eu sempre prefiro fazer trilhas de manhã, o mais cedo possível para escapar do sol. No caso da trilha Morro da Urca, ir mais cedo também vai te salvar do fluxo de pessoas, que vai aumentando ao longo da manhã.

Se programe para começar a trilha por volta das 7h, para ir subindo devagar e chegar no portão por volta das 8h, já perto do horário de abertura.

E na hora de voltar, se preferir voltar de trilha, o ideal é sair antes das 17h, para conseguir descer toda a trilha Morro da Urca antes de ser surpreendido pelo por do sol.

Trilha da Urca e Bondinho do Pão de Açúcar: como combinar

Temos uma boa notícia se você quer economizar, mas não abre mão de andar de bondinho.

O passeio do trajeto completo no bondinho (Praia Vermelha – Morro da Urca – Morro do Pão de Açúcar) custa uma pequena fortuna. Para tentar economizar um pouco, pode comprar online antecipado para garantir um desconto de 10%.

Pão de Açúcar, trilha morro da urca

Mas você pode optar por subir a trilha Morro da Urca, de graça. Lá no morro, você encontra uma bilheteria que funciona das 8:30h às 19:30h, vendendo ingressos do bondinho:

-Ingresso Morro da Urca – Morro do Pão de Açúcar (ida e volta): custa R$59,00. Com esse ticket, você vai conhecer a vista do Morro do Pão de Açúcar e desembarca no Morro da Urca, para fazer a trilha de volta até lá embaixo.

-Ingresso Morro da Urca – Praia Vermelha (só volta): custa R$39,00. Oferece trecho de descida de bondinho para quem subiu de trilha.

Essa bilheteria fica bem ao lado do heliponto do Morro da Urca. Fique atento porque o atendimento faz uma parada para almoço, das 12h-13h.

Atenção: antigamente, depois de determinado horário, era possível pegar o bondinho para descer de graça. Isso acabou, tá? Agora pra descer de bondinho, só pagando mesmo.

Saiba mais no site oficial do Bondinho do Pão de Açúcar

Passeios extras na região:

Quer deixar esse passeio ainda melhor? Você pode combinar a trilha Morro da Urca com mais algumas atividades bacanas no bairro da Urca, Rio de Janeiro:

Nascer do sol na Praia Vermelha

Contam que esse é um dos melhores lugares do Rio de Janeiro para ver o sol nascer, e eu tenho que concordar.

Ver o sol nascendo na Praia Vermelha é uma experiência única, tanto que tem tanta gente que monta lual e decide passar a noite por lá, somente para esperar esse espetáculo.

A gente não dormiu na praia, mas saiu de casa bem cedinho e conseguimos aproveitar o momento antes de fazer a trilha Morro da Urca.

Nascer do sol na Praia Vermelha, Rio de Janeiro

Só se programe direitinho: confira o horário do nascer do sol antes de sair de casa, e lembre-se que o portão do complexo turístico Morro da Urca só abre às 8h, por isso só vale a pena começar a trilha perto das 7h da manhã.

Que tal aproveitar o tempo que sobra entre uma coisa e outra para um banho de mar?

Cerveja na Mureta da Urca (ou na Pobreta da Urca)

Depois da trilha, que tal uma cerveja? A mureta da Urca fica ali pertinho, basta andar algumas quadras e você já vai curtir mais um cenário de cartão-postal no Rio de Janeiro.

O Bar Urca é uma instituição do Rio de Janeiro, e você pode aproveitar os quitutes e a cerveja de 600mL bem gelada, tudo à moda carioca: compra no bar, leva pra mureta e curte por lá.

Outra opção, para quem quer pagar mais barato na cerveja, é caminhar mais um pouco até a “pobreta da Urca”, onde ficam os bares com preços mais populares.

Deixa eu te contar um segredo: além do preço, a vista da pobreta é também mais bonita, com Cristo Redentor e tudo!

Como chegar na Trilha Morro da Urca?

Para chegar na trilha Morro da Urca, basta fazer o mesmo caminho que todo mundo no Rio indica para chegar nos famosos bondinhos.

Dá pra ir de metrô + ônibus.

Você pode
1) descer do metrô na estação Botafogo e de lá pegar o ônibus 513SP. Peça ao motorista para descer na Unirio, e de lá caminhe 5 minutos até a Praia Vermelha e estação de embarque do bondinho.
2) descer na estação Cardeal Arcoverde ou Siqueira Campos e então pegar o ônibus circular 581. Você vai desembarcar direto na estação do bondinho.

Para quem vai de carro, o mais fácil é estacionar nos arredores da Praça General Tibúrcio na Praia Vermelha (zona de estacionamento pago, controlado pela prefeitura).

Mas é preciso chegar cedo: depois que o bondinho começa a funcionar, encontrar uma vaga ali é missão bem difícil. Nesse caso de quem planeja chegar mais tarde, vale mais a pena pegar um táxi / Uber.

Que tal fazer outras trilhas no Rio de Janeiro?

Gosta mesmo de trilhas? Uma boa dica é a Trilha do Mirante da Cascatinha, na Floresta da Tijuca no Rio de Janeiro. Mais uma paisagem espetacular!

Também tem a trilha até o Corcovado, que começa nos jardins do Parque Lage no Jardim Botânico.

Que outra trilha você gosta e indica aqui no Rio de Janeiro? Coloca aqui nos comentários que a gente quer ir lá conferir!

Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
Monique disse:

a trilha irá funcionar no dia 12 de outubro, feriado?

Joselma Soares da Silva Melo disse:

Amei o post, parabéns! Dar até vontade de voltar lá, pela trilha.
Lugar lindo!

Bruno Meireles disse:

Pessoal, sem dúvidas, o melhor conteúdo sobre o morro da urca. Parabéns!!!!

Mariana Menezes disse:

O Rio de Janeiro continua lindo né Klécia? Adorei todos os detalhes nesse artigo super completo sobre a Trilha Morro da Urca. Moro em Niterói e ainda não fiz essa trilha, mas as fotos estão tão lindas que já quero um dia de sol para aproveitar bastante!

Klécia disse:

Yay! Tomara que seja em breve então! Beijos