O que fazer em Águas Calientes no Peru: atrações, onde ficar

Águas Calientes, também conhecida como Machu Picchu Pueblo, é a última parada dos viajantes e mochileiros que estão a caminho de Machu Picchu. Nesse post você vai encontrar informações sobre o que fazer em Águas Calientes.

Nós passamos uma noite na cidade, durante nosso roteiro por Cusco e Machu Picchu.

Embora seja uma cidade pequena, é interessante acompanhar o movimento que parece nunca parar em Águas Calientes. Com as chegadas e saídas dos trens, a cidade ferve com visitantes de passagem, a caminho de Machu Picchu.

Preciso ser sincera e dizer que não há muitas atrações em Águas Calientes. A cidade é mais um base de apoio para quem está a caminho da cidade perdida dos incas.

O mais comum é que os viajantes realmente só passem, ou no máximo durmam 1 noite em Águas Calientes.

Mas embora seja uma cidade tão pequena, há algumas poucas atrações para visitar. Você pode aproveitar a estadia e conhecer os pontos turísticos de Águas Calientes.

Águas Calientes (Peru): o que saber antes de ir

O nome Águas Calientes vem de “águas quentes”, em espanhol. A cidade conta com alguns banhos termais, que inclusive são um dos principais atrativos de Águas Calientes.

Para quem tem o sonho de conhecer Machu Picchu, fica difícil controlar a ansiedade quando se chega a Águas Calientes. 

Essa pequena cidade às margens do Rio Urubamba fica a apenas 6km do Parque Arqueológico Nacional de Machu Picchu. Bem no pé da montanha sagrada!

Se prepare para andar a pé. Nas ruas apertadas e cheias de turistas de Machu Picchu Pueblo, não circulam carros nem táxi. Mas não se preocupe, isso não vai ser um problema já que a cidade é mesmo bem pequena!

A cidade cresceu sem muito planejamento, ocupando as duas margens do Rio Urubamba.

Hoje, Machu Picchu Pueblo é a principal base para os viajantes que estão a caminho de Machu Picchu. O indicado é dormir pelo menos 1 noite em Águas Calientes.

Embora fazer o bate e volta de 1 dia de Cusco a Machu Picchu seja possível, não recomendo. Você vai ficar extremamente cansado e não vai aproveitar com calma essa que é uma das maiores atrações do Peru.

Por isso, o mais indicado é dormir em Águas Calientes pelo menos uma noite. Você vai descansar e poderá acordar cedo no dia seguinte, para pegar os primeiros ônibus para Machu Picchu.

Esses ônibus, que são o meio de transporte oficial entre Águas Calientes e Machu Picchu, saem do centro e começam a circular ainda na madrugada.

Ainda sobre a infraestrutura da cidade, Machu Picchu Pueblo conta com serviços médicos básicos, estação de polícia e um pequeno serviço de atenção ao turista.

Leia também: Como evitar o soroche, o mal de altitude no Peru

Como chegar em Águas Calientes?

Não tem como chegar em Águas Calientes de ônibus. Os principais meios de transporte para chegar são os trens.

A estação desembarque do trem para Machu Picchu fica ali em Águas Calientes, bem no centro da cidade.

Tanto os trens vindos de Poroy (nos arredores de Cusco), quanto os que vem de Ollantaytambo, no Vale Sagrado, desembarcam em Águas Calientes.

Há duas companhias de trem que fazem o percurso: Inca Rail e Peru Rail.

Os preços e o serviço nas viagens de trem são bastante parecidos, o que impacta mais são as diferenças de horário entre as empresas. Pesquise as duas companhias para escolher o trem que mais encaixa no seu roteiro.

E não esqueça de comprar as passagens com antecedência, pois alguns horários costumam ser bem concorridos e as vagas nesses trens esgotam rapidamente.

Para os turistas que não vem de trem, a opção é chegar em Águas Calientes caminhando.

Seja pelas antigas trilhas incas, ou pela famosa trilha da hidrelétrica, muitos turistas preferem economizar o dinheiro da passagem de trem e embarcar nessa aventura pelas antigas trilhas e refazer o percurso dos incas para Machu Picchu.

Onde ficar em Águas Calientes

Águas Calientes conta com muitos hotéis, pousadas e restaurantes para todos os bolsos e tipos de viajante.

Há opções de hotéis no centro de Machu Picchu Pueblo, ou fora da zona urbana, mais afastados do movimento turístico. Você pode escolher desde hotéis de luxo até acomodações mais econômicas.

Também há opção de áreas de camping na periferia de Águas Calientes.

Na montanha de Machu Picchu, há somente um hotel de luxo, o Belmond Sanctuary Lodge. Ele fica bem em frente à portaria do Parque Arqueológico de Machu Picchu. Com certeza, a melhor estrutura e localização para se hospedar em Machu Picchu.

Veja informações de preços e reservas: Belmond Sanctuary Lodge

Para quem procura uma hospedagem com bom custo-benefício no centro de Águas Calientes, mas sem abrir mão do conforto, uma opção é o Hostal La Payacha. Os quartos são grandes e oferecem uma bela vista para o Rio Urubamba.

O hostel fica perto da estação de trem e da parada de ônibus que leva até Machu Picchu.

A ducha do banheiro era bem forte, e como informamos à proprietária que íamos sair na madrugada para pegar o ônibus para Machu Picchu, ela preparou nosso café da manhã para viagem.

Como tivemos que fazer o check out também na madrugada, porque só voltaríamos depois do almoço, ela se prontificou a guardar nossas malas, para pegarmos na volta de Machu Picchu.

Veja informações de preços e reservas: Hostal La Payacha

Hostal La Payacha, Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante
Vista da janela do Hostal La Payacha, Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

O único incoveniente da pernoite em Águas Calientes, pra gente, foi o barulho. A cidade é muito movimentada a noite toda. Tem o barulho da gente na rua, dos trens que vão e vem…

Enfim, não achamos a cidade calma pra descansar. Mas faz parte da aventura…

Vale a pena dormir em Águas Calientes?

Os ingressos para entrar no sítio arqueológico de Machu Picchu são divididos em dois grupos: manhã (que permite entrada no parque das 6h às 12h) e tarde (12h às 17h30min).

Se você comprou os ingressos para manhã, você precisa dormir em Águas Calientes, para conseguir chegar cedo no Parque Arqueológico de Machu Picchu.

Se seu ingresso é para o horário da tarde, você pode tentar combinar um trem bem cedo + a visita a Machu Picchu no mesmo dia.

Mas saiba que você vai precisar contar com a disponibilidade de bilhetes de ônibus para o dia em questão, ou encarar a trilha até lá em cima.

Além de ser muito cansativo, as chances de algo atrasar e você perder sua visita ou aproveitar pouco tempo em Machu Picchu são grandes.

Então uma pernoite em Águas Calientes é recomendável para todo viajante que vai a Machu Picchu.

Ficar mais dias na cidade pode funcionar como uma parada de descanso durante uma viagem por vários lugares no Peru.

Mas não espere encontrar atividades para muitos dias na lista sobre o que fazer em Águas Calientes. Um dia em Águas Calientes pode ser mais que suficiente para conhecer todas elas.

O que fazer em Águas Calientes?

A principal atração turística de Águas Calientes é mesmo Machu Picchu, a cidade perdida dos incas.

Mas além da visita a Machu Picchu, você pode aproveitar que está na cidade para conhecer mais alguns pontos de interesse em Águas Calientes, e assim mergulhar mais fundo na cultura dessa parte do Peru.

Rio Urubamba em Águas Calientes, Peru
Foto: Fui Ser Viajante

Confira as principais atrações de Águas Calientes:

Plaza Manco Capac

Essa é a principal praça do povoado de Águas Calientes. Lá há uma igreja dedicada a Virgem del Carmen, uma fonte.

Ao redor da praça, você pode encontrar vários restaurantes e pousadas.

Igreja Virgen del Carmen, Plaza Manco Capac, Águas Calientes

Na praça, também está o letreiro ‘Bienvenidos a MachuPicchu’, ladeado pelas estátuas incas de Manco Capac e sua esposa-irmã, Mama Ocllo.

Segundo a lenda inca, esse casal foi enviado pelo deus sol para a terra, para cuidar dos homens. Eles emergiram do lago Titicaca para civilizar o mundo e fundar um império para render culto ao sol.

Nós vimos estátuas de Manco Capac e Mama Ocllo também na Bolívia, quando visitamos a Isla del Sol, no lago Titicaca.

Plaza Manco Capac, Águas Calientes

Os banhos termais de Águas Calientes

A poucos minutos de caminhada da praça Manco Capac, você encontra a atração turística que dá nome a Águas Calientes.

Dizem que as águas nos banhos termais de Águas Calientes tem propriedades medicinais. A temperatura média das águas fica em torno de 38° e 46°C.

Banhos termais de Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

Você pode levar suas roupas de banho e toalhas, ou alugar no local (o que eu achei bem estranho, vamos combinar!).

No caminho para os banhos termais, você vai passar por muitos camelôs vendendo roupas de banho, é uma opção para quem não levou nada na mala.

Os banhos termais de Águas Calientes funcionam das 6h até às 20h. A estrutura de uma forma geral é bem simples, mas há banheiros e uma pequena lanchonete.

Instagram blog Fui Ser Viajante

Caminhar pelas margens do Rio Urubamba

As ruas que margeiam o Rio Urubamba em Águas Calientes são muito movimentadas, com bastante comércio, restaurantes e pessoas, muitas pessoas.

Em alguns pontos das margens do Rio Urubamba, você vai encontrar cenários bonitos, e que rendem fotos interessantes. As pontes que cruzam o rio também são bonitas para fotografar. Algumas estão repletas de cadeados deixados por casais apaixonados.

Rio Urubamba, Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

Mercado de Artesanato, ruas e comércio de Águas Calientes

Há um grande mercado de artesanato logo na saída da estação de trem em Águas Calientes.

São várias e várias ruas, é um mercado bem grande. Caminhar por entre as barracas é um passeio interessante para aprender mais sobre a cultura local.

Eu achei os preços pouco atrativos, quando comparado com outros destinos que tínhamos passado antes, como o Vale Sagrado.

De toda forma, vale o passeio mesmo que seja apenas para ver as barracas e produtos.

Mercado de Artesanato em Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

Outra coisa: caminhe pelas ruas da cidade!

Explore.

Aproveite para entrar nas lojas, cafeterias e restaurantes locais. A rua sempre tem muito a ensinar sobre a cultura de um lugar, aproveite essa experiência.

Comércio em Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

Hora ou outra, caminhando por Águas Calientes, você ainda vai encontrar algumas esculturas em pedra que estão relacionadas com a cultura inca.

Escultura em pedra em Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

Explore os caminhos do trem de Machu Picchu

Outro passeio interessante para fazer em Águas Calientes é caminhar e tirar fotos pelos trilhos do trem.

A natureza ao redor dos trilhos é um espetáculos. Admire as paisagens, caminhe, fotografe bastante. Só cuidado com o trem!

Trilhos do trem em Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante
Trilhos do trem em Águas Calientes
Foto: Fui Ser Viajante

Museu de Sitio Manuel Chávez Ballón

Esse museu fica nos arredores do povoado de Águas Calientes.

É preciso seguir pela Avenida Hermano Ayar até o final, onde começa a estrada sinuosa dos ônibus que sobem até Machu Picchu.

É o mesmo lugar onde começa a trilha a pé que vai do povoado de Águas Calientes até Machu Picchu.

Pela distância, essa atração acaba sendo pouco visitada na região. A gente escolheu não visitar, já que teríamos pouco tempo entre o deslocamento até lá e a visita ao museu.

Para quem tem interesse e mais tempo em Águas Calientes, o acervo conta um pouco da história da cultura inca e de Machu Picchu.

Siga o blog Fui Ser Viajante no Youtube

Conhecer Machu Picchu

Claro que Machu Picchu não poderia faltar nessa lista sobre o que fazer em Águas Calientes no Peru.

Afinal, tenho certeza que você veio até essa parte do país justamente para conhecer Machu Picchu!

Machu Picchu - Fui Ser Viajante no Peru
Foto: Fui Ser Viajante

Temos um post completo regras atualizadas para visitar Machu Picchu.

Você vai achar todas as informações de ingresso, horários de funcionamento e como se preparar para sua visita a Machu Picchu.

Como ir de Águas Calientes até Machu Picchu

Muita gente pensa que o trem para Machu Picchu leva você direto até a cidade perdida dos incas, mas isso é um engano.

O trem te deixa em Águas Calientes, e de lá você ainda precisa percorrer um pequeno trecho montanha acima, até a entrada do Parque Arqueológico Nacional de Machu Picchu.

Para percorrer esse trecho, você pode ir a pé (trilha) ou fazer o trajeto de ônibus.

Como ir de Águas Calientes a Machu Picchu a pé

A trilha de Águas Calientes até Machu Picchu leva cerca de 1h30min. Se prepare para uma boa subida e se proteja com repelente de insetos.

A trilha é por dentro da mata e há muitos mosquitos na região.

Como ir de Águas Calientes a Machu Picchu de ônibus

O trajeto de ônibus de Águas Calientes a Machu Picchu leva cerca de 25 minutos. Os bilhetes precisam ser comprados antecipadamente, de forma presencial ou online.

Você não consegue comprar na hora, no ônibus mesmo. É preciso chegar no embarque já com seu bilhete.

Para comprar de forma presencial, a venda acontece no centro de Águas Calientes. É preciso levar um documento com foto (passaporte ou RG). O bilhete dá direito a passagem ida e volta.

Eles aceitam cartões Mastercard. Se você preferir fazer a compra presencial, é importante comprar o bilhete logo que você chegar em Águas Calientes, para garantir o ônibus para o dia de sua visita a Machu Picchu.

O endereço do quiosque de vendas para o ônibus até Machu Picchu é Av. Hermanos Ayar S / N, antes da Puente Ruinas. O ponto de vendas fica aberto de segunda a domingo, das 05h às 21h.

Há um outro ponto de vendas presencial na entrada de Machu Picchu, para quem subiu até Machu Picchu a pé, mas deseja voltar de ônibus.

Quiosque de venda de bilhetes de ônibus Águas Calientes para Machu Picchu
Foto: Fui Ser Viajante

Você também pode comprar os bilhetes de ônibus de forma antecipada, de forma online.

Para comprar online, basta preencher suas informações no site de reservae efetuar o pagamento com cartão de crédito ou débito.

Como funciona o embarque nos ônibus para Machu Picchu

O serviço de ônibus de Águas Calientes para Machu Picchu é oferecido diariamente, desde as 5:30h da manhã até 15h da tarde, com saídas a cada 15 minutos.

Os ônibus de volta funcionam das 6:30h até 17:45h.

Os bilhetes de ônibus, seja comprado presencial ou online, não tem horário marcado. Nem há lugar marcado no ônibus, também.

Basta você chegar no local de embarque, entrar na fila e esperar até chegar sua vez de embarcar.

Logo nos primeiros horários da madrugada, os ônibus saem um depois do outro, para dar vazão na fila. Depois, eles passam a respeitar esse prazo de 15 minutos.

O ponto de embarque dos ônibus é na rua principal de Águas Calientes (Av. Hermanos Ayar), um pouco mais pra baixo do quiosque de venda de bilhetes de ônibus.

Venda de bilhetes de ônibus Águas Calientes para Machu Picchu
Venda de bilhetes de ônibus em Águas Calientes. Na foto, preços de 2017.

Nossa experiência com o ônibus de Águas Calientes até Machu Picchu

Nós visitamos Machu Picchu em setembro de 2017. Na época, optamos por fazer o trajeto de Águas Calientes até Machu Picchu de ônibus.

E até hoje, considero essa a melhor forma para chegar em Machu Picchu.

Nós compramos ingressos para o primeiro turno em Machu Picchu, que dá acesso ao parque entre 6h e 12h da manhã (veja aqui como funcionam os ingressos para Machu Picchu).

O parque abre as 6h e em algumas épocas do ano, você ainda consegue pegar o nascer do sol no parque arqueológico. Mas em setembro o sol nasce antes da abertura do parque.

Apesar disso, a gente queria começar o dia cedo e aproveitar o máximo de tempo possível no sítio arqueológico!

Para pegar o primeiro ônibus, a senhora da pousada nos informou para saírmos do hotel às 4:30h da manhã. Ela preparou nosso café para levarmos para comer no caminho. Saímos do hotel ainda no escuro.

Imagine nossa surpresa ao chegar na parada de ônibus e encontrar mais de 200 pessoas na fila! Estava escuro e frio, e todo mundo já na rua!

A partir das 5:30h, os ônibus começaram a chegar, um atrás do outro. Apesar do embarque acontecer de forma rápida e organizada, nós só conseguimos embarcar perto das 6:30h.

Chegamos no Parque Arqueológico de Machu Picchu já com o parque aberto e uma boa fila para passar pelas catracas de acesso. No entanto, mais uma vez tudo funcionou muito rápido e essa fila não demorou nada!

Na hora de voltar, também pegamos fila para o microônibus. Era perto de 13h e todo mundo da turma da manhã estava querendo descer. Ficamos cerca de 30min na fila (e com sol).

Mas a organização deles está mais uma vez de parabéns, porque não vimos ninguém furando fila e o embarque foi sempre organizado!

Vale a pena ir de ônibus até Machu Picchu? Nossa resposta é sim!

O trajeto é rápido e a subida é bem íngreme para fazer a pé.

Também agradecemos quando, lá em cima, encontramos uns gringos com as pernas completamente tomadas por mordidas de mosquitos ao longo da trilha.

Minha alergia agradece eu não ter corrido esse risco!

Detalhes importantes sobre os ônibus Águas Calientes – Machu Picchu

1) As passagens de ônibus não tem horário nem assento reservado. Você apenas comparece com seu bilhete e documento na fila, eles conferem a data e deixam você embarcar.

Quando o microônibus lota, a fila fica esperando o ônibus seguinte.

2) Os microônibus não são exatamente novos, mas estão em bom estado de conservação de modo geral.

3) Os veículos são apertados. Se o passageiro da frente reclinar a cadeira, quem está atrás vai viajar no sufoco.

4) O trajeto de Águas Calientes até Machu Picchu é bem sinuoso e assusta um pouco, quando um ônibus que está subindo encontra outro descendo. Mas nada demais.

5) Compre seu bilhete antecipadamente, e não esqueça de levar o passaporte/RG no dia. Eles verificam documentos antes do embarque!

5) Viaje para o Peru com a cobertura de um seguro viagem!

Isso é essencial em qualquer viagem internacional, especialmente uma que exige tanto do seu corpo com a altitude, e que te expõe a certo grau de risco pelas estradas!

Tem mais dicas do Peru aqui no blog:

Leia aqui nosso roteiro completo de 26 dias pela América do Sul, carregando apenas uma mochila nas costas e muita vontade de conhecer o mundo!

Você também não pode perder nosso roteiro em Cusco até Machu Picchu, detalhado com tudo que você precisa para fazer essa viagem por conta própria.

Também indico que você leia nosso post sobre o que fazer em Lima e onde se hospedar em Lima, pois a capital Peruana é uma cidade que pode te surpreender.

Por fim, recomendo nosso post com 19 lugares para conhecer no Peru. Ideal para montar um roteiro completo e com atrações bem diferentes pelo país.

Planeje sua viagem para o Peru

Queremos que você saiba: esse post contém links de afiliados. Isso quer dizer que, ao clicar e fazer sua reserva a partir desses links, você apoia nosso trabalho (sem pagar nada a mais por isso). Queremos te dizer muito obrigado!

Para saber mais sobre nosso trabalho e conhecer nossos parceiros, consulte a política do blog.

Lila Cassemiro
Pernambucana, contadora de histórias e bem curiosa. Geminiana apaixonada por artes e culturas, sempre com a mala pronta pra viajar de novo. Eu gosto de gente.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
rogerio disse:

É realmente necessário Passaporte?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Rogério, Brasileiros não precisam de passaporte para entrar no Peru, apenas o RG recente e em bom estado. Para compra do ticket do Ônibus e para o embarque, basta apresentar o Passaporte ou o RG. Já corrigi a informação no post.
Obrigado e boa viagem!

Débora disse:

Klécia, muito legal suas dicas, serão muito úteis. Estarei indo ao Peru em setembro, e irei pernoitar em Águas Calientes, e subir para Machu Picchu no dia seguinte. Porém, fiquei na dúvida sobre onde pegar o ônibus para subir até Machu Picchu, pois quero ficar em um hotel mais próximo possível. Você sabe me indicar o local de saída dos ônibus? Desde já agradeço!!

Rafael Cassemiro disse:

Oi Débora, Os ônibus saem da rua principal (onde tem a cabine de venda de tickets para o ônibus), quase no cruzamento com a linha férrea.
Aguas calientes é um vilarejo bem pequeno, tudo é bem perto, o hotel que ficamos está a menos de 200 metros do ponto do ônibus.
Obrigado pela visita e boa viagem.

Jaqueline disse:

Eu e uma amiga vamos para o Peru em março, e as tuas dicas são maravilhosas..estou anotando tudo! Obrigada

Klécia disse:

Oi Jaqueline! Que maravilha! Muito obrigada por acompanhar e viajar com a gente! Essa semana vai ser toda dedicada ao Peru nos posts que vamos lançar! Espero que seja útil! Beijos

Luciana miguez disse:

Ola! Adorei as dicas. Desculpa a pergunta… mas quanto foi gasto nessa viagem ao peru?

Rafael Cassemiro disse:

Oi Luciana, No post Mochilão Peru-Bolívia-Chile: do planejamento até a viagem nós detalhamos os gastos da viagem, assim como o nosso roteiro dia-a-dia, com os valores da época. É importante conferir os valores atualizados com a cotação de moeda estrangeira atual!

Grande Abraço e boas Viagens!