Pelas ruas de Roma: histórias e belezas da Ponte Sant’Angelo

De todas as coisas que Roma me ensinou, uma delas é que existe beleza e história em todo lugar da Cidade Eterna. Isso vai muito além das visitas aos clássicos da cidade, como o Coliseu ou a Fontana di Trevi. Pelas ruas de Roma, você vai encontrar obras de importantes artistas, expostas publicamente em praças, monumentos e igrejas. Um verdadeiro museu a céu aberto! Como eu sempre fui muito ligada em história e arte, antes de embarcar fiz uma listinha dessas obras espalhadas pelas ruas que eu queria visitar. E a Ponte Sant’Angelo estava bem no topo dessa lista.

Ponte Sant'Angelo

Um pouco de história

Muita gente considera a Ponte Sant’Angelo como a mais bonita de Roma. E honestamente, eu vi muita ponte pela cidade, mas não vi nenhuma que chegasse aos pés da beleza da Ponte Sant’Angelo.

Ela é passagem quase que obrigatória para todo mundo que quer entrar no Castelo Sant’Angelo, uma das atrações mais visitadas da cidade. A Ponte Sant’Angelo cruza o rio Tibre, e é o principal acesso ao Castelo para quem vem de Roma.

A história de sua construção tem muito a ver com a história do castelo, que foi idealizado para ser o Mausoléu do Imperador Adriano. Lá pelos anos de 136 d.C., o próprio Adriano mandou construir a ponte para ligar o mausoléu à cidade, do outro lado do Rio Tibre. Nessa época, foi chamada de Ponte Aelius, já que o nome do imperador era Publius Aelius Hadrianus.

Quando a Basílica de São Pedro foi construída, no século IV, a ponte começou a funcionar como o principal acesso ao Vaticano. Mas o nome Ponte Sant’Angelo só veio lá pelos anos 590 d.C. E tem muitas lendas que tentam explicar o porquê desse nome.

A versão mais difundida é que, nessa época, a cidade de Roma estava sendo devastada pela peste. O Papa Gregório I afirmou ter tido uma visão do Arcanjo São Miguel, com espada em punho, no topo do castelo, anunciando o fim da epidemia. Como agradecimento, tanto o castelo quando a ponte foram rebatizados, e uma estátua do arcanjo foi colocada no topo do Castelo Sant’Angelo.

A beleza da Ponte Sant’Angelo

Contam por Roma que essa é a única ponte que não sofreu os efeitos das cheias do Rio Tibre. O fato é que a primeira visão que tive dessa ponte é uma das mais doces lembranças que trago de Roma. Fazia um sol forte de começo de tarde. As estátuas-anjo de Bernini guardavam a ponte, fazendo enormes sombras no chão enquanto a gente passava.

Ponte Sant'Angelo

Eu sou muito apaixonada por arte e Gian Lorenzo Bernini foi, desde sempre, uma das principais razões que me levou a Roma. O artista é um dos principais nomes do barroco italiano, e grande número de suas obras estão espalhadas pela cidade. Os 10 anjos da Ponte Sant’Angelo foram desenhados por Bernini. A execução das esculturas foi obra do próprio Bernini e seus alunos, sob encomenda do papa Clemente IX.

Todos os anjos carregam um símbolo da crucificação de Jesus. Uma coroa de espinhos, um chicote, uma lança… Cada anjo assim se torna único. Uma homenagem ao sofrimento de Jesus na sua crucifixão e morte. Dentre as estátuas, as duas esculpidas pelo próprio Bernini foram consideradas muito belas – o anjo segurando a Coroa de Espinhos e o anjo segurando a inscrição INRI. O papa decidiu que elas não deveriam ficar expostas, e os alunos de Bernini criaram réplicas que foram colocadas na ponte. As duas originais se encontram na igreja de Sant’Andrea delle Fratte, próxima à Piazza di Spagna.

Mais duas estátuas se erguem no lado sul da ponte, uma de São Pedro e uma de São Paulo. Elas estão ali desde 1534, muito antes dos anjos de Bernini serem idealizados para a Ponte Sant’Angelo. São Pedro foi criado por Lorenzetto; e São Paulo foi esculpido por Paolo Taccone.

Ponte Sant'Angelo

Ponte Sant'Angelo

Ponte Sant'Angelo

A Ponte Sant’Angelo ontem e hoje

Houve um tempo em que a ponte serviu como ponto de exibição de corpos de homens e mulheres executados na cidade. O passado negro deu lugar a beleza da arte, emoldurando uma bela vista de Roma. Hoje a Ponte Sant’Angelo funciona apenas para pedestres. E tem muita, mas muita gente passando pra lá e pra cá. Gente indo e vindo em direção ao Castelo Sant’Angelo ou ao Vaticano. Com a pressa e a empolgação de chegar nas grandes atrações, muitos passam desapercebidos das obras magníficas que decoram a ponte.

Meu conselho pra você: atravesse a Ponte Sant’Angelo sem pressa. Da ponte, você tem uma magnífica vista do Castelo Sant’Angelo, do Rio Tibre e do Vaticano. Passe por ali observando os arredores mas não esqueça de analisar cada detalhe da ponte em si.

Sem sombra de dúvidas, esta é uma das pontes mais lindas de Roma. A estrutura é muito bonita, toda vazada para dar uma vista ainda mais bela do Tibre. Os anjos de Bernini são um show a parte, de uma delicadeza enorme, cheios de detalhes. Poéticos até, fazem um belo contraste com o azul do céu romano.

Foi ali, na Ponte Sant’Angelo, que tive a minha apresentação à obra de Bernini. Mas foi só o começo, porque Roma está povoada de obras desse grande artista. Foi assim que aprendi mais uma lição em Roma: todos os caminhos te levam a uma obra de Bernini. ❤

Ponte Sant'Angelo

Ponte Sant’Angelo – Pelas ruas de Roma

Esse post é o primeiro de uma série sobre belezas que encontrei andando pelas ruas de Roma. Se você gosta de história, arte e cultura, andar pelas ruas da Cidade Eterna vai ser um prazer pra você, como foi pra mim. Para acompanhar os demais posts da série, é só procurar pela TAG ‘Pelas Ruas de Roma‘ aqui no blog.

________________________________________________________________
Quer conhecer outros bairros e ruas charmosas de Roma?
Conheça Roma além do trivial aqui.
________________________________________________________________

Salve esse post no seu Pinterest pra lembrar do nosso site sempre que for planejar sua viagem! 😊

Ponte Sant'Angelo

 

Avatar for Klécia
Klécia
Pernambucana radicada no Rio de Janeiro, mas que escolheu chamar o mundo inteiro de lar. Apaixonada pelas estradas e pelos destinos, acredita no poder dos encontros e descobertas de quem está sempre a caminho. O maior sonho? Colocar a mochila nas costas e dar a volta ao mundo ♥
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:

Que post delicioso… que fotos lindas…. E como essa ponte é magnifica! Para mim, é sim a mais linda de Roma (você jà esteve em Praga? Procure a Karluv Most e me diga o que vc acha).
O que eu sempre digo: Você pode não gostar de Roma (eu preciso retornar, pois nas 3 vezes que fui em 2008, eu não gostei), mas somente insensìveis saem de là sem apreciar Bernini e, para os mais profundos, Caravaggio!
Confesso que comecei a apreciar arte em geral nesta cidade, enquanto caminhava por ela e entrava em cada igrejinha. Diria que em alguns casos (como com Caravaggio) foi paixão a primeira vista!

Klécia disse:

Oi Ju, nao conheço Praga ainda, mas já estou super ansiosa ser de saber que há similaridades. Olhei umas fotos no Google e fiquei já impressionada, parece muito linda e imponente.
Sobre Roma, eu estava comentando com meu marido: não seria um local que eu moraria , pela super lotação e burburinho da cidade, mas com certeza foi um lugar que me encantei e voltaria varias vezes ao ano, só pra continuar me perdendo pelas belezas das ruas e dos museus. Aqui também foi a paixão a primeira vista!

Estava ansiosa por começar a viajar por Roma através de seus olhos e de suas apuradas percepções. Sabia que não iria me decepcionar com essa viagem. Começamos muito bem! Sabe que não me apaixonei por Roma, mas quero percorrer seus passos e descobrir essa cidade.

Em minha única tarde na cidade, comecei a perambular por Roma pela Ponte Sant’Angelo saindo do Vaticano. Passei um bom tempo perdida em devaneios, tentando absorvê-la de todos os ângulos que meus olhos permitissem. Ela é de fato, não só bonita, mas interessante e atraente!

É espetacular conhecer o sentido e a origem dos lugares que nós passamos e estar com os pés na Ponte Sant’Angelo e saber que ela está ali há mais tempo do que conseguimos contar e que até a escolha de seus nomes não é banal mexe com nossa alma, não é Klécia?! 🙂

Tem lugares nas cidades que nos marcam e entendo sua doce lembrança a respeito da Ponte Sant’Angelo e seus anjos magníficos, cheios de símbolos e simbologias, pois eles entram em nossa alma de tal maneira que marcam. Deliciosas marcas essas! 🙂

Deixemos, pois, a pressa em casa ao viajarmos. Os detalhes de uma cidade são sua alma,

beijos e mais beijos

Klécia disse:

A primeira vista, Ana, Roma também me assustou. Falo assustou, porque foi literalmente isso. A cidade é muito barulhenta, muito cheia, muito tumultuada. Eu tive que dar uns respiros para começar a enxergar Roma por baixo da multidão de turistas, de gentes que iam e viam de todos os lugares, as enormes filas.
Passado esse primeiro momento, eu comecei a me apaixonar. A cidade é pura poesia, pura arte. É preciso mais tempo pra perceber, mas vale cada segundo depois que a gente começa a entender a paixão das ruas, a poesia dos dias sob obras centenárias dos maiores artistas da humanidade.
Por mim, eu jamais moraria em Roma. Mas voltaria 15 vezes em um ano, pra continuar descobrindo a magica das ruas romanas!

Klécia, que rico esse post. Com certeza eu iria passar por essa ponte sem notar os ricos detalhes. Obrigada pelas informações e parabéns pelos posts

Klécia disse:

Obrigada Mayte! Feliz de ter ajudado a ver os detalhes lindos da Ponte 🙂

Gostei de relembrar particularmente a história da ponte. Roma é linda e tem muitas coisas interessantes para ver 🙂

Klécia disse:

Tem sim, Catarina! Roma é demais!

Mah disse:

Adorei esse poste essas histórias de Roma! Como isso conquista né? Parabéns! Certamente verei esse lugar com outros olhos agora =)

Klécia disse:

Conquista demais! Eu sou apaixonada!

Klécia, ler seus posts é sempre um enorme prazer, cheio de boas histórias, cultura e arte. A Ponte Sant’Angelo é realmente uma das mais lindas pontes de Roma, e uma das mais lindas que já vi. Parabéns pelo lindo post!

Klécia disse:

Obrigada, Fábio! Acho que quando a gente ama muito um lugar, isso transparece no texto né? Foi assim com Roma!

Rafaella disse:

Que dica legal! Adorei. Não conheço ainda. Esta na minha listinha. =)

Klécia disse:

Tomara que você conheça em breve, Rafaella!

Que linda essa ponte, não conhecia mesmo. E as belezas de cada escultura, cada detalhe, isso tudo sem falar da história. Mais um lugar pra visitar no roteiro italiano. Obrigada!

Klécia disse:

Maravilhoso mesmo, Fabiola! Pode incluir no seu roteiro que é satisfação garantida! 🙂

Adriana Magalhães Alves de Melo disse:

Que ponte linda e que passado tenebroso hein? Belas fotos e ótimas informações

Klécia disse:

Muita história pra contar por lá, Adriana 🙂

Keul Fortes disse:

Sou fascinada nesse lugar. Roma é um sonho que pretendo realizar! Que lugar lindo, cheio de histórias..Eu adoro! Parabéns pelo post.

Klécia disse:

É demais einh, Keul? Também me encanta demais, Roma é incrível!

Makenna disse:

Quanta beleza e quanta história!
Roma me fascina, quero ir em breve!
Abraços, Klécia!

Klécia disse:

Tomara que você chegue por lá em breve, Makenna! Eu me apaixonei demais pela cidade!

Maravilhoso! Roma é uma daquelas cidades que te deixam sem ar de tanta beleza e história por onde quer que a gente passe, não é mesmo?!

Klécia disse:

Nossa, você definiu exatamente o sentimento! Roma me deixou sem ar 🙂

Post muito legal, Klécia! É muito interessante conhecer a história dos lugares visitados! E se você gosta de arte, então, melhor ainda, né?! 🙂

Klécia disse:

Com certeza, Ana! A melhor parte da viagem, pra mim! 🙂

Que ótimo poder entender mais sobre a história da ponte Sant’Angelo, esta é a parte mais incrível das viagens, poder vivenciar a história em experiências únicas. Estou adorando a série “Pelas Ruas de Roma”

Klécia disse:

Incrível mesmo, isso! A gente aprende história, geografia, arte e tanto sobre as culturas! Viajar pode mudar o mundo e as pessoas 🙂

Marianne disse:

Essa ponte é realmente linda! A cidade toda é linda, mas essa ponte tem um charme especial! Adorei saber a história!

Klécia disse:

Eu apaixonei demais por ela, também!